sábado, 22 de fevereiro de 2014

PASSARELA DO SAMBA NÃO RECEBE LAUDO DE VISTORIA DO CORPO DE BOMBEIROS

22 de Fevereiro de 2014 - 17:08


 

Por Tribuna

Após nova inspeção na passarela do samba, construída na Avenida Brasil, o Corpo de Bombeiros não liberou o laudo de Vistoria (AVBC) para a Funalfa. Embora os bombeiros descartem qualquer risco em relação à segurança do local que sedia o palco do samba na cidade, os vistoriadores não concederam o documento de liberação ao verificarem a existência de inconformidades entre o que foi instalado na via e o projetado. Um dos exemplos é a disposição de escadas de acesso às arquibancadas e camarotes. Algumas foram instaladas em lugar diferente do projeto original.
"As inconformidades detectadas não afetam a segurança do local. O sistema de prevenção está instalado, as rotas de fuga existem, bem como os laudos de todas as arquibancadas. O bombeiro não está liberando o local, mas também não vai interditar porque não há risco iminente", explicou o primeiro sargento vistoriador, Márcio Renê Silva. O militar garantiu que serão mantidas guarnições e pontos base da corporação em todo o entorno do evento, com equipes percorrendo a Passarela do Samba. O intuito é garantir atendimento imediato em caso de qualquer eventualidade.
O diretor de departamento operacional da Funalfa, Edson Tostes Filho, explicou que as inconformidades apontadas pelo Corpo de Bombeiros ocorreram somente por uma necessidade de adequação ao espaço disponível. "Por se tratar de um evento temporário, numa avenida, o projeto é feito de uma maneira, mas nem sempre, na hora de executar, sai 100% certo. No entanto, todo o sistema de segurança está funcionando e tenho a certeza de que não teremos nenhum problema". Segundo Edson, a orientação e a parceria do Corpo de Bombeiros são fundamentais para que não ocorram imprevistos. "Esse acompanhamento é muito importante para nós, porque além da preocupação de fazermos um bom carnaval, queremos garantir segurança", afirma. Mais de 300 pessoas vão trabalhar nos bastidores da festa realizada na avenida.
A expectativa da Funalfa é que pelo menos três mil pessoas assistam ao primeiro dia de desfiles na cidade. "É o primeiro ano que o desfile foi antecipado. É uma experiência nova para nós e estamos torcendo para dar tudo certo."
http://www.tribunademinas.com.br/cidade/mesmo-sem-laudo-bombeiro-garante-seguranca-na-passarela-1.1426182

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

ESPORTE CLUBE SÃO CARLOS RECEBE AMIGOS PARA SEU TRADICIONAL ENCONTRO DE 5ª FEIRA


O presidente do Esporte Clube São Carlos, José Maria Veloso, acompanhado de sua esposa Marlene, recebeu um grupo de amigos para o já  tradicional encontro semanal intitulado de "Encontro entre Amigos".

Um grupo capitaneado pelas animadíssimas Ivete Gomes, Conceição Dornelas, Solange Pipa e Walkyria Fagundes foi o primeiro a chegar, logo após chegaram o vereador João do Joaninho, sempre presente no clube, sua chefe de gabinete, Lucinha Almeida, Ney e Beth Ank, os colunistas Caca Salermo e Jorge Júnior e .....

O toque musical da noite foi dado pelo DJ Weverton de Souza (Dbox), que também comandará o baile da ressaca no clube, onde reunirá este mesmo grupo de amigos e outros convidados especiais.

O presidente José Maria Veloso aproveitou o evento para convidar as amigas presentes para, juntamente com sua esposa Marlene, integrarem o departamento feminino do clube e os colunistas Caca Salermo e Jorge Júnior para comandarem a assessoria de Comunicação Social do São Carlos, o que de pronto foi aceito por todos.

Os presentes puderam degustar um feijão tropeiro preparado pelo amigo Paulinho, o já tradicional saladão preparado por Almerindo e um medalhão de lombo na chapa preparado por Ronaldo Duarte, tudo acompanhado de cervejotas e refrigerantes no ponto certo, o que já é tradição no bar do São Carlos.

O samba tomou conta dos presentes e em dado momento foi prestada uma homenagem ao colunista Cesar Romero e a sua já tradicional Noite Borbulhante, onde todos fizeram questão de ser fotografados com a camisa da edição 2014.

Este editor foi presenteado pela amiga Beth Ank com a camisa do bloco Pagodão dos Clubes 2014.

Na próxima quinta-feira, 27 de fevereiro, não haverá o encontro, pois o clube será preparado para o baile da ressaca.

As fotos de Ivete Gomes registram os agradáveis momentos.




















Regional Leste adota horário integral para dispensação de medicamentos aos usuários do SUS

Desde quarta-feira, 19, a Unidade de Urgência e Emergência Leste (Regional Leste), localizada na Avenida Brasil, Bairro Costa Carvalho, está oferecendo aos pacientes e usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) a dispensação de medicamentos 24 horas por dia, todos os dias.

De acordo com a responsável pela Regional Leste, Kely Cristina dos Santos, esta nova modalidade de dispensação de medicamentos prioriza a melhoria na qualidade do atendimento aos cidadãos, ao mesmo tempo em que promove a humanização aos pacientes e usuários por ocasião do acolhimento a estas pessoas. Ela ressaltou que a iniciativa tem como objetivo contribuir para a melhoria da qualidade dos serviços prestados, assim como para as condições de trabalho dos servidores envolvidos.

A ampliação do horário de distribuição destes medicamentos, por sua vez, é a sequência de outros benefícios nesta área, como o aumento também da oferta de serviços e de medicamentos. Em 2014, o município deverá investir cerca de 30% de sua receita no setor de saúde: duas vezes mais do que determina a atual legislação.

A iniciativa foi possibilitada pela unificação dos serviços de distribuição de medicamentos, que, anteriormente, funcionavam em dois espaços distintos: um para disponibilizar fármacos para pacientes internos, e outro para os usuários do ambulatório e demais pessoas atendidas pela farmácia externa.

Para ter acesso aos medicamentos, basta que o usuário procure os funcionários do atendimento da Regional Leste, munidos do receituário médico, documento de identidade e cartão do SUS.

* Mais informações com a Assessoria de Imprensa da Secretaria de Saúde pelos telefones 3690-7123 ou 3690-7389.

Carnaval 2014 - Settra promove intervenções no trânsito para os desfiles de blocos e bandas

A Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra), em virtude do Corredor da Folia, promovido pela Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), através da Funalfa, realiza entre esta quinta-feira, 20, até domingo, 23, interdição e alterações no trânsito e mudança de itinerário em 12 linhas do transporte coletivo. Agentes de trânsito estarão empenhados no controle do tráfego nos principais cruzamentos da cidade. A Settra aconselha aos foliões que utilizem, preferencialmente, o transporte público.

Confira abaixo os locais e horários das interdições:

Dia 20 - Quinta-feira
1) Bloco Unidos pela Vida (Hemominas) – A partir de 10h30
- Concentração: Parque Halfeld. Desfile às 11 horas, descendo a Rua Halfeld, até a Batista de Oliveira.

2) Show com Samba d`Loko e Banda Bangalafumenga (RJ) – a partir de 18h30
- Interdição a partir das 14 horas, na Rua Padre João Emílio, entre as ruas Barão de Aquino e Rua Moraes e Castro; Rua Barão de Aquino, entre Rua Dom Silvério e Rua Machado Sobrinho; Rua Severiano Sarmento, entre Rua Dom Silvério e Rua Pedro Botti; Rua Machado Sobrinho, entre Rua Moraes e Castro e Rua José do Patrocínio; Rua Dom Viçoso, entre Rua Moraes e Castro e Rua José do Patrocínio.

3) Show com Alessandra Crispim - A partir de 19h30
- Interdição: Avenida Governador Valadares, entre a Rua Ewbanck da Câmara e a Avenida Barão do Rio Branco.

4) Bloco Presidente Tilino – A partir de 19 horas
- A Rua Engenheiro Paulo Correa, no Bairro Linhares, ficará interditada entre 19 horas e 23h30.

5) Festival de Verão do Bairro São Benedito
- Interdição entre 21 e 4 horas, na Rua Cruz e Souza, entre os números 175 e 217 - Bairro São Benedito.

Transporte coletivo
As linhas 111 e 112-Santa Terezinha/Mundo Novo e 115- Mundo Novo/Quintas das Avenidas farão os seguintes itinerários:
- Linha 111 - Sentido Santa Terezinha/Mundo Novo: ruas Moraes e Castro, Pedro Botti, Rua Vieira Pena, Rua Onofre Mendes, Rua José Do Patrocínio, …
Sentido Mundo Novo/Santa Terezinha: ..., Rua José Do Patrocínio, Rua Pedro Botti, Rua Vieira Pena, Rua Barão De São Marcelino, Av. Barão Do Rio Branco, ...
- Linhas 112 e 115 - Sentido Santa Terezinha/Mundo Novo: Rua Moraes e Castro, Rua Pedro Botti, Rua Vieira Pena, Rua Professor Francisco Sobral, Rua José Lopes Filho, Rua Augusto Braga (ponto Final), …
- No sentido Mundo Novo/Santa Terezinha não haverá alteração.

Dia 21 - Sexta-feira
1) Bloco Besta é Tu
- A Rua Belmiro Braga, no Bairro Alto dos Passos, ficará interditada entre 16 e 23 horas.

2) Bloco Realce
- A Rua Luiz Camões, no Bairro Alto dos Passos, terá interdição entre 16 e 23 horas. O bloco desfilará pelas Ruas Luiz de Camões, Moraes e Castro, Tavares Bastos, e Luiz Camões a partir das 21h.

3) Bloco Presidente Tilino – A partir de 19 horas
- A Rua Engenheiro Paulo Corrêa e Castro, no Bairro Linhares, ficará interditada entre 19h e 23:30.

4) Festival de Verão do Bairro São Benedito
- Interdição entre 21 e 4 horas na Rua Cruz e Souza, entre os números 175 e 217 - Bairro São Benedito.

Dia 22 - Sábado
1) Bloco Domésticas de Luxo – A partir de 10 horas
- A concentração será no Parque Halfeld e o desfile a partir das 13 horas, passando pelas ruas Halfeld e Paulo de Frontin, até a Praça da Estação.

2) Bloco Come Quieto – A partir de 10 horas
- A concentração será na Rua Barão de Aquino com Dom Viçoso (em frente ao Bar Espeto & Cia) - Alto dos Passos.
- As ruas Barão de Aquino, entre Padre João Emílio e Dom Viçoso; Dom Viçoso, entre Barão de Aquino e Moraes e Castro; Severiano Sarmento, entre Machado Sobrinho e Dom Viçoso, ficarão interditadas de 10 às 20 horas.
- O desfile fará o seguinte trajeto: ruas Barão de Aquino e Dom Viçoso, até a Moraes e Castro, voltando pelo mesmo percurso.

3) Bloco Tudo Numa Boa – A partir de 14 horas
- A Rua São Tarcísio, no Bairro Nossa Senhora Aparecida, ficará interditada entre 13 e 20 horas.

4) Bloco Mala Véia – A partir de 15 horas
- A interdição ocorrerá entre 15 e 21 horas, na Rua José Nunes Leal, entre os números 478 ao 518.

5) Bloco Meu Concreto Tá Armado – A partir de 16 horas (previsão de término às 23 horas)
- Concentração na Praça Jarbas de Lery Santos, Bairro São Mateus. O desfile está previsto para começar às 20 horas, com cortejo pela Avenida Presidente Itamar Franco, Rua Dr. Romualdo, Rua Francisco Brandi, Avenida Presidente Itamar Franco, Rua Padre Café, Rua Padre Tiago, Praça Jarbas de Lery Santos.

6) Bloco Unidos do Bairro de Lourdes – A partir de 17 horas
- A Rua Professor Luiz Vianna, no Bairro de Lourdes, ficará interditada entre 17 e 22 horas.

7) Bloco Presidente Tilino – A partir de 19 horas
- A Rua Engenheiro Paulo Corrêa e Castro, no Bairro Linhares, será interditada entre 19h e 23h30.

8) Festival de Verão do Bairro São Benedito
- Interdição entre 21 e 4 horas, na Rua Cruz e Souza, entre os números 175 e 217 - Bairro São Benedito.

9) Grupo de Funcionários da Santa Casa
- A Avenida dos Andradas, entre as ruas Silva Jardim e Benjamin Constant, será Interditada parcial entre 13h e 18h.

Transporte Coletivo
Os coletivos da Viação Santa Luzia terão os itinerários modificados, conforme abaixo:
- Linha 111 - Sentido Santa Terezinha/Mundo Novo: ruas Moraes e Castro, Pedro Botti, Rua Vieira Pena, Rua Onofre Mendes, Rua José Do Patrocínio, …
- Sentido Mundo Novo/Santa Terezinha: ruas José do Patrocínio, Pedro Botti, Vieira Pena, Rua Barão De São Marcelino, Av. Barão Do Rio Branco, ...
- Linhas 112 E 115 - Sentido Santa Terezinha/Mundo Novo: Rua Moraes e Castro, Rua Pedro Botti, Rua Vieira Pena, Rua Professor Francisco Sobral, Rua José Lopes Filho, Rua Augusto Braga (ponto Final), …
- Sentido Mundo Novo/Santa Terezinha: sem alteração.

Dia 23 - Domingo
1) Bloco Pré-Carnavalesco Três Moinhos – A partir de 12 horas
- A interdição irá acontecer de 12 às 20 horas, na Rua Natalina Guerra, entre os números 239 e 325 – Bairro Três Moinhos.

2) Parangolé Valvulado – A partir de 12 horas
- A concentração irá ocorrer no Largo do Riachuelo, Centro, com interdição da Avenida dos Andradas, entre as ruas Silva Jardim e Benjamin Constant, de 12 horas ás 20horas. O desfile está previsto para começar ás 18h,com trajeto pela Avenida dos Andradas, Rua Benjamin Constant, Rua Santo Antônio, Rua Paula Lima, Avenida dos Andradas.

3) Bloco As Virgens do Grajaú – A partir de 14 horas
- A Rua Augusto Alves, do nº 100 em diante, no Bairro Grajaú, ficará interditada entre 14h ás 23 horas.

4) Bloco Unidos do Bairro de Lourdes – A partir de 17 horas
- A interdição na Rua Professor Luiz Vianna, no Bairro de Lourdes, irá ocorrer entre 17h e 22h.

5) Bloco JK Folia – A partir de 17 horas
- A Rua Alan Kardec, no Bairro JK, ficará interditada entre 14 e 20 horas.

6) Bloco Presidente Tilino – A partir de 19 horas
- A interdição acontecerá entre 19 horas e 23h30, na Rua Engenheiro Paulo Corrêa e Castro, no Bairro Linhares.

7) Festival de Verão do Bairro São Benedito
- Interdição entre 21 e 4 horas, na Rua Cruz e Souza, entre os números 175 e 217 - Bairro São Benedito.

8) Bloco do Pijama
- A interdição ocorrerá entre 13 e 20 horas, na Rua Jatobá, entre a Jequitibá e a Pequiá, no Bairro Amazônia.

9) Bloco do Pinto
- A Rua Vidal Barbosa Lage, no Bairro Jóquei Clube, ficará interditada entre 12 e 22 horas.

Transporte coletivo:
- As linhas da Empresa Tusmil 516, 533, 530, 536, 540, 541 – São Pedro; 532 - São Pedro/Caiçaras; 534 - Santos Dumont; 538 - Morada do Serro, via Jardim Casablanca-Adolfo Vireque e 542-Lagoa terão os itinerários modificados conforme a seguir: ..., Avenida Francisco Bernardino, Rua Barão de Cataguases, Avenida dos Andradas, ...
- A linha 531 - Nova Califórnia cumprirá o seguinte itinerário: Avenida dos Andradas, Rua Silva Jardim, Avenida Francisco Bernardino, Rua Barão de Cataguases, Avenida dos Andradas, ...

* Informações com a Assessoria de Comunicação da Secretaria de Transporte e Trânsito pelo telefone 3690-7767.

Lopes tenta dar 'carteirada' para ficar em campo no jogo do Atlético-PR

'Sou delegado', disse o diretor do Furacão quando a sua saída foi solicitada da área do campo reservada apenas à comissão e aos jogadores. Assista o vídeo

Por Curitiba
 
A presença do diretor de futebol do Atlético-PR, Antônio Lopes, no banco de reservas durante o empate em 2 a 2 com o Londrina, na noite desta quinta-feira, pelo Campeonato Paranaense, não passou desapercebida pelos árbitros da partida. Por não fazer parte da comissão técnica, o quarto árbitro da partida, Marcelo Sales Correa, pediu a sua saída e deixou Lopes furioso. As imagens são do repórter cinematográfico da RPCTV, Zeca Marquetti.
Para tentar ficar, Lopes recorreu a sua antiga profissão. Ele sacou a carteira de delegado e argumentou que poderia ficar no local por se tratar de autoridade policial. (veja o vídeo)
- Estou como delegado aqui. Eu posso. Eu sou delegado. Sou autoridade policial. Quero ver quem vai me tirar - disse ele.
Mas o árbitro Adriano Milczvski, que, em campo, manda mais que o delegado, manteve a decisão. O delegado ainda argumentou, falou com os árbitros, parou a partida, mas não teve jeito. Pouco antes de sair, a nova tática foi ficar atrás do banco de reservas, mas logo em seguida foi orientado a deixar o gramado definitivamente.
Com ou sem orientação do delegado, Atlético-PR ainda amarga apenas uma vitória no campeonato Paranaense e está na vice-lanterna do torneio. O Furacão volta a campo contra o Arapongas, no domingo, às 18h30, no Ecoestádio.
Antônio Lopes dá carteirada para o jogo do Atlético-PR (Foto: Reprodução/RPCTV)Antônio Lopes dá carteirada no jogo do Atlético-PR: "Sou delegado. Sou autoridade" (Foto: Reprodução/RPCTV)http://globoesporte.globo.com/futebol/times/atletico-pr/noticia/2014/02/lopes-tenta-dar-carteirada-para-ficar-em-campo-no-jogo-do-atletico-pr.html

Bombeiros solicitam ajustes na estrutura da Passarela do Samba

21 de Fevereiro de 2014 - 04:00


Corporação cobra instalação de extintores e sinalização de emergência

Por Cíntia Charlene e Nathália Carvalho


A falta de extintores e de iluminação e sinalização de emergência estão entre as irregularidades apontadas pela 5ª Companhia de Prevenção e Vistoria do 4º Batalhão de Bombeiros Militar (4º BBM), na primeira averiguação realizada na Passarela do Samba da Avenida Brasil, entre as pontes do Manoel Honório e Santa Terezinha. Os pontos que precisam de adequação foram listados para a Funalfa, responsável pela montagem da estrutura, onde, entre sábado e domingo, desfilam 12 escolas de samba de Juiz de Fora. De acordo com o capitão Leonardo Corrêa Nunes, a avaliação aconteceu na última quarta-feira, e a corporação aguarda novo pedido de vistoria para verificar se as irregularidades foram sanadas. "O novo procedimento para checar a situação está marcado para amanhã (sexta-feira). As irregularidades apontadas não são difíceis de serem resolvidas", avalia.
Já o diretor do Departamento Operacional da Funalfa, Edson Tostes Filho, informa que relatório do 4º BBM solicitou alterações em cerca de dez itens. Ele conta que nesta sexta serão instalados aproximadamente 65 extintores de incêndio, sendo 55 fixos e dez móveis. Além disso, serão colocadas cerca de 70 lâmpadas de emergência."Ainda não tínhamos instalado estes equipamentos por questões de segurança e para evitar furtos e vandalismo. Estamos tomando todas as providências para atender as exigências dos bombeiros, que são bem-vindas. Nossa previsão é de que a Passarela do Samba esteja totalmente pronta amanhã."

Trânsito é alterado
O trânsito na região Nordeste será alterado em virtude dos desfiles das escolas de samba na Avenida Brasil. Das 9h de sábado até às 7h de segunda-feira, haverá interdição de algumas ruas nos bairros Mariano Procópio e Santa Terezinha.
A Avenida Coronel Vidal terá sentido invertido entre as ruas Geralda de Barros e Tereza Cristina. Fica proibida a conversão à esquerda dos veículos provenientes da Rua Bernardo Mascarenhas em direção à Rua Tereza Cristina, com liberação prevista de acordo com avaliação dos agentes de trânsito. Veículos provenientes da Zona Norte, em direção à Avenida Brasil, com capacidade acima de quatro toneladas, deverão acessar a Avenida Coronel Vidal, após a rodoviária. Quando a passagem da linha férrea da Rua Mariano Procópio com Avenida dos Andradas estiver fechada, os veículos deverão obrigatoriamente seguir em frente, na Rua Mariano Procópio, em direção ao Centro.
Neste período, também ocorre mudança no itinerário dos coletivos das empresas Norte, São Francisco e Santa Luzia, que passam pela Avenida Brasil.
http://www.tribunademinas.com.br/cidade/bombeiros-solicitam-ajustes-na-estrutura-da-passarela-do-samba-1.1425597

Mário Travaglini, técnico campeão em São Paulo e no Rio, morre aos 81 anos

Comandante do Corinthians na época da Democracia, ele comandou o Vasco no primeiro Brasileirão da equipe, Fluminense, Palmeiras e trabalhou na Seleção

Por São Paulos
Waldemar Pires, presidente do Corinthians, e Mario Travaglini (1981) (Foto: Agência Estado)Mario Travaglini (à direita) em 1981, quando chegou para assumir o Corinthians (Foto: Agência Estado)
Morreu nesta quinta-feira, aos 81 anos, o ex-técnico Mário Travaglini. Ele tinha um câncer cerebral e estava internado em São Paulo havia um mês. 
Nascido em São Paulo, em 30 de abril de 1932, Travaglini foi jogador nos anos 50, atuando pelo Clube Atlético Ypiranga, Palmeiras, Nacional-SP e Ponte Preta. Pendurou as chuteiras aos 29 anos, em 1962. 
No ano seguinte, começou a carreira de treinador, no Palmeiras, onde começou na base e ficou até 1971 - foi o técnico das conquistas do Paulistão 1966 e da Taça Brasil de 1967 pelo Verdão. Passou ainda pelo Vasco, onde foi campeão brasileiro em 1974, e Fluminense, pelo qual conquistou o Campeonato Carioca de 1976. Fez parte também da comissão técnica da Seleção na Copa do Mundo de 1978 . 
http://globoesporte.globo.com/futebol/noticia/2014/02/mario-travaglini-tecnico-campeao-em-sao-paulo-e-no-rio-morre-aos-81-anos.html
Em 1981, chegou ao Corinthians e pegou o início do movimento que ficou conhecido como Democracia Corintiana. Conquistou o Paulistão de 1982 pelo Timão.

Coronel que deu carteirada em blitz é indiciado

Terminou, nesta quinta-feira (20), o inquérito que investigava o caso do tenente coronel José Dirceu Pereira, flagrado tentando furar uma blitz da Lei Seca, na Avenida Nossa Senhora da Penha, em Vitória. De acordo com a corregedoria da Polícia Militar, além do tenente coronel, outros três soldados foram indiciados por infração disciplinar e penal.
De acordo com  o coronel Ilton Gomes, corregedor da PM, Dirceu vai responder por ter agido de forma inadequada durante a abordagem, usando palavras de baixo calão e por ter deixado o local. Já os outros três oficiais que foram chamados para dar seguimento à operação, vão responder por não terem encaminhado o caso corretamente para a corregedoria da PM.
Tenente coronel da Polícia Militar tenta dar carteirada para se livrar blitz no ES (Foto: Reprodução/TV Gazeta)Tenente coronel da Polícia Militar tenta dar carteirada para se livrar blitz no ES (Foto: Reprodução/TV Gazeta)
O corregedor informou que os soldados que abordaram José Dirceu, não serão punidos. Ainda de acordo com Gomes, todos os indiciados não vão ser afastados do cargo, até instância judicial. " Eles vão ser julgados da forma devida e enquanto não sair o resultado desse julgamento, tanto criminal, quanto disciplnar, eles vão continuar trabalhando normalmente", disse o corregedor.
O tenente coronel José Dirceu Pereira foi parado em uma blitz da Lei Seca, em outubro do último ano. Após ser abordado,  José Dirceu tentou dar uma carteirada no policial, alegando pertencer a uma alta patente da corporação. Logo depois, ele foi afastado do cargo de assessor jurídico da comandante geral da Polícia Militar, e deslocado para uma chefia administrativa. Depois de se negar a passar pela fiscalização, o tenente coronel ainda  foi ao Ministério Público do Espírito Santo (MP-ES) e denunciou os policiais que o abordaram, alegando ter sido humilhado.
Nas imagens gravadas pelos próprios policias que o abordaram, o tenente coronel questiona um dos soldados: "Você sabe que eu sou coronel da polícia, né? Vocês querem me ferrar?". Segundo policiais militares, o tenente-coronel não estava cumprindo serviço, tinha acabado de sair do estacionamento de um boate e foi abordado. Eles suspeitaram que ele estivesse embriagado e  solicitaram a documentação, que foi negada. Minutos depois da abordagem, o responsável pela blitz ligou para o Ciodes. No áudio, o diálogo aponta que o tenente-coronel deixou o local da blitz e uma ocorrência feita contra ele acabou sendo cancelada por determinação de um major da Polícia Militar.
Leia os diálogos registrados pelo Ciodes

Policial: O tenente-coronel parou na fiscalização, parou não né, abordaram ele. Tenente-coronel Dirceu.
Major: Coronel Dirceu? Tô sabendo não, fala aonde foi isso?
Policial: Foi na Reta da Penha saindo da boate São Firmino. O sargento pediu a identificação dele, e ele só entregou a carteira de polícia. Aí o sargento devolveu a carteira para ele. Ele pegou o carro e foi embora, chapadão e não parou nem nada, deixou até os amigos para trás. Aí eu pedi para ele lançar no relatório dele e eu no meu relatório, se ele inverter a situação depois de bom é complicado.
Major: Qual foi a irregularidade que aconteceu?
Policial: O sargento pediu o documento do carro e a habilitação, mas o coronel entregou a identidade e falou que ele era coronel e que estava, tipo assim, como ele é da corporação ele não deveria ter sido parado, a partir do momento que ele falou que era coronel. O sargento falou que a gente estava na fiscalização e que a determinação era abordar todos os condutores que passarem por aqui, 'o senhor passou, pedi o documento e você me entregou só a identidade'.
 Major: Eu oriento a você, ligar para seu subcomando ou comandante do batalhão, pegar a orientação com eles. Por que para eu comunicar aqui, não tem nem ocorrência, não tem nada, fica complicado. Aqui eu vou fazer uma CI tal, ligar para corregedoria e tudo mais. Acho que o batalhão tem como administrar essa situação da melhor maneira possível entendeu?
 Policial: estou ligando para cancelar o número de uma ocorrência que eu gerei.
Ciodes: qual motivo?
Policial: foi uma ocorrência de abordagem que eu pedi para gerar.
Ciodes: mas por que você quer cancelar?
Policial: foi um determinação do major aqui que não há necessidade de ser gerado essa ocorrência.
Ciodes: foi qual major?
Policial: major Bongestab
Ciodes: ah tá. Então cancelar a ocorrência por determinação dele por achar que não deveria ter sido gerada né?
Policial: é
http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2014/02/coronel-que-deu-carteirada-em-blitz-e-indiciado-pela-policia-no-es.html