sábado, 23 de fevereiro de 2013

CARNAVAL DE JUIZ DE FORA - NOTA DOS JURADOS

Cole no seu navegador o endereço abaixo e veja as notas e justificativas dos jurados que avaliaram os desfiles das escolas de samba dos grupos A e B do carnaval de Juiz de Fora em 2013:

http://www.oestandarte.com.br/liesjuf-divulga-notas-dos-jurados

ANIVERSÁRIO DE AMIGOS - 23.02.13

CEL SÉRGIO CORDEIRO JÚNIOR

RAFAEL SCHULTZ

LUISA PEREZ

DELEGADO JACI JOÃO DE CASTRO

DESEJAMOS PARABÉNS, FELICIDADES, SAÚDE E PAZ.

NOVELA SALVE JORGE - FALHA NOSSA


Câmara quer aumentar cargos e salários de comissionados


23 de Fevereiro de 2013 - 06:00


Projeto de lei, que entra em votação na segunda, abre 19 vagas sem necessidade de realização de concurso

Por Renato Salles

Pouco mais de um mês depois de extinguir regalias parlamentares que resultarão em economia anual de aproximadamente R$ 2 milhões, a Mesa Diretora da Câmara Municipal tenta aprovar agora projeto de lei que voltará a mexer nas finanças do Legislativo. A proposta prevê a criação de 19 vagas de comissionados na Casa - um para cada gabinete e com salário de R$ 2.400 - e aumento linear de R$ 200 sobre os vencimentos dos atuais assessores de apoio legislativo. Se aprovada, serão criadas novas despesas na ordem de R$ 938 mil por ano, cerca de 50% do montante que será economizado com os cortes dos penduricalhos, incluindo o fim dos 14º e 15º salários e as remunerações extras pelo comparecimento a reuniões extraordinárias. Considerada consenso entre os 19 vereadores, a matéria deve entrar na pauta de votação nesta segunda-feira, quando duas sessões extras já foram agendadas.
Segundo o presidente da Câmara, Júlio Gasparette (PMDB), o reajuste dos assessores parlamentares é uma medida contingencial, tomada após conversas entre os 19 vereadores. Apesar de a data-base da categoria ser no mês de maio, o aumento do salário mínimo para R$ 678, feito pelo Governo federal a partir do último 1º de janeiro, motivou a proposta, já que o piso dos profissionais de gabinete se encontra abaixo deste montante, com vencimentos brutos de R$ 586,99. Já a criação do novo cargo é justificada pela Mesa Diretora como solução para suprir as novas demandas parlamentares, muitas delas surgidas pelo fato de os vereadores estarem autorizados, desde janeiro, a utilizar verbas indenizatórias para a locação de imóveis e a manutenção de gabinetes fora do Palácio Barbosa Lima. Pela lei atual, cada vereador pode ter até sete assessores.
"Devido à necessidade de resolvermos essa situação dos assessores que recebem abaixo do salário mínimo, conversamos com todos os vereadores." No meu gabinete tenho dois profissionais que recebem R$ 586. Chegamos neste consenso de acrescentar R$ 200. Os valores serão acrescidos para todos, pois os salários entre os níveis são muito próximos. Dessa forma, mantemos a diferença entre cada degrau", explica Gasparette. O presidente da Câmara afirmou também que a Mesa Diretora e os demais vereadores já iniciaram negociações para rever vencimento e os organogramas dos funcionários de carreira do Legislativo.
Com a iminente aprovação do projeto, o atual valor que cada gabinete terá para gastar com os assessores salta de R$ 11.658,62 mensais para R$ 15.458,62. A diferença, R$ 3.800, representa um aumento de gastos com pessoal da ordem de R$ 49.400 por gabinete ao ano. Para Gasparette, o reconhecimento aos profissionais é justo. O presidente afirma ainda que a data-base da categoria, em maio, será respeitada. "Mais próximo, iremos fazer um estudo para identificar as perdas salariais. Se houver algum caso que o acréscimo de R$ 200 seja inferior à defasagem, a diferença será repassada."


Castelar propõe concurso público

O projeto de lei que reajusta os vencimentos dos assessores de apoio legislativo e cria um novo cargo por gabinete na Câmara esteve perto de ser aprovado na última quinta-feira. Os vereadores chegaram a agendar duas reuniões extraordinárias para discutir o dispositivo. Uma movimentação da bancada petista, entretanto, travou a tramitação da matéria, após o vereador Wanderson Castelar (PT) pedir vista do processo. Dirigindo a sessão, o presidente da Câmara, Júlio Gasparette (PMDB), ainda tentou em vão demover o colega da manobra. A justificativa de Castelar para adiar a votação foi a necessidade de se debater com calma um tema que implica nas finanças do Legislativo.
"Sempre que existem matérias que tratam de criações de cargos ou reajustes de salários é necessário que haja ampla reflexão para evitarmos críticas ou acusações de que haverá ganhos para os vereadores. Em várias vezes, este tipo de projeto é colocado de forma rápida, como se houvesse uma tentativa de reduzir a discussão e, consequentemente, possíveis manifestações", avalia Castelar.
Apesar de criticar a pressa de alguns pares com relação ao tema, o petista já declarou voto favorável ao projeto. "Sempre tive opinião formada em relação aos ganhos dos assessores com média salarial baixa. Para melhorarmos a qualidade do serviço prestado, temos que investir nos profissionais. Exijo muito de meus assessores, por isso, considero justo o reconhecimento." Por outro lado, o petista defende que a forma de contratação destes assessores seja revista e propõe a realização de concurso público.
O parlamentar entende que há ligação entre a economia alcançada pelo corte dos penduricalhos e a proposição da Mesa Diretora. "É evidente que, do ponto de vista contábil, o reajuste e a criação de um novo cargo torna-se viável por conta da redução dos gastos com os vereadores. Mas é uma natureza diferente, não é uma compensação. Não podemos presumir que algum vereador vá embolsar estes recursos."
http://www.tribunademinas.com.br/politica/camara-quer-aumentar-cargos-e-salarios-de-comissionados-1.1235351

ARMAS EM FUNERAL - CLÁUDIO DE SIQUEIRA COELHO

Faleceu, hoje, na cidade de Juiz de Fora Cláudio de Siqueira Coelho, aos 82 anos. 

Era filho do renomado médico Paulo Japiassú Coelho.

Funcionário aposentado do Banco do Brasil e 2º Tenente R/2 da arma de Artilharia, turma de 1951, do então 1º/4º RO 105, hoje 4º GAC. 

Cláudio era da mesma turma do ex-presidente Itamar Franco.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Taxa de Coleta de Resíduos Sólidos gera polêmica entre contribuintes


Valor chega a ser 30% maior do que o Imposto Predial Territorial Urbano cobrado em Juiz de Fora

Andréa Moreira
Repórter
22/2/2013
carne
Os pedidos de reclamações referentes ao valor lançado no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) 2013 começaram a ser realizados na última segunda-feira, 18 de fevereiro, e a reportagem do Portal ACESSA.com esteve nesta sexta-feira, 22, no prédio onde funciona o JF Informação para ouvir as principais queixas dos contribuintes. O pagamento abusivo foi um dos mais citados, principalmente quando se refere a Taxa de Coleta de Resíduos Sólidos (TRCS), que em alguns casos, chega a ser maior do que o próprio Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU). É o caso da empresária Patrícia Guimarães de Faria, que constatou em um imóvel da família que a TRCS chega a ser 30% maior do que o valor do IPTU. "Isso é uma cobrança abusiva. Fui reclamar e a única informação que obtive é que era para consultar a Lei nº 11.925," ressalta.
A lei acima mencionada, em seu artigo 4º, trata da TRCS para o exercício de 2010. Segundo o texto, a "taxa terá como limite máximo o montante correspondente a uma vez e meia o valor do Imposto Sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) lançado para o mesmo exercício." De acordo com o secretário de Fazenda, Fúlvio Albertoni, a Lei nº 12.729 trata especificamente dos valores cobrados no exercício de 2013. Conforme a lei, a Taxa de Coleta de Resíduos Sólidos, para o imóvel edificado, será o mesmo valor lançado no exercício de 2012, corrigido pela variação do Índice de Preços ao Consumidor (IPCA), apurado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), acumulado no período de dezembro de 2011 a novembro de 2012.
Já os imóveis edificados que tiverem seu primeiro lançamento em 2013, terão o valor da TCRS calculado com base na metodologia adotada em 2010, corrigido pela variação do IPCA, acumulado no período de dezembro de 2011 a novembro de 2012. "Existe um valor referência adotado em Juiz de Fora para a Taxa de Coleta de Resíduos Sólidos. Esse valor é multiplicado pelo número de vezes que o caminhão do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (Demlurb) recolhe o lixo. Por exemplo, os imóveis residenciais novos têm o valor de referência de R$ 82,39, e os não residenciais de R$ 164,67. Se uma casa está localizada em uma rua em que a coleta de lixo é realizada três vezes por semana multiplicamos R$ 82,39 por três, chegando ao valor de R$ 247,17," explica Albertoni.
O secretário admite que, em alguns casos, a TCRS é superior ao IPTU, por isso haverá uma análise minuciosa da legislação que trata, especificamente, desse assunto, ainda em 2013. "A administração atual se comprometeu a rever todas as leis em vigor no município, e sabemos o impasse que as leis do IPTU geram. Entretanto, não podemos tomar nenhuma medida precipitada, afinal, o valor arrecadado da TCRS é responsável pelo serviço da coleta de lixo em nossa cidade."
A enfermeira Rita de Cássia Barros acaba de adquirir um imóvel no Centro da cidade e também cita o valor da Taxa de Coleta de Resíduos Sólidos como abusivo. "Irei pagar R$ 207,30 de IPTU e R$ 291,60 de TCRS. Não consigo compreender esse cálculo. É como se a coleta fosse mais importante do que o imóvel."
Já a instrumentadora cirúrgica Cristina Pipa Bonfante relata outro problema no valor cobrado no carnê do IPTU de 2013. "Pelo quarto ano consecutivo retorno ao JF Informação para fazer a mesma queixa, e todo ano ouço a mesma resposta de que meu problema será solucionado, mas até agora nada." Proprietária de um imóvel na avenida dos Andradas, no Morro da Glória, Cristina declara que mora em um apartamento de dois quartos nos fundos do prédio e, segundo a instrumentadora, os apartamentos localizados na parte da frente do edifício possuem três quartos, e o valor da taxa é bem menor do que o cobrado em seu carnê. "Para resolver esse impasse é só eles mandarem um funcionário da Prefeitura até o local, para fazer as devidas medidas. Mas até agora nada. Sou obrigada a parcelar meu IPTU, já que não tenho condições de pagar o valor que ultrapassa R$ 1.100."

Justiça

A empresária Patrícia não satisfeita com a resposta apresentada no JF Informação, consultou o seu advogado para saber se esses valores podem ser constatados. "Fui informada de que essa cobrança é inconstitucional, pois o imposto é algo devido, ou seja, depois do fato gerado que ele é cobrado. Mas a taxa de serviço tem que ser cobrada depois do serviço prestado, portanto, não pode ser cobrada junto com o IPTU. Só por aí já começam os erros," explica a empresária.

http://www.acessa.com/cidade/arquivo/noticias/2013/02/22-taxa-de-coleta-de-residuos-solidos-gera-polemica-entre-contribuintes/

JORNAL TRIBUNA DE MINAS - 23.03.13


Veículos abandonados começam a ser retirados das ruas


22 de Fevereiro de 2013 - 18:53


Por Tribuna

A Secretaria de Atividades Urbanas (SAU) iniciou nesta sexta-feira (22) a retirada de veículos, carrocerias e carroças abandonados nas ruas da cidade. Conforme previsto no primeiro edital publicado pela PJF, os proprietários foram notificados e tiveram prazo de 24 horas para tomar providências a respeito do destino dos veículos. 
Segundo a assessoria da pasta, na primeira etapa do processo foram guinchados uma Kombi no Bairro São Judas Tadeu e um Opala no Milho Branco, ambos na Zona Norte. Os veículos foram levados para um depósito da Prefeitura. Segundo a SAU, eles não apresentavam identificação, e os técnicos não souberam informar há quanto tempo estavam no local. 
O edital ainda prevê a retirada de outros dez carros dos bairros Jóquei Clube II, Barbosa Lage, Industrial, Jardim Natal, São Bernardo, Milho Branco e São Judas. Outros editais devem ser liberados nos próximos dias. A remoção faz parte da força-tarefa de combate ao mosquito da dengue, já que veículos abandonados são propícios para a reprodução do Aedes aegypti.
http://www.tribunademinas.com.br/cidade/veiculos-abandonados-comecam-a-ser-retirados-das-ruas-1.1235292

Escola de Comando e Estado-Maior do Exército – Pedido de Cooperação de Instrução


Rio de Janeiro (RJ)


No dia 21 de fevereiro, o Comandante Militar do Sudeste, General Adhemar da Costa Machado Filho, atendendo a Pedido de Cooperação de Instrução da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército, ministrou palestra sobre Liderança Estratégica aos oficiais-alunos do Curso de Política, Estratégia e Alta Administração do Exército.
Foto: Sd Antunes

Juiz de Fora - Diagnóstico deve apontar falhas no Cemitério Municipal


22 de Fevereiro de 2013 - 16:17


Por Tribuna

A Secretaria de Obras pretende concluir, até a próxima semana, um relatório sobre os serviços de melhoria que precisam ser feitos no Cemitério Municipal. Uma das urgências apontadas até agora é a ampliação do ossário, local destinado a guardar os ossos exumados dos jazigos. Conforme o secretário de Obras, Amaury Couri, a pasta já enviou material necessário para que um novo ossário seja construído. "Além disso, existe um projeto arquitetônico de melhoria das capelas, que vamos analisar. Com o projeto pronto, o serviço pode ser realizado mais rapidamente", disse o secretário. Ontem equipes das subsecretarias de Operação Urbana e de Defesa Civil, junto com servidores da Empav e do Demlurb, começaram um mutirão para limpeza geral do cemitério. A Prefeitura planeja, ainda, a pintura do muro principal.
A visita da Defesa Civil teve como objetivo identificar problemas de captação pluvial, drenagem e de manutenção do cemitério. "Estamos verificando também questões sobre meio ambiente, saneamento e qualquer outro tipo de problema ligado a zoonoses, que esteja causando transtornos para a comunidade", argumentou o subsecretário da Defesa Civil, Márcio Deotti.
http://www.tribunademinas.com.br/cidade/diagnostico-deve-apontar-falhas-no-cemiterio-municipal-1.1235223

Juiz de Fora - Obras viárias à mercê de articulação política


22 de Fevereiro de 2013 - 06:00


Por Tribuna

Na ordem do dia há pelo menos quatro anos, o conjunto de obras viárias para desafogar o tráfego na área urbana no município está à mercê de articulação política. A constatação foi feita pelo prefeito Bruno Siqueira (PMDB) após encontro com o ministro dos Transportes, Paulo Passos, na tarde desta quinta-feira (21), em Brasília. Ele revelou ainda estar empenhado na execução de todas as intervenções desde antes da posse. Até o momento, apenas parte da estrutura de uma ponte próxima ao Terreirão do Samba (Praça dos Poderes) saiu do papel. De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), dos cerca de R$ 80 milhões licitados, apenas R$ 10 milhões já foram disponibilizados.
Além desses recursos, a MRS Logística S.A. anunciou R$ 10 milhões para as obras, sendo que R$ 2,5 milhões foram liberados. Presente na reunião com o ministro e o prefeito, o presidente da concessionária, Eduardo Parente, revelou que a empresa tem total interesse na efetivação do projeto. Integram o conjunto das obras viárias, além da ponte da Praça dos Poderes, mergulhões na Avenida Francisco Bernardino e na Rua Benjamim Constant; viadutos e pontes na altura do Clube Tupinambás  da Rua Antônio Lagrota e da travessia do Bairro Barbosa Lage. Há, por fim, uma rampa do Viaduto Augusto Franco, que permitirá acesso direto à Avenida Francisco Bernardino.
http://www.tribunademinas.com.br/politica/obras-viarias-a-merce-de-articulac-o-politica-1.1234687

COMANDO MILITAR DO LESTE - CORRIDA DA PAZ


COMUNICADO À IMPRENSA

Exército Brasileiro promove a "Corrida da Paz"


As OM do EB realizarão, no dia 24 Fev 13 (domingo), a "Corrida da Paz". 

Esse evento criado pelo CISM, consiste na organização de 1 jornada esportiva, sem fins competitivos, cuja intenção é promover a prática esportiva e a integração com a sociedade em prol da paz mundial. 

O evento acontece simultaneamente em diversos Países do mundo inteiro, conhecido como "CISM Day Run".

No RJ, a corrida será realizada na Praia de Copacabana com saída às 08:30h, do MHEx/FC (Forte de Copacabana), seguindo pela av Atlântica em direção ao CEP e Forte Duque de Caxias, no bairro do Leme. 

Paralelamente, esse mesmo evento esportivo acontecerá na Vila Militar, na pista Sul da av Duque de Caxias, em Deodoro, com horário de saída previsto às 9h, e, em Niterói, na AD/1 com largada na Fortaleza de Santa Cruz da Barra em direção a Jurujuba, a partir das 9h.

A "Corrida da Paz" será realizada em todo o Brasil, nas diversas localidades onde há OM do EB sediadas.

http://www.cml.eb.mil.br/materia/corridapaz1.pdf

Juiz de Fora sedia a 8ª edição da Corrida da Paz


Andréa Moreira
Repórter
Corrida
Juiz de Fora recebe, neste domingo, 24 de fevereiro, a 8ª edição da Corrida da Paz. Criado no ano de 2006, o evento ocorre em várias cidades do mundo, e tem o objetivo de comemorar o aniversário do Conselho Internacional do Esporte Militar, que recebe a denominação internacional de International Military Sports Council (CISM). 
Segundo o comandante do 4º Grupo de Artilharia de Campanha (4º GAC), tenente-coronel Silva Rodrigues, a entidade foi criada no ano de 1948, após o término da Segunda Guerra Mundial, com o propósito pacifista e de integração entre as nações. "Além de buscar a promoção da paz mundial, a corrida também é uma forma de incentivar a prática esportiva", afirma
O tenente-coronel destaca, ainda, que o evento não possui fins competitivos, e visa promover a integração das forças armadas com a sociedade civil. 
Em Juiz de Fora, a largada será em frente ao 4º GAC, localizado na avenida Juscelino Kubitschek 5100, no bairro Nova Era, a partir das 9h. "Quem quiser participar, é só comparecer ao local, com o traje adequado para a prática de corrida ou de caminhada, pois teremos as duas modalidades. E claro, a pessoa deve estar em boas condições de saúde," destaca o comandante. "Pedimos apenas que os menores de 18 anos estejam acompanhados de algum responsável." Com um percurso de cerca de três quilômetros, a corrida será disputada nas imediações do 4º GAC.
http://www.acessa.com/esporte/arquivo/noticias/2013/02/21-juiz-de-fora-sedia-a-8-edicao-da-corrida-da-paz/?utm_source=acessa&utm_medium=rss&utm_campaign=RSS%20ACESSA.com

Projeto de lei estabelece multa para trotes no Samu


22 de Fevereiro de 2013 - 07:00


Por Tribuna

O projeto de lei que pretende coibir a prática de trotes para o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), que atende pelo número 192, avançou na Câmara. De autoria de Isauro Calais (PMN), a matéria foi aprovada em primeira discussão na reunião ordinária de ontem. Na sequência dos trabalhos, o próprio Calais pediu vista da proposição. 
O parlamentar pretende apresentar uma emenda para rever a multa prevista aos infratores, inicialmente estipulada em R$ 1 mil. O intuito é que um valor inferior seja definido com a possibilidade de a punição ser aumentada em caso de reincidência. 
"Em várias vezes, o Samu sai para cumprir sua valorosa missão e quando chega ao local trata-se de um trote. Prática que prejudica o atendimento daqueles que realmente precisam", lamenta o parlamentar.
http://www.tribunademinas.com.br/politica/projeto-de-lei-estabelece-multa-para-trotes-no-samu-1.1234694

JORNAL TRIBUNA DE MINAS - 22.02.13


TCE condena Bejani a devolver R$ 155 mil


22 de Fevereiro de 2013 - 06:00


Valor refere-se a juros cobrados pelo ex-prefeito em empréstimo concedido por ele à própria PJF; para TCE, taxas estavam acima do mercado

Por Ricardo Miranda

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) condenou, no último dia 6, o ex-prefeito Alberto Bejani (PSL) a devolver R$ 155 mil aos cofres públicos referentes aos juros cobrados por ele da própria Prefeitura de Juiz de Fora. Durante sua primeira gestão (1989-1992), alegando dificuldades para pagar o 13º salário para o funcionalismo público municipal, Bejani repassou recursos próprios ao município, sendo compensado alguns meses depois. A operação foi considerada irregular pela conselheira relatora Adriene Andrade durante sessão da Segunda Câmara do TCE em 2008, que determinou o ressarcimento pelo ex-prefeito de todo o valor do empréstimo, atualizado, então, em cerca de R$ 2,3 milhões. A defesa apresentou recurso,- alegando que o valor já havia entrado na receita do município em virtude da transação financeira, não podendo ser contabilizado mais uma vez. O pleno do TCE, em julgamento no início deste mês, conheceu o argumento e determinou a devolução apenas da diferença dos juros cobrados pelo mercado e aqueles praticados por Bejani. Conforme o órgão, enquanto os taxas bancárias giravam em torno de 7% na época, descontada a inflação, o ex-prefeito cobrou 17,7%.
Para o advogado Renato Garcia, que atuou na defesa desde o início do processo, os cálculos feitos pelos técnicos do TCE são "um absurdo". Segundo ele, toda operação aconteceu durante um período de inflação descontrolada. "Acho complicado aferir isso 20 anos depois." Quanto ao fato de os conselheiros terem mudado a sentença de 2008, sua avaliação é de que prevaleceu o bom senso. "Estavam cometendo uma injustiça muito grande, pois os recursos haviam sido repassados ao município." Renato explicou que, por conta de entraves burocráticos, o empréstimo bancário para quitar o 13º salário do funcionalismo público municipal foi feito em nome do prefeito e depois repassado por ele ao município. Em relação à diferença de juros denunciada pelo TCE, ele considera complicado mensurar "esses detalhes", mas assegura não ter ocorrido "danos ao erário".
Bejani, por sua vez, alega ter sido orientado pelo próprio gerente de uma instituição financeira a fazer a operação em seu nome. "A questão foi discutida pela Secretaria da Fazenda e pela Procuradoria Geral do Município. Lembro-me de que o próprio representante da (extinta) Minascaixa considerou mais viável fazer o empréstimo em meu nome." Quanto à diferença das taxas de juros, o ex-prefeito diz não se lembrar. "O dinheiro saiu de uma conta específica em meu nome e foi para a Prefeitura. Depois, (o dinheiro) voltou para conta direto para pagar o banco." Bejani lamenta o fato de ter feito a transação, que "só lhe rendeu dor de cabeça." Ele prefere aguardar a publicação do acórdão antes de antecipar qual sua estratégia de defesa, mas garante que vai recorrer enquanto for possível. De antemão, entretanto, ele conta que, prevalecendo a condenação, não tem como pagar os R$ 155 mil. Na sua avaliação, o TCE deixou de ser um órgão técnico para assumir caráter político. "Essas decisões, na maioria das vezes, possuem implicações políticas."
http://www.tribunademinas.com.br/politica/tce-condena-bejani-a-devolver-r-155-mil-1.1234677

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Secretaria de Atividades Urbanas apreende quase 19 quilos de alimentos em restaurante de JF

A fiscalização da Secretaria de Atividades Urbanas (SAU) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) apreendeu nesta quarta-feira, 20, 18,6 quilos de alimentos fora da validade e sem identificação. 

Após uma denúncia, carne bovina e suína, macarrão, leite, purê de batata, apresuntado, cigarrete e pão para cachorro quente e hambúrguer foram apreendidos em um restaurante localizado no Bairro São Mateus, Zona Sul da cidade. “O proprietário do local foi autuado e o auto de infração será encaminhado para a Vigilância Sanitária. O valor da multa só será definido após avaliação do processo”, afirmou o supervisor da Regional Centro II, Cláudio Perobelli.

Os produtos impróprios para consumo foram encaminhados para o Departamento Municipal de Limpeza Urbana (Demlurb), para serem levados ao aterro sanitário, em Dias Tavares.

* Informações com a Assessoria de Comunicação da Secretaria de Atividades Urbanas pelo telefone 3690-7454. 


SECRETARIA DE ATIVIDADES URBANAS

Secretaria de Atividades Urbanas começa a remover veículos abandonados nas ruas de JF

Após a publicação do primeiro edital sobre o número de carros abandonados nas ruas de Juiz de Fora, a Secretaria de Atividades Urbanas (SAU) começará a guinchar esses veículos nessa sexta-feira, 22. Já foram identificados 12 carros abandonados nas ruas dos bairros Jóquei II, Barbosa Lage, Industrial, Jardim Natal, São Bernardo, Milho Branco e São Judas Tadeu.

Outros editais serão liberados nos próximos dias. A remoção faz parte da força-tarefa do combate ao mosquito da dengue, já que os veículos abandonados são propícios para a reprodução do mosquito Aedes aegypti. O secretário Basileu Tavares estará presente na remoção.

* Informações com a Assessoria de Comunicação da Secretaria de Atividades Urbanas pelo telefone 3690-7454.


SECRETARIA DE ATIVIDADES URBANAS

Fiscalização apreende mais de 300 mídias em dois dias em JF

Em uma ação de rotina em conjunto com a Guarda Municipal (GM) e a Polícia Militar (PM), a equipe de fiscalização da Secretaria de Atividades Urbanas (SAU) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) apreendeu na tarde dessa quarta-feira, 20, 53 mídias sendo comercializadas por um ambulante clandestino na Avenida dos Andradas, Largo do Riachuelo.

Já na manhã desta quinta-feira, 21, foram apreendidos, no mesmo local, 272 mídias e 142 óculos. Os responsáveis abandonaram o local, ao perceber a presença dos fiscais. O material foi encaminhado para o depósito da SAU.

Denúncias podem ser feitas pelo telefone 3690-7507.

* Informações com a Assessoria de Comunicação da Secretaria de Atividades Urbanas pelo telefone 3690-7454.


SECRETARIA DE ATIVIDADES URBANAS

Obras de recomposição do asfalto na Avenida Brasil chegam à segunda etapa

Começa nesta sexta-feira, 22, a segunda etapa da recuperação do asfalto na Avenida Brasil. O trabalho já chegou às proximidades da sede do Demlurb. Para o andamento das obras, o Departamento de Engenharia de Tráfego da Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra) fará interdição total da Avenida Doutor Francisco Valadares, no sentido Vila Ideal-Centro, a partir das 8h30, na altura do trevo de retorno próximo ao Demlurb.

Segundo a Settra, os veículos serão desviados para a Rua Osório de Almeida, no Bairro Poço Rico, seguindo pelas ruas Pinto de Moura, da Bahia, Alagoas e, a partir deste ponto, sendo possível o acesso à Avenida Brasil. A via permanecerá interditada somente nos horários em que as obra estiverem em execução.

A supervisora de Projetos de Tráfego, Silvania de Oliveira, informou que os agentes de trânsito vão monitorar o tráfego na região. Ela ressaltou que neste período poderá haver atraso no cumprimento do horário das linhas que atendem os bairros desta região devido às obras.

Tempo bom agiliza trabalhos


Os trabalhos de recapeamento na Avenida Doutor Francisco Valadares, no Bairro Vila Ideal, estão sendo finalizados nesta quinta-feira, 21. Com isso, a recomposição do asfalto dos dois lados da via já chegou à altura do Demlurb, na Avenida Brasil. O prazo para conclusão é de seis meses. O trabalho está sendo executado pela CCM Construtora, a serviço do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

De acordo com o encarregado geral da obra, Edilson Lopes da Silva, nesta sexta-feira, 22, a empresa termina o asfaltamento próximo ao Demlurb e já começa a fresagem na Avenida Brasil leste, próximo à Ponte Antônio Carlos.

Ao todo, são 43 funcionários trabalhando no asfaltamento da Avenida Brasil durante todo o dia. O encarregado geral pede paciência às pessoas que transitam pelo local: "O tempo está colaborando, o que facilita a agilidade da obra. Vamos fazer o possível para terminar antes do prazo. Temos que fazer o serviço bem feito, por isso pedimos paciência para a população e o comércio local em relação à poeira, pois esse transtorno agora vai trazer melhorias em pouco tempo".

* Informações com a Assessoria de Comunicação da Settra, pelo telefone 3690-7767, e com a Assessoria de Comunicação da Secretaria de Obras, pelo telefone 3690-7403.


SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

12º GRUPO DE ARTILHARIA DE CAMPANHA - CONVITE


CORRIDA DA PAZ EM BOA VISTA/RR




“Corrida da Paz” na Guarnição de Boa Vista-RR, em comemoração ao Dia do Conselho Internacional do Esporte Militar (CISM)



Dia 24 de Fevereiro 2013 - 07:20h



Saída da Praça do Centro Cívico 



Vamos prestigiar! 



Convidem seus familiares, vistam-se de branco e venham correr conosco!



Treinamento Físico Militar - Saúde e Operacionalidade!



Correndo pela paz!
 — em Boa Vista.

Ex-combatentes são homenageados em JF


21 de Fevereiro de 2013 - 14:46


Por Tribuna

A Praça do Riachuelo foi palco, nesta quinta-feira (21), de uma homenagem aos ex-combatentes que lutaram na II Guerra Mundial. O evento foi promovido pela 4ª Brigada de Infantaria Motorizada em comemoração ao 68º aniversário da Tomada de Monte Castelo. A celebração remonta a participação dos pracinhas, como são chamados os ex-combatentes, que lutaram em solo italiano durante a grande guerra.
Para o presidente da Associação Nacional dos Veteranos da Força Expedicionária Brasileira (FEB) em Juiz de Fora, Antônio de Pádua Inhan, o evento é uma maneira de relembrar o feito dos militares e apresentar aos mais jovens este episódio da história do Brasil. "Todos os combatentes de Juiz de Fora já estão com idade avançada, eu que sou o mais novo tenho 88 anos. Precisamos manter viva a memória deste heróis."
http://www.tribunademinas.com.br/cidade/ex-combatentes-s-o-homenageados-em-jf-1.1234354

Edital do Concurso Promotor de Justiça Militar


Edital foi publicado no Diário Oficial da União n º 32, de 18 de fevereiro de 2013, Seção 3, páginas 145 e 146. 

Como Inscrições Preliminares estarão Abertas até o dia 20 de Marco de 2013 e deverão ser feitas exclusivamente na página eletrônica do Ministério Público Militar (http://www.mpm.gov.br/11cpjm ).

Melhores informações: http://www.mpm.gov.br/mpm/acontece/edital-do-concurso-para-promotor-de-justica-militar

Centro de Capacitação Física do Exército – Visita

Rio de Janeiro (RJ)
No dia 14 de fevereiro, o Comandante do Centro de Capacitação Física do Exército e Fortaleza de São João (CCFEx/FSJ), General Décio dos Santos Brasil, recebeu visita do Secretário Nacional de Esporte de Alto Rendimento, Sr. Ricardo Leyser Gonçalves, que estava acompanhado do antigo Secretário Nacional de Esporte, Educação, Laser e Inclusão Social, Sr. Afonso Barbosa, de representante do Ministério da Defesa, Sr. Luiz Fernando, e do Presidente da Comissão Desportiva Militar do Brasil, General Fernando Azevedo e Silva
O General Brasil realizou uma palestra, durante a qual apresentou as atividades e os trabalhos realizados pelo CCFEx. Os visitantes conheceram as instalações das Organizações Militares diretamente subordinadas e as obras em andamento na FSJ.
Foto: Soldado Roniel

www.exercito.gov.br

Monumento Nacional aos Mortos da Segunda Guerra Mundial - Solenidade

Rio de Janeiro (RJ)
Em 15 de fevereiro de 2013, foi realizada a solenidade de Passagem de Direção do Monumento Nacional aos Mortos da Segunda Guerra Mundial, do Cel Germano Américo dos Santos, para o Ten Cel Carlos Alberto do Rego Barros
A cerimônia foi presidida pelo Diretor do Patrimônio Histórico e Cultural do Exército, General Eduardo José Barbosa, e contou com a participação de diversas autoridades militares, civis e presença de distintos convidados.
Foto: Monumento Nacional aos Mortos da Segunda Guerra Mundial

www.exercito.gov.br

NOTA DE FALECIMENTO


REGISTRO

Com muito pesar a coluna registra o falecimento do advogado Jésus Viana Gomes, sepultado ontem no Cemitério Municipal. Com destacada atuação na área trabalhista, ele deixa viúva Imaculada Amaral Viana, que integra o 'staff' da CR-Nova.

http://www.tribunademinas.com.br/cesar-romero/cesarromero-1.1233904

A amiga Imaculada, filhos e netos os nossos sentimentos.