sábado, 18 de janeiro de 2014

PROCURADOR ANTONIO PEREIRA DUARTE É HOMENAGEADO NO 4º GAC

Na última terça-feira, 14 de janeiro, o procurador da Justiça Militar, Dr. Antonio Pereira Duarte, foi homenageado pelo comando do 4º Grupo de Artilharia de Campanha, Grupo Marquês de Barbacena, com a entrega do medalhão Marquês de Barbacena, maior honraria desta tradicional e histórica Organização Militar do Exército Brasileiro.

A primeira parte da solenidade foi no pátio Gen Fassheber, com a tropa formada, onde o comandante do grupo, Ten Cel Marcelo Silva Rodrigues, destacou os motivos pelos quais o Dr. Duarte estava sendo homenageado naquela ocasião.


Após as explicações, o homenageado posicionou-se em local de destaque, em frente a tropa, juntamente com sua digníssima família, foi colocado em sua lapela o distintivo Marquês de Barbacena e recebeu o medalhão, que é uma homenagem pessoal, pois todos os medalhões são numerados.



A segunda parte da solenidade foi realizada no gabinete do comandante com a assinatura do livro que consta um breve histórico do homenageado e o recebimento do diploma que oficializa a entrega do medalhão Marquês de Barbacena.




Parabenizamos ao amigo de longas jornadas, Dr. Duarte, pela homenagem mais do que merecida e ao comandante do 4º GAC Ten Cel Silva Rodrigues por tão expressiva iniciativa.

Para frente e para o alto!

Montanha!


HOJE É DIA DISSO...




JORNAL TRIBUNA DE MINAS - 18.01.14


ANIVERSÁRIO DE AMIGOS - GEN FRANCISCO MAMEDE DE BRITO FILHO



NOTA DE FALECIMENTO - Décio Bracher morre aos 81 anos

17 de Janeiro de 2014 - 20:58


Por Tribuna

Morreu nesta sexta-feira (17), aos 81 anos, o artista plástico Décio Bracher. Segundo o irmão do pintor, Carlos Bracher, ele atravessava um quadro de infecção nos rins, além de ser diabético e ter problemas cardíacos e de circulação. A morte aconteceu em casa, em Juiz de Fora, por volta das 20h. "Décio ficou muito abalado com a morte da nossa irmã Nívea (em 9 de dezembro), chegando a desenvolver depressão", contou Carlos.

Mineiro de Belo Horizonte, Décio mudou-se para Juiz de Fora em 1940. Estudou no Granbery e fez cursos na Sociedade de Belas Artes Antônio Parreiras. Ele era viúvo e deixou dois filhos. 
 
O corpo está sendo velado na capela 1, no Cemitério Municipal, onde o sepultamento acontece às 16h deste sábado.

http://www.tribunademinas.com.br/cultura/decio-bracher-morre-aos-81-anos-1.1414332

VEJA ONDE FOI PARAR A CAIXA D'ÁGUA APÓS A CHUVA DE ONTEM EM JUIZ DE FORA


Via Dinho Faber

Caixa d'água pendurada no padrão. 

Obra do vento e da chuva na zona norte da cidade, ontem à tarde.


sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Temporal arranca cobertura de ginásio do Colégio Militar

17 de Janeiro de 2014 - 17:31


Pontos da Rio Branco e bairros da Zona Norte e Cidade Alta sofreram com alagamentos e ventos de até 74km/h

Por Tribuna

Atualizada às 19h07
A força do temporal que atingiu Juiz de Fora no final da tarde desta sexta-feira (17) arrancou a cobertura do ginásio do Colégio Militar, no Acesso Norte. A estrutura foi arremessada para o outro lado da rua, a cerca de 50 metros de distância. Não houve feridos. Um poste de iluminação foi atingido pela cobertura. Equipes da Settra orientam motoristas de caminhões de grande porte. Já os veículos de passeio trafegam sem grandes problemas. Técnicos da Cemig também estão no local
Tradicionais pontos de alagamento da cidade voltaram a sofrer com a pancada de chuva. Ainda na Zona Norte, o córrego que divide os bairros Nova Era II e Santa Cruz transbordou, invadindo os fundos de uma casa. O Corpo de Bombeiros foi acionado para atender à ocorrência. Os militares também foram empenhados no Monte Castelo, onde uma árvore caiu sobre o muro de uma casa na Rua Itatiaia. Quatro militares trabalham na seção dos galhos. Ninguém se feriu. Também no Monte Castelo, uma árvore caiu na Rua Coronel Quintão, ocupando toda a via e impedindo o trânsito de veículos. O bairro está sem luz desde o início da chuva. Na mesma região, a Avenida JK apresentou pontos de alagamento. 
Moradores dos condomínios Parque das Águas e Nova Germânia, também na Zona Norte, tiveram suas casas invadidas pela água. Em protesto, logo após a chuva, colocaram fogo em pneus e fecharam a Rua Senhor dos Passos. A Polícia Militar está no local para controlar a situação.
Na Avenida Rio Branco, esquina com a Rua Sampaio, as bocas de lobo não deram vazão à quantidade de água, fazendo com que os veículos tivessem dificuldade de trafegar. Vias do Bairro Granbery, na região Central, como as ruas Santos Dumont, Barão de Santa Helena e Ambrósio Braga, ficaram alagadas.
Já na Cidade Alta, a via de acesso ao São Pedro pelo Bairro Borboleta ficou alagada. Na região Nordeste, os poucos carros que se arriscavam passar pela Rua Paracatu, na altura do Quintas da Avenida, trafegavam com dificuldade.
De acordo com o Inmet, as rajadas de vento durante o temporal chegaram a 74km/h. O volume de chuva registrado pelo órgão foi de 24 milímetros.
http://www.tribunademinas.com.br/cidade/temporal-arranca-cobertura-de-ginasio-do-colegio-militar-1.1414196

VENTO ARRANCA COBERTURA DO GINÁSIO DO COLÉGIO MILITAR DE JUIZ DE FORA


Via Gabriel Santiago

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=485924984852228&set=a.273110346133694.59192.273107066134022&type=1



Via Sgt Alexandre Rodrigues

ESTRAGOS DA CHUVA DE HOJE A TARDE EM JUIZ DE FORA



Via Marlon Albano
Um raio atingiu uma árvore que acabou caindo sobre outra árvore e ambas caíram, Rua Raimundo Correia, Nova Era 1.



Via Tiago Thomaz

Mais fotos do bairro Nova era. 
A Família aguarda a chegada da defesa civil

Via Marko Costa
Chuva agora a pouco... entrada de Santa Cruz..

Via Tailisson Fernandes
Uma arvore caiu e derrubou um muro na esquina das ruas Itatiaia com Palmares no Monte Castelo

Via Elimar e Priscila Nascimento
Esgoto transbordou na Galeria Constança Valadares.

Mais uma árvore caída no Bairro Nova Era.

Via Felipe Ribeiro

Carnaval 2014: Maior festa popular de JF terá programação intensa





Com atrações para todos os gostos e uma programação intensa, o Carnaval 2014 promete confirmar a vocação de Juiz de Fora para a Folia de Momo. Artistas de expressão nacional e grupos locais se juntam aos blocos de rua na maior festa popular da cidade, que neste ano acontecerá entre 20 de fevereiro e 1 de março. A Prefeitura de Fora, através da Funalfa, ainda apoiará atividades carnavalescas nos bairros da cidade até 4 de março, último dia oficial do Carnaval.

A expectativa é de que cerca de cem mil pessoas participem dos eventos promovidos e apoiados pela Prefeitura através da Funalfa. Mais de 30 atrações já estão confirmadas, mas outras podem ser incluídas, já que os blocos têm até o dia 31 deste mês para apresentarem pedidos de apoio e confirmarem participação na Folia de Momo.

Confira a programação em anexo.

:: Corredor da Folia :: 

Casuarina, Demônios da Garoa, Sururu na Roda, Bateria da Escola de Samba Império Serrano e Bangalafumenga estão entre as apresentações do Corredor da Folia de 2014. A programação também terá destaques locais, como Desfile das Escolas de Samba Mirins, Batalha de Confetes e desfile dos blocos Parangolé Valvulado, Come Quieto, do Batom, Pintinho de Ouro e Banda Daki.

A largada do Corredor da Folia será dada pelo grupo carioca Bangalafumenga no dia 20 de fevereiro, às 20h, no Alto dos Passos (Rua Dom Viçoso com Severiano Sarmento). O show será aberto pelo grupo Samba D’Loko, de Juiz de Fora, às 18h30. Na mesma noite, haverá show de samba com Alessandra Crispin, na Praça Alfredo Lage, no Bairro Manoel Honório, a partir das 19h30.

:: Desfile das Escolas de Samba antecipado :: 

Como fruto de quatro anos de conversas entre a Funalfa e a Liga Independente das Escolas de Samba (Liesjuf), os desfiles competitivos das escolas de samba acontecem com uma semana de antecedência, junto com o Corredor da Folia, que chega à sua quarta edição. Apenas os desfiles serão antecipados. O feriado nacional de Carnaval permanece inalterado.

Em 2014, doze agremiações participam dos Desfiles Competitivos das Escolas de Samba, na Passarela da Avenida Brasil, no Mariano Procópio. As apresentações acontecerão nos dias 22 e 23 de fevereiro (sábado e domingo). A ordem e os horários dos desfiles, bem como o regulamento da competição serão definidos pela Liesjuf.

- Grupo A: Juventude Imperial, Mocidade Alegre, Unidos do Ladeira, Turunas do Riachuelo e Real Grandeza

- Grupo B: Acadêmicos do Manoel Honório, Rivais da Primavera, União das Cores, Feliz Lembrança, Unidos das Vilas do Retiro e Partido Alto 

- Grupo C: Vale do Paraibuna

:: Passarela e ingressos :: 

A licitação para a montagem da Passarela do Samba acontece na próxima segunda-feira, 20, e a expectativa da Funalfa é de que os trabalhos tenham início no dia 27. Informações sobre interdições no trânsito da Avenida Brasil serão oportunamente divulgadas.

Neste carnaval, os ingressos para arquibancadas (individuais e com validade para uma noite) custarão R$ 5. Já os convites para mesas (quatro lugares e validade para as duas noites de desfiles) serão vendidos a R$ 200. Os camarotes (oito lugares e validade para as duas noites) valem R$ 600. Para mesas e camarotes, houve queda nos valores em relação ao ano anterior, porque o número de dias de apresentação também foi reduzido, com supressão do Desfile das Campeãs, conforme definição da Liesjuf.

Serão disponibilizados cerca de 3.700 lugares na Passarela do Samba, entre arquibancada, mesas e camarotes, e as vendas começam no dia 4 de fevereiro, no Centro Cultural Bernardo Mascarenhas (CCBM).

* Informações com a Assessoria de Comunicação da Funalfa pelo telefone 3690-7044.

ATENÇÃO MOTORISTAS - ACESSO NORTE INTERDITADO NA ALTURA DO COLÉGIO MILITAR


Enviado por Carolina Carvalho

Poste tomba no acesso Norte, devido ao temporal que caiu na Zona Norte, próximo ao Colégio Militar. 

As duas pistas estão interditadas.


https://www.facebook.com/photo.php?fbid=485900921521301&set=a.273110346133694.59192.273107066134022&type=1&theater

PARA QUE SERVE A TAXA DE EMBARQUE COBRADA NA RODOVIÁRIA DE JUIZ DE FORA?

Hoje durante a breve chuva que caiu sobre a cidade.


Enviado por Rafael Alves Lima

Bom saber que a taxa de embarque está sendo bem investida nestas lindas cascatas! 

Futuro ponto turístico de Juiz de Fora.

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=485899434854783&set=a.273110346133694.59192.273107066134022&type=1&theater

JORNAL DIÁRIO REGIONAL - 17.01.14


MARCHA DE CARNAVAL ZOMBA DE CANDIDATOS - NÃO DEIXE DE OUVIR

Em ano eleitoral, as marchinhas carnavalescas começam a atacar, criticar e debochar dos já assumidos candidatos. A mais recente publicada no Youtube trata do “Baile do pó Royal”, assinada por Alfredo Jackson, Joilson Cachaça e Thiago Dibeto. Nos 2:12 minutos, os três brincam com a cacofonia ao perguntar de quem é o pó espalhado no  salão. “Ah é sim, Ah é sim”, insinuam. A crítica ainda lembra o helicóptero com 445 quilos de cocaína apreendido no Espírito Santo, quando diz que: “o pé rela no pó”. A letra participou da Marchinha inscrita no Concurso Mestre Jonas 2014.

Veja a letra:

Deixaram o Pó Royal cair no chão / em pleno baile de carnaval
achei que ia rolar a confusão  /mas a turma achou legal.
O pó chegou voando no salão /que farra sensacional
deu até notícia na televisão /virou Baile do Pó Royal.
O pó rela no pé/ o pé rela no pó /o pó rela no pé /o pé rela no pó
Esse pó é de quem tô pesando? /Ah é sim, ah é sim
Você sabe eu também sei cor / Ah é sim, ah é sim
Não espalha que vai ser melhor
http://www.diariodopoder.com.br/noticias/em-ano-eleitoral-marchinha-de-carnaval-debocha-de-candidatos/

Incêndio atinge Expominas, maior centro de convenções de BH

Chamas consomem arena de eventos, com capacidade para 2 mil pessoas.
Ainda não há informações sobre feridos ou o que teria provocado o fogo.

Pedro ÂngeloDo G1 MG

Fogo atingiu a Expominas, na Região Oeste da capital mineira (Foto: Reprodução/TV Globo)Na parte atingida pelo fogo, há uma arena de eventos (Foto: Reprodução/TV Globo)
Um incêndio atinge parte do Expominas, no bairro Gameleira, Região Oeste de Belo Horizonte, na tarde desta sexta-feira (17). Às 12h44, uma fumaça intensa e escura podia ser vista saindo de um galpão do centro de eventos e exposições. O Corpo de Bombeiros se deslocou para combater o fogo. Ainda não se sabe o que pode ter provocado o incêndio.
De acordo com a Superintendência de Imprensa do Governo de Minas Gerais, os bombeiros tiveram dificuldades para entrar no local por causa do intenso calor, da fumaça densa e do risco de desabamento do teto. Um militar no local contou que três equipes com quatro integrantes cada entraram no prédio após uma vistoria, que descartou o risco de queda.
Ainda segundo o militar, o incêndio destruiu o forro do telhado da arena de eventos, mas, aparentemente, não há danos estruturais do prédio. Ainda não há informações sobre feridos. No horário, não havia nenhum evento sendo realizado no local.
A área atingida é uma arena de eventos com cerca de 2,5 mil metros quadrados de área e capacidade para 2 mil pessoas. No local, há um palco, com fosso de orquestra, bar e área livre, de acordo com a Companhia Mineira de Promoções (Prominas), que administra o espaço. A arena tem ainda três mezaninos e é usada para congressos e palestras.
Incêndio no Expominas, em Belo Horizonte.  (Foto: Reprodução/TV Globo)Incêndio em galpão no Expominas, na Região Oeste de Belo Horizonte (Foto: Reprodução/TV Globo)http://g1.globo.com/minas-gerais/noticia/2014/01/incendio-atinge-o-expominas-em-bh.html

Raios danificam a mão direita do Cristo Redentor

Parte do dedo da mão direita do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, quebrou após a forte chuva, acompanhada por muitos raios, que atingiu a cidade na noite desta quinta-feira. Segundo o padre Omar, reitor do santuário, a mão direita da estátua já estava danificada devido à alta incidência de raios. 
'Dizem que raio não cai no mesmo lugar duas vezes. Mas no Cristo cai', brinca o padre. 'Temos muito cuidado para que a imagem esteja sempre protegida. A imagem tem para-raios. Mas o impacto está muito forte', completou.
De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, o Inpe, em todo o estado do Rio de Janeiro, caíram mais de 40 mil raios nesta quinta-feira. O especialista do Inpe, Osmar Pinto Junior, conta que o Cristo Redentor é atingido por 3 a 5 raios por ano.
'O para-raio protege e evita tragédias, mas não protege 100% dos casos, como acontece no Cristo e em outros prédios e casas', alertou.
De acordo com padre Omar, o Cristo Redentor vai passar por uma reforma, marcada para começar em fevereiro. Na noite desta quinta-feira, uma placa informativa, feita de mármore, também foi danificada pelos raios.

A estátua foi atingida por raios nesta quinta-feira (Reprodução/GloboNews)


A arquidiocese do Rio e o Centro de Operações da Prefeitura têm uma parceira para que os funcionários do Cristo Redentor sejam avisados com antecedência sobre a previsão de chuva forte e com raios na cidade, garantindo a segurança dos turistas e visitantes.
'Já passei pela situação de estar no Cristo em um momento de chuva com muitos raios e é assustador. Mas temos um plano para tirar todos os visitantes de lá rapidamente', afirmou padre Omar.
http://radioglobo.globoradio.globo.com/boa-tarde-globo/2014/01/17/RAIOS-DANIFICAM-A-MAO-DIREITA-DO-CRISTO-REDENTOR.htm

Passagem de Comando do 21º GAC – Palavras do Comandante

         

- Excelentíssimo Senhor General de Exército Carlos Aníbal Pacheco;

- Excelentíssimo Senhor General de Divisão Antônio Hamilton Martins Mourão, Vice Chefe do Departamento de Educação e Cultura do Exército;
Ao cumprimentá-los eu manifesto a minha alegria em receber em nosso quartel todos os militares da reserva e da ativa aqui presentes:

        - Tenente Dálvaro José de Oliveira, veterano da Força Expedicionária Brasileira, que muito me orgulha com a sua presença,

         - Autoridades civis, Senhoras, Senhores, meus amigos e familiares,

      - Integrantes do 21º Grupo de Artilharia de Campanha, Grupo Monte Bastione, BOM DIA !

“Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela.” Citando o Salmo escrito por Salomão, inicio minhas palavras expressando o meu sentimento de profunda gratidão ao Senhor dos Exércitos por ter, por meio de sua Maravilhosa Graça, me proporcionado sabedoria e saúde para chegar a este dia em que concluo a mais gratificante missão que recebi na minha vida como soldado: comandar o Grupo Monte Bastione!

         Desde o dia em que eu decidi pela escolha da Artilharia como a minha Arma no Exército Brasileiro, há vinte e sete anos, fui, aos poucos, sendo lapidado pelos meus chefes e instrutores para o exercício do comando de um Grupo de Artilharia. As noites frias no terreno, apontando baterias, lançando linhas telefônicas, realizando trabalhos topográficos, calculando elementos de tiro e observando seus efeitos nos alvos, forjaram a minha têmpera de Artilheiro de Campanha, em cujo terreno permaneci por 16 anos de minha vida como oficial. Aos chefes que me ensinaram pelo exemplo e elevada competência eu também agradeço por terem me permitido chegar até aqui bem preparado nos mistérios da Poderosa Artilharia.

Durante 712 dias eu tive a honra de comandar um GAC. Hoje chego ao final dessa marcha convicto de que me foi dado mais do que eu merecia.

 Agradeço ao Senhor General Enzo Martins Peri, Comandante do Exército, por ter confiado a mim o comando da mais antiga e tradicional unidade de artilharia do Brasil, a qual carrega em seu Estandarte o símbolo da Força Expedicionária Brasileira e o nome de batalhas travadas na Itália.

 Comandar o 21º GAC – unidade que realizou o Primeiro Tiro de Artilharia da FEB - foi uma grande missão pela dimensão da honra a mim conferida somada às enormes responsabilidades que assumi.

Somente com o leal apoio dos meus chefes foi possível bem cumprir as missões impostas ao nosso grupo. Apresento meus agradecimentos aos Generais Adriano e Modesto, no Comando Militar do Leste, ao General Abreu, no Comando da 1ª Divisão de Exército e ao General Faillace, no Comando da Artilharia Divisionária Cordeiro de Farias, meu comandante imediato. Suas presenças, orientações, exemplos e compreensão materializam a base de uma confiança que reforçou, nesses dois anos, a minha crença nos valores do Exército de Caxias. Muito Obrigado!

Nesta unidade, em cujo pátio se encontram Caxias e Rio Branco, o Duque e o Barão, muitos heróis do passado – Floriano, Deodoro, Rondon, Vilagran Cabrita, dentre outros - nos deixaram um legado de vitórias. Mas os heróis do presente encontram-se á nossa frente, perfilados e armados, prontos para defender a Pátria, como juraram perante a Bandeira do Brasil. A esses heróis tenho outra forma de agradecer!

Meus Comandados!

Agradeço a cada um de vocês reafirmando o meu compromisso à Bandeira e a minha fé em Deus. Procurei “tratar com bondade os meus subordinados”, agradeço-lhes por terem me “respeitado como superior hierárquico” e peço ao bom Deus que abençoe a cada um dos meus comandados, desde o meu fiel, sincero e competente Sub Comandante, o Major Pimentel, até o mais jovem soldado incorporado este ano. Foi uma honra comandá-los. Foi uma benção poder chamar-lhes de amigos. Cada oficial, subtenente, sargento, cabo ou soldado aqui em forma representa uma parcela importante das realizações do 21º GAC nos últimos dois anos. Sem o suor, o sangue, as lágrimas e os sorrisos de vocês não teria sido possível chegar até aqui. Compartilhamos muitos momentos felizes e nos apoiamos mutuamente quando foi necessário unir forças para superar as maiores dificuldades que enfrentamos juntos. Somente esses bravos militares que estão em forma compreendem perfeitamente a profundidade dessas palavras, pois sabem muito bem a força dos laços que nos uniram como soldados em alguns momentos difíceis.

Ser o comandante no aquartelamento do Forte Barão do Rio Branco, no qual trabalham homens tão valorosos, é um privilégio ainda maior pelo fato de ter o mar como fonte de inspiração, os pássaros como trilha sonora e as montanhas como cenário do nosso dia a dia e como testemunhas da história do Brasil. Obrigado, meu Deus, por tantas belezas reunidas em um único local.

Estar aquartelado no bairro de Jurujuba permitiu a mim, comandante do 21º GAC, a felicidade de conhecer e conviver com pessoas extraordinárias: sábios e humildes pescadores, antigos e jovens moradores do bairro, no qual fiz amigos para sempre. Muitíssimo obrigado, meus amigos que me apoiaram no comando da unidade.

Não seria possível completar essa missão sem o amor de minha esposa Karla e de minha filha Júlia. “O amor é paciente, é benigno, não se ensoberbece, não procura os seus interesses, não se exaspera. O amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta”. Confiante nessas promessas, vi a Palavra de Deus se fazer testemunho na vida da minha família durante o meu comando. Sou grato a minha esposa pela compreensão das minhas ausências, por me levantar quando necessário, por me ouvir, por me aconselhar, por me amar, por tudo.  E digo “Muito Obrigado” à minha filha por ter emprestado seu pai ao 21º GAC para comandá-lo e por ter participado de cada vitória, com as sugestões e ideias próprias da juventude. 

Meus Comandados,

Alto! Cessar Fogo! Mudança de posição! As missões de tiro e todas as demais já foram cumpridas e sigo para novos desafios. O Tenente Coronel Simão, meu substituto, como bom Artilheiro, já está atento e pronto para o combate.


Caro Simão,

O nosso Exército o selecionou pela sua capacidade profissional e tem plena confiança na sua competência. Unindo tudo isso à lealdade desta tropa e à misericórdia do nosso Deus, seu comando será coroado de êxitos. Nossos antecessores, muitos aqui presentes, entregaram a nós uma unidade valorosa, bem preparada para o combate e um aquartelamento bem cuidado. Agradecendo aos antigos comandantes do 21º GAC, desejo a você meus sinceros votos de sucesso. Que as granadas sejam lançadas pela Poderosa Artilharia sempre pelas trajetórias exatas nos alvos levantados pela topografia. Que Deus o ilumine e guarde!

         Já sentindo saudades do cheiro da pólvora das nossas cargas de projeção e da brisa do mar neste quartel, despeço-me do 21º GAC e do Forte Barão do Rio Branco.
          
         Bastione!


(a tropa e as montanhas respondem: Artilharia! Brasil!) 


CEL ART LUCIANO BATISTA DE LIMA

TENHA MAIS QUALIDADE DE VIDA APÓS A MORTE


ACIDENTE GRAVE HOJE PELA MANHÃ

Agora pela manha indo na estreada Ouro Preto / BH sou surpreendido por uma carreta que perdeu o controle, provocou uma nuvem de poeira, atravessou a outra pista, quebrou a barra de proteção do viaduto e caiu no rio(próximo a Itabirito). 

De forma DIVINA o motorista sobreviveu, mas fica aqui algumas questões: 

Até quanta mineradoras terão o direito de exercer livre trafego em meio a veículos domésticos rede transporte publico? 


Como está a segurança das nossas vias? 

Os impostos são revertidos para a mobilidade com segurança?








https://www.facebook.com/chiquinhodeassisbr

JUIZ DE FORA ESTÁ NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO......SERÁ?


ATENÇÃO MOTORISTAS EM JUIZ DE FORA - Rua Oscar Vidal é interditada pela Settra


A Rua Oscar Vidal, entre a Avenida Barão do Rio Branco e a Rua Santo Antônio, na região central da cidade, está interditada totalmente para o trânsito de veículos. A Secretaria de Transporte e Trânsito promoveu a intervenção devido a uma árvore que caiu, bloqueando a via. Uma equipe da Empav já está trabalhando no local. Não há previsão de término e o acesso está liberado apenas para moradores.
‣ Informações com a Assessoria de Comunicação pelo telefone 3690-7767.
Mais informações no site pjf.mg.gov.br