sábado, 30 de agosto de 2014

Com dinheiro público, deputados assinam TV a cabo com "combo" de futebol e canal pornô

Entre os parlamentares que assinaram o serviço, está o gaúcho Renato Molling, que afirmou que o valor será devolvido

29/08/2014 | 13h44
Com dinheiro público, deputados assinam TV a cabo com "combo" de futebol e canal pornô Reprodução/
 
Site Congresso Em Foco teve acesso à fatura de televisão a cabo do deputado gaúcho Foto: Reprodução
 
Pacote de TV a cabo, que dá direito a mais de cem canais e outros 34 itens opcionais — tudo, em alta definição. O "combo" se trata do serviço instalado no escritório político de um deputado gaúcho. Denúncia do site Congresso em Foco revelou que Renato Molling (PP-RS) também assinava o serviço de transmissão do futebol brasileiro e a "Sex Zone HD", área dedicada a atrações pornográficas. Tudo ao custo de R$ 299,60 pagos com dinheiro público.

O valor se enquadra na Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap), medida que garante o pagamento de serviços ao exercício do mandato. A Zero Hora, Molling afirmou que determinou o cancelamento do pacote — que, segundo o deputado, havia sido contratado pela sua assessoria. Apesar de afirmar não recordar quando a assinatura foi feita, o parlamentar garantiu que o dinheiro será ressarcido aos cofres públicos.

— A Câmara ressarce o serviço. Neste ano, foi colocado o pacote de futebol por causa da Copa do Mundo, porque sou presidente da Comissão. Achei que não teria problema, mas já tomamos as providências, não vamos mais pedir o ressarcimento e vamos devolver o valor. Agora, o ressarcimento é totalmente legal — alegou o deputado.

O pacote de futebol, porém, exibe partidas não do Mundial, mas jogos das séries A e B do Brasileirão e o campeonato estadual. Na fatura do pacote de TV paga em nome do deputado do mês de julho deste ano, ainda consta a compra do filme Blue Jasmine, de Woody Allen. O ponto fica em Sapiranga, na Região Metropolitana, onde fica o escritório político. A respeito do pacote de conteúdo adulto, Molling afirmou que não tinha 
conhecimento do que constava no "combo" de canais.

Deputado Renato Molling (PP-RS)
Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados / Divulgação


— É um pontinho em cima de todo um trabalho que a gente faz — se defendeu o parlamentar, que ressaltou sua atuação na Comissão de Turismo.

O Congresso em Foco também teve acesso às faturas dos deputados Flaviano Melo (PMDB-AC) e José Airton (PT-CE). O pacote do acreano corresponde ao mais caro da companhia de TV paga, ao custo de R$ 422,35 por mês. Três campeonatos de futebol e canais de filmes adultos também estão incluídos. Ao site, Melo não soube responder quem contratou as atrações pornô, disse que ressarceria o valor e pediu desculpas pelos excessos.

Já o deputado cearense gastou R$ 383 em serviço de televisão paga, também com pacote opcional de futebol. Procurado pela reportagem, o parlamentar não foi localizado. O Ceap entrou em vigor em julho de 2009 e reuniu em uma só cota despesas como transporte aéreo, telefone e verba indenizatória. Conforme Congresso em Foco, a Câmara e o Senado analisam apenas a regularidade fiscal e contábil das prestações de contas dos parlamentares para autorizar o ressarcimento das despesas. Ou seja, se o serviço é contemplado — ou não.

http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/noticia/2014/08/com-dinheiro-publico-deputados-assinam-tv-a-cabo-com-combo-de-futebol-e-canal-porno-4586296.html

Jefferson Gomes Nogueira: "A precarização salarial das Forças Armadas brasileiras"

Sociólogo e mestre em História (historiasocial2009@yahoo.com.br)

 

É recorrente o envio de tropas do Exército, da Marinha e da Aeronáutica em apoio aos estados brasileiros para as mais diversas demandas. Depois da atuação das Forças Armadas antes, durante e depois da fatídica Copa das Copas, em que centenas de militares ficaram meses longe de seus familiares para garantir o sucesso daquele evento, necessário se faz colocar na agenda dos presidenciáveis a questão da defasagem salarial que vitima essa categoria social há anos.

Numa comparação rápida no portal da transparência do governo federal pode-se constatar a disparidade salarial existente entre o Ministério da Defesa e outros órgãos de segurança pública do País, sejam eles estaduais ou federais.

Assistimos, nos últimos meses que antecederam a Copa, ao emprego do Exército e da Marinha no estado do Rio de Janeiro, em Salvador e em Pernambuco, em missões que caberiam, à luz da Constituição Federal, a outros órgãos de segurança pública.

O emprego das Forças Armadas no combate ao tráfico de drogas deveria se restringir a vigilância de nossa extensa faixa de fronteiras; entretanto, essas tropas federais vêm sendo constantemente utilizadas em ações de apoio às operações policiais contra o crime organizado e o tráfico de drogas no meio urbano, missão que foge a sua especificidade operacional e constitucional, haja vista que são ações de natureza policial.

Não obstante ao fato de que, na estrita Garantia da Lei e da Ordem, podem as Forças Armadas ser empregadas após o pedido dos governadores à Presidência da República, o fato é que em muitos desses casos essa missão caberia à Força de Segurança Nacional, criada justamente com essa finalidade. Essa força especializada composta por policiais civis e militares, por peritos criminais e por bombeiros militares das diversas unidades da federação trabalha atrelada à Secretaria de Segurança Pública do Ministério da Justiça.

Além dessas missões de intervenção direta no combate à criminalidade, as Forças Armadas atuam nos lugares mais longínquos do País não só na missão de segurança das fronteiras nacionais, mas, sobretudo, na estabilidade social daquelas localidades. Seu emprego vai desde a construção/reconstrução e manutenção das vias de acesso (estradas e pontes), passando pela assistência médica/odontológica às populações locais, até ao apoio à educação básica.

Desnecessário se faz, nesse pequeno artigo, ressaltar o importante papel das Forças Armadas na missão de paz no Haiti, que já dura mais de uma década e que já custou a vida de dezenas de militares brasileiros.

Dessa forma, é imprescindível que a defasagem salarial das Forças Armadas entre nos debates dessa campanha presidencial, haja vista que aquela instituição está diretamente envolvida nas questões inerentes à segurança pública, em que, historicamente, assistimos, por ocasião das diversas greves das Polícias Militares Estaduais, à imediata e pronta intervenção das Forças Armadas na garantia da segurança pública em diversos estados.

A questão crucial é que as Forças Armadas são impedidas, por dispositivo legal, de fazer greve e reivindicar seus direitos. Esse fato as deixam numa situação paradoxal, pois, enquanto as forças auxiliares exercem seu justo direito de lutar por suas demandas mais prementes, os militares das Forças Armadas veem, silenciosamente, seus salários e seus direitos sendo usurpados significativamente.

De todas as instituições imbuídas constitucionalmente de garantir a paz social e a segurança pública, as Forças Armadas são as mais defasadas, seja em termos de progressão na carreira, seja na questão de moradia ou em questões salariais.

A Medida Provisória nº 2.215-10, de 31 de agosto de 2001, que trata da remuneração dos militares das Forças Armadas e que suprimiu diversos direitos da categoria, tramita no Congresso Nacional há mais de uma década, demonstrando o total descaso pela categoria. “Ou se revoga toda a MP, com os efeitos maléficos que eles trouxeram, ou então se discute as emendas que apresentamos.

Do jeito que está não podemos mais ficar. É preciso que o Executivo entenda que precisa remunerar os militares dignamente”, defendeu Ivone Luzardo, presidente da União Nacional das Esposas dos Militares e Pensionistas, Unemfa, durante reunião entre o presidente do Senado, Renan Calheiros, e dezenas de representantes de associações dos mais diversos setores da Marinha, Exército e Aeronáutica, ocorrida em 13 de maio deste ano. De acordo com os representantes dos militares, mais de oito milhões de pessoas dependem da votação da MP 2215/2001.

Para uma instituição que figura em segundo lugar no quesito credibilidade e confiança da população brasileira, sua situação salarial está longe de corresponder a tamanho grau de responsabilidade e prestígio.
Sociólogo e mestre em História Jefferson Gomes Nogueira
http://www.tribunams.com.br/municipios/campo-grande/jefferson-gomes-nogueira-a-precarizacao-salarial-das-forcas-armadas-brasileira

COMO É BOM TER UMA FOTO PARA RECORDAR DOS AMIGOS NO FUTURO


NOITE DE FESTA NA POSSE DA NOVA DIRETORIA DA REAL GRANDEZA

Na última 5ª feira, no salão social do Esporte Clube São Carlos, no bairro JK, foi realizado um jantar dançante para a posse da nova diretoria da Escola de Samba Real Grandeza, biênio 2014/2016.

Por decisão interna da escola optou-se por uma junta governativa e não uma diretoria executiva. E para comandar esta junta foi escolhido o vice-presidente da diretoria anterior, Toninho Cunha, que já atua na direção da Real Grandeza há mais de 20 anos.

Toninho convidou vários amigos e componentes da Real Grandeza para ombrear com ele neste desafio. Falamos em desafio, pois a responsabilidade desta junta não é apenas desenvolver a escola para o carnaval 2015, mas também reabrir a sua quadra de ensaios interditada no ano de 2013 por não ter o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, situação em que se encontram outras agremiações carnavalescas de Juiz de Fora.

O chamado foi correspondido.

O salão social do Esporte Clube São Carlos ficou pequeno para receber a todos que foram abraçar e apoiar a nova direção da Real Grandeza.

O jornalista Fernando Luiz "Baleia" Baldioti, responsável pelo cerimonial do evento, chamou um a um para a frente do palco para que o presidente do Conselho Deliberativo da Real Grandeza, Eduardo Carlos Pereira, desse posse a todos.

Visivelmente emocionado Toninho Cunha fez uso da palavra para agradecer a presença de todos e agradecer, também, a confiança nele depositada para comandar a escola de samba da Av. Sete de Setembro.

Toninho Cunha fez questão de agradecer ao presidente do Esporte Clube São Carlos, José Maria Veloso, e ao ex-diretor, Luiz Eduardo Schmitz pela gentileza de ceder o salão social do clube para a solenidade de posse.

O toque musical da noite ficou a cargo do cantor Edmar e o serviço de buffet de Henrique Palhares.

Todos se divertiram saboreando uma excelente música e um excelente jantar.

Quero aqui ressaltar que este editor foi convidado pelo presidente Toninho Cunha para assumir uma das diretorias da Real Grandeza, mas tive que declinar o convite, já que tenho compromisso pessoal com o amigo e vereador João do Joaninho na condução de seu mandato, mas me comprometi a estar presente em todos os momentos que for chamado.

Desejamos ao amigo Toninho Cunha e toda sua diretoria pleno sucesso na condução dos destinos de nossa querida Real Grandeza.

"ESCOLA DE SAMBA REAL GRANDEZA, NEM MELHOR, NEM PIOR, APENAS UMA ESCOLA DIFERENTE" 

As fotos dão o registro.













Avião cai e pega fogo durante decolagem em Curitiba


Um avião comercial de pequeno porte caiu na esquina da Rua Nicarágua com a Álvaro Botelho, em Curitiba, na tarde deste sábado (30), ao lado do Aeroporto Bacacheri

Segundo informações da Força Aérea Brasileira (FAB), o monomotor Cessna 177 Cardinal apresentou um problema mecânico e, logo depois de decolar, tentou fazer um pouso de emergência, mas não conseguiu.

“Nós ainda não sabemos a origem do problema, apenas que o piloto não entrou em contato com a torre para informar o que estava acontecendo, provavelmente porque acreditou que poderia realizar o pouso. E foi tudo muito rápido”, explicou o tenente-coronel  Santos, da FAB, em entrevista à Banda B. Segundo testemunhas, o monomotor, que seguia para Londrina, foi caindo aos poucos e chegou a atingir uma árvore, um carro e um poste antes de cair. Ao bater em uma casa, com o impacto, acabou explodindo. As moradoras da residência não ficaram feridas.

De acordo com o plano de voo do Cessna, quatro pessoas estariam na aeronave. O piloto e o auxiliar morreram, enquanto um passageiro foi encaminhado de helicóptero para o Hospital Evangélico (HE) em estado gravíssimo. Ele não resistiu aos ferimentos e entrou em óbito após ser socorrido. Um pedestre que passava pela rua no momento da queda foi atingido por destroços do avião. Ele sofreu apenas machucados leves e também foi levado para o HE. A FAB investiga, agora, se o último passageiro, ainda desaparecido, estava no monomotor ou não teria embarcado.

A Rua Nicarágua,  a Álvaro Botelho e a Erasto Gaertner estão bloqueadas. O Corpo de Bombeiros está trabalhando para apagar o rescaldo do incêndio provocado pela explosão, junto com a polícias Federal (PF) e Rodoviária Federal (PRF).

http://www.bandab.com.br/jornalismo/aviao-cai-e-pega-fogo-durante-pouso-bacacheri-duas-mortes-sao-confirmadas/

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Salário mínimo previsto para 2015 será de R$ 788,06, diz ministra

Priscilla Mendes Do G1, em Brasília


A ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, anunciou nesta quinta-feira (28) que o Projeto de Lei Orçamentária (Ploa) elaborado pelo governo prevê salário mínimo de R$ 788,06 a partir de 1º de janeiro de 2015. O valor representa um reajuste de 8,8% em relação aos atuais R$ 724,00.

Segundo a assessoria da ministra, o impacto do aumento do salário mínimo nas contas públicas, com o pagamento de benefícios, será de R$ 22 bilhões em 2015.


Belchior fez o anúncio após entregar o projeto da Lei Orçamentária ao presidente do Senado, Renan Calheiros. Depois de ser entregue ao Congresso, o projeto passa pela análise da Câmara e do Senado e pode sofrer alterações antes de ser aprovado.

O valor do salário mínimo é calculado com base no percentual de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do ano retrasado mais a reposição da inflação do ano anterior pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

“O salário mínimo previsto no Orçamento para 2015, a partir de janeiro de 2015, será de R$ 788,06. É a regra que está estabelecida de valorização do salário mínimo”, disse a ministra ao deixar o gabinete do presidente do Senado.

A ministra disse que as “grandes prioridades” do projeto são as áreas de saúde, educação, combate à pobreza e infraestrutura. O prazo para que o Executivo envie sua previsão de como vai arrecadar e gastar os recursos públicos termina sempre no dia 31 de agosto, conforme determina a lei.

Belchior pediu a Calheiros uma “análise rápida” da proposta de modo que seja aprovada até o final do ano, prazo que não precisa ser cumprido obrigatoriamente pelo Congresso. Ainda assim, o presidente do Senado disse que o pedido da ministra poderá ser atendido.

“Coloquei toda a equipe do ministério do planejamento a disposição do Congresso Nacional para os esclarecimentos necessários para que o Congresso possa fazer uma análise rápida do orçamento e poder votá-lo até o final do ano, prazo com o qual o presidente do Senado confirmou que é possível fazer”, declarou Miriam Belchior.

Outros detalhes sobre a proposta orçamentária, segundo Belchior, serão dados durante coletiva de imprensa no Ministério do Planejamento em seguida.

http://g1.globo.com/economia/noticia/2014/08/salario-minimo-previsto-para-2015-sera-de-r-78806-diz-ministra.html

Nota do editor: E quanto será o aumento para os aposentados que recebem acima do mínimo? Isso eles não estão preocupados. Eleitor aposentado e seus familiares, pensem bem em quem dar seu voto nestas eleições...

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

GEN BRITO TEM PROGRAMA DE RÁDIO SEMANAL NO COMPLEXO DA MARÉ


Na rádio, o som de Aviões do Forró e Ivete Sangalo. O locutor anuncia que, em instantes, haverá “o pronunciamento do Excelentíssimo general Brito, da Força Pacificadora da Maré”. Às 10h35m, o radialista Wladimir Aguiar, de 55 anos, cuja família combateu a ditadura e que é diretor-presidente da rádio comunitária Maré FM e coordenador e apresentador do programa “Bom dia, Maré”, introduz o convidado, que ocupa uma das cadeiras do programa todas as quartas-feiras, das 10h ao meio-dia.

O militar está lá para que os moradores da comunidade possam esclarecer dúvidas, fazer reclamações e elogios. Segundo o Exército, esta é a primeira vez que uma instituição federal tem um canal direto para ouvir a população do Complexo da Maré.

A cada transmissão, um tema diferente. Na semana passada, o assunto foram as abordagens a menores que, por recomendação do Ministério Público, devem ser filmadas.

Uma das moradoras, que preferiu não se identificar, reclamou no programa de estar voltando da igreja, às 22h, com a filha de 15 anos e uma vizinha, e cruzar com militares com o fuzil apontado para a frente. “Quero saber se é a maneira correta de andar na rua”, perguntou.

O general Brito, comandante da Força de Pacificação Maré, criticou a ação dos soldados, mas disse que “temos que sempre considerar que a nossa tropa vem recebendo tiros em algumas horas”.

Ao conversar com outro ouvinte, o militar cantou um trecho da Canção do Expedicionário.

— Com a iniciativa, o objetivo é oferecer um contato rápido, direto e dinâmico com os 140 mil moradores do Complexo, uma espécie de canal de denúncia. Sem a rádio comunitária, podemos concluir que dificilmente alcançaríamos o que buscávamos — explica o general Brito.

Parte do Complexo da Maré, visto de cima
Parte do Complexo da Maré, visto de cima Foto: Custódio Coimbra / O Globo
Sobre dividir um programa de rádio ao lado de um general, o radialista Wladimir Aguiar ressalta a importância do contato da comunidade com o Exército:

— O general é quase inacessível para o cidadão comum. É o posto mais alto do Exército, abaixo apenas do ministro. É um canal aberto com o qual pode-se falar com ele na hora.

O general também aprova a aproximação:

— A chegada da Força de Pacificação ainda é muito recente. Contudo, são claros a aproximação e o interesse da comunidade, com boas participações dos ouvintes.

Às 11h42m, o programa encerra e toca a música “Do seu lado”, na versão dos mineiros do Jota Quest.

Militares e esquerda pela comunidade

O curioso no programa, no entanto, é que a apresentação é feita por Wladimir Aguiar, de uma família de esquerda, que combateu a ditadura, e um general.

— Meu pai escondia livros de esquerda embaixo da cama. Não é a toa que meu nome é Wladimir — fala em referência a Vladimir Herzog, morto nos anos de repressão.

É por isso que, ao ver um carro da Força Pacificadora em frente ao estúdio, em abril, ele se assustou.

— Pensamos logo na possibilidade de quererem averiguar algo. Quando chegamos até eles, havia um relações públicas do Exército vindo de Brasília com um ofício na mão, solicitando um espaço na rádio para divulgar o trabalho que iriam fazer na Maré — conta Wladimir.

Carlos Minc, coordenador do Fórum de Defesa das Rádios Comunitárias, se diverte com a história:

— O Wladimir Aguiar contou a história (do susto ao ver o carro) numa audiência pública e todo mundo achou graça, porque ele era da antiga esquerda e, no final, o general queria dividir um programa. 

http://extra.globo.com/noticias/rio/radialista-cuja-familia-combateu-ditadura-oficial-do-exercito-dividem-programa-em-radio-da-mare-13740253.html#ixzz3BcMZBvhR

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Veja intenção de voto para presidente em SP, RJ, PE, MG e DF, segundo o Ibope

Pesquisas Ibope realizadas no Distrito Federal, em Minas Gerais, em Pernambuco, no Rio de Janeiro e em São Paulo encomendadas pela TV Globo mostram como está a corrida à Presidência da República nos estados. O nível de confiança de todas as pesquisas, feitas entre os dias 23 e 25 de agosto, é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. As margens de erro variam de pesquisa para pesquisa. Confira os números:

Média nacional
Dilma Rousseff (PT) - 34%
Marina Silva (PSB) - 29%
Aécio Neves (PSDB) - 19%
Luciana Genro (PSOL) - 1%
Pastor Everaldo (PSC) - 1%
Outros com menos de 1% - 1%
Branco/nulo - 7%
Não sabe/não respondeu - 8%
Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou menos

O Ibope ouviu 2.506 eleitores em 175 municípios do país. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00428/2014. Ela foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S.Paulo". Leia mais


São PauloMarina Silva (PSB) - 35%
Dilma Rousseff (PT) - 23%
Aécio Neves (PSDB) - 19%
Pastor Everaldo (PSC) - 2%
Eduardo Jorge (PV) - 1%
Outros com menos de 1% - 2%
Branco/nulo - 9%
Não sabe/não respondeu - 10%


Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos

O Ibope ouviu 1.512 eleitores em 79 municípios de SP. A pesquisa está registrada no TRE-SP sob o número 00017/2014 e no TSE sob o número 00419/2014.

Rio de Janeiro
Dilma Rousseff (PT) - 38%
Marina Silva (PSB) - 30%
Aécio Neves (PSDB) - 11%
Luciana Genro (PSOL) - 1%
Pastor Everaldo (PSC) - 1%
Outros com menos de 1% - 1%
Branco/nulo - 12%
Não sabe/não respondeu - 5%


Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos

O Ibope ouviu 1.204 eleitores em 38 municípios do RJ. A pesquisa está registrada no TRE-RJ sob o número 00022/2014 e no TSE sob o número 00418/2014.

Minas Gerais
Aécio Neves (PSDB) - 34%
Dilma Rousseff (PT) - 31%
Marina Silva (PSB) - 20%
Pastor Everaldo (PSC) - 1%
Outros com menos de 1% - 1%
Branco/nulo - 7%
Não sabe/não respondeu - 6%


Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos

O Ibope ouviu 1.806 eleitores em 103 municípios de MG. A pesquisa está registrada no TRE-MG sob o número 00069/2014 e no TSE sob o número 00423/2014.

Pernambuco
Marina Silva (PSB) - 41%
Dilma Rousseff (PT) - 37%
Aécio Neves (PSDB) - 3%
Pastor Everaldo (PSC) - 1%
Outros com menos de 1% - 2%
Branco/nulo - 7%
Não sabe/não respondeu - 11%


Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos

O Ibope ouviu 1.512 eleitores em 69 municípios de PE. A pesquisa está registrada no TRE-PE sob o número 00019/2014 e no TSE sob o número 00424/2014.

Distrito Federal
Marina Silva (PSB) - 35%
Dilma Rousseff (PT) - 20%
Aécio Neves (PSDB) - 18%
Pastor Everaldo (PSC) - 2%
Luciana Genro (PSOL) - 1%
Outros com menos de 1% - 1%
Branco/nulo - 4%
Não sabe/não respondeu - 19%


Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos

O Ibope ouviu 1.204 eleitores. A pesquisa está registrada no TRE-DF sob o número 00034/2014 e no TSE sob o número 00425/2014.

http://g1.globo.com/politica/eleicoes/2014/blog/eleicao-em-numeros/post/veja-intencao-de-voto-para-presidente-em-sp-rj-pe-mg-e-df-segundo-o-ibope.html

MINHA DESPEDIDA DO ESPORTE CLUBE SÃO CARLOS


Que expressar aqui meus agradecimentos ao presidente José Maria Veloso e diretores pela confiança a mim depositada desde 1998 para fazer parte da história do São Carlos.

Aos amigos que durante todos estes anos que me apoiaram em eventos aos quais coordenei no clube, eventos estes, que levaram a imagem de nosso clube para todos os cantos de nossa querida Juiz de Fora e região.

Mas tudo na vida tem um fim e minha etapa no São Carlos já foi cumprida, deixo o meu lugar para que outro com novas ideias o assuma e, talvez, consiga agradar àqueles que eu não consegui, apesar de ter tentado.

Deixo aqui registrado agradecimentos especiais aos amigos Tarcísio Delgado, José Sóter de Figueirôa, Basileu Tavares, Ivete Gomes, Marco Saçço, Poliana Sá, Caca Salermo, Cesar Romero, Sidney Vieira, Zé Alcides, Antonio Henrique Barbosa Palhares, João do Joaninho, Lucinha Almeida, Michael Guedes, entre outros que na história mais recente me apoiaram em vários eventos.

Fecho com chave de ouro minha participação com os eventos realizados por ocasião do aniversário de 64 anos do clube.

Continuo como amigo e frequentador do clube, estarei sempre presente sempre que for chamado a ajudar, mas não mais com a mesma frequência de antes.

Minha decisão tem caráter irreversível, pois foi tomada de forma pensada e avaliada. Nada dura para sempre e nós temos que ter o discernimento que nossa hora passou.

Mais uma vez obrigado presidente José Maria Veloso, não tenho palavras para agradecer ao amigo que sempre depositou extrema confiança na minha pessoa e em minhas ações.

Que Deus abençoe a todos que ficam a frente dos destinos do nosso Esporte Clube São Carlos.

Luiz Eduardo da Silva Schmitz

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

ESPORTE CLUBE SÃO CARLOS FAZ HOMENAGEM AO COLUNISTA CACA SALERMO


No baile de aniversário do Esporte Clube São Carlos, no último dia 16 de agosto, o colunista social Caca Salermo recebeu uma homenagem da diretoria do clube pela passagem de seu aniversário que ocorreria no dia 18 de agosto.


Foi entregue ao colunista uma mensagem assinada pela diretoria do Esporte Clube São Carlos, os presentes cantaram o "Parabéns a você..." e fogos de artifícios presenteados pelos amigo dos Fogos Nicolino "in door" foram acionado no palco


Caca muito emocionado agradeceu a surpresa dizendo que foi um momento muito especial em sua vida.





Esta foi a mensagem entregue ao amigo Caca Salermo:



Que Deus te proteja hoje e sempre.

Deus com seu infinito poder está em toda parte, ao seu redor e dentro de você. 

Por ser o seu aniversário um dia tão especial, queremos de todo o coração te dizer o quanto os sonhos são importantes.

Jamais perca a sua fé em todas as coisas maravilhosas que podem te acontecer. 

Tenha tempo para sonhar e para olhar a vida como uma grande aventura a ser vivida.

Não tenha certeza das coisas que te rodeiam, pois a alegria está em continuar lutando e conquistando. 

Nunca renuncie a um sonho, mesmo que ele te pareça impossível, pois quando os sonhos morrem, eles apodrecem dentro da gente e começam a enfestar tudo o que nos rodeia e de mansinho vão tomando conta dentro de nós o desanimo, a derrota e a sensação de inutilidade.

Plante em seu coração a sementeira do amor, pois assim ampliarás os seus dias de alegria. 

Que o Senhor ilumine os seus caminhos levando a tristeza sempre pra longe, bem longe de você, enchendo seu coração com a divina fé e arrancando qualquer sentimento de orgulho, presunção ou egoísmo.

Continue a ser essa pessoa bacana que você é, pois a beleza interior é a que realmente conta diante de nosso Pai Celestial.

O seu coração estará  onde estiver  a sua alegria de viver. 

Parabéns pela data importante que marca a sua entrada no mundo,

Feliz Aniversário!

Seus amigos e amigas da família São Carlos

18 de agosto de 2014.

Mamão alega plágio de música de Criolo

22 de Agosto de 2014 - 20:40


Sambista juiz-forano classifica como "escandalosa" semelhança entre "Tristeza pé no chão", que compôs em 1972, e "Linha de Frente", do MC paulista Criolo

Por Tribuna



A semelhança entre as músicas "Tristeza pé no chão", do compositor juiz-forano Armando Fernandes Aguiar, o Mamão, e "Linha de Frente", do MC Criolo, está no centro de uma polêmica, após reportagem da revista Billboard. Gravadas com uma diferença temporal de quase 40 anos, as canções chamam a atenção pela semelhança na melodia, principalmente na primeira estrofe da gravação mais recente (veja abaixo as duas músicas). À Tribuna, Mamão classificou o suposto plágio de "escandaloso". "Não tem como dizer que é coincidência". Prestes a completar 76 anos no próximo domingo (24), o compositor juiz-forano, no entanto, não sabe ainda o que fazer. "Tomei conhecimento disso há dois ou três meses, quando ele veio fazer um show aqui em Juiz de Fora, e algumas pessoas me alertaram para a semelhança."
Paciente, Mamão aguarda a repercussão do caso na mídia. "Acredito que com toda a imprensa sendo mobilizada, a EMI (editora de "Tristeza pé no chão") deve tomar alguma providência, pois cabe à editora autorizar regravações e tomar conta dessa parte jurídica." A Tribuna entrou em contato com a produção de Criolo e aguarda posicionamento do cantor e compositor.
"Tristeza pé no chão" foi composta por Mamão para disputar o V Festival de Música Popular Brasileira de Juiz de Fora, em 1972, do qual saiu vencedora. Além de ser eternizada na voz de Clara Nunes, a canção foi gravada ainda por Alcione, Zeca Baleiro e mais de 40 cantores, no Brasil e no exterior.
Já "Linha de frente" foi composta por Criolo e gravada no álbum "Nó na orelha", em 2011. Desde o lançamento, o CD ganhou mais de 12 prêmios.


http://www.tribunademinas.com.br/cultura/mam-o-alega-plagio-de-musica-de-criolo-1.1493161

25 DE AGOSTO - DIA DO SOLDADO



TORNEIO DE FUTEBOL DE MESA NO ESPORTE CLUBE SÃO CARLOS

Os amigos Sidney e seu filho Rondinely Vieira organizaram no último domingo mais uma edição do torneio de Futebol de Mesa José Maria Veloso dentro das comemorações os 64 anos de fundação do Esporte Clube São Carlos.

O torneio foi realizado no salão social do Esporte Clube São Carlos no domingo 24 de agosto.


Resultado Final: Torneio José Maria Veloso - Troféu : Durval Ferreira Barreto

64 anos - Esporte Clube São Carlos 

Campeão : Luiz Henrique. (Tupi)

Vice : Rondinely (A.Portuguesa/ Futrica)

Terceiro: George (Tupi)

Quarto : Hélio ((Tupi)










Fotos: Sidney Vieira

ESPORTE CLUBE SÃO CARLOS ENCERROU FESTIVIDADES NO ÚLTIMO DOMINGO



O Esporte Clube São Carlos encerrou no último domingo, 24 de agosto, em sua praça de esportes, suas comemorações de 64 anos de fundação.

O evento deu início às 6h30 em uma alvorada festiva com uma bateria de fogos de artifícios presenteados pelos amigos Marco Saçço e Poliana Sá, proprietários dos Fogos Nicolino. 

Os amigos José Maria Veloso, Francisco Júlio de Souza e este colunista chegaram a praça de esportes do clube às 6h para montagem do local das festividades e para alvorada que tem como objetivo avisar a comunidade que a grande festa de encerramento já está começando. Pontualmente às 7h teve inicio a primeira partida do grande festival esportivo.

O Esporte Clube São Carlos foi passagem obrigatória dos amantes do futebol amador de nossa querida Juiz de Fora. Por lá circularam durante todos os dias personalidades do mundo esportivo, políticos, imprensa e amigos sancarlinos.

A partida mais esperada foi realizada à 10h entre os veteranos do Esporte Clube São Carlos e o time do ex-prefeito e candidato ao governo de Minas Gerais , Tarcísio Delgado. Tendo como placar final a vitória por 1x0 para o time de Tarcísio.

 Veteranos do Esporte Clube São Carlos e Amigos de Tarcísio Delgado

 Ponta pé inicial pelos amigos deputado federal Júlio Delgado e seu pai Tarcísio Delgado.


As 12h deu início as homenagens a diversas personalidades que ajudam e ajudaram a construir a gloriosa história do clube alvianil do bairro JK.

 Beth Ank, representando o Sindiclubes, recebendo homenagem do diretor Júlio David Júnior.

 Vereador João do Joaninho representando a Câmara Municipal de Juiz de Fora, recebendo homenagem do diretor Jorge Aleixo.


 Tarcísio Delgado recebendo homenagem das mãos do padre José Custódio


 Secretário de Governo, José Sóter de Figueirôa Neto, representando a PJF, recebendo homenagem das mãos do padre José Custódio.

 Dr. Carlos Adolpho de Carvalho Pereira recebendo homenagem das mãos do ex-presidente Durval

 Padre José Custódio recebendo homenagem das mão dos diretor João Dias Ferreira.




As 16h foi disputada a última partida de futebol e às 17h troféus foram entregues aos times vencedores do dia.

Mais fotos.










O presidente do Esporte Clube São Carlos, José Maria Veloso, e sua diretoria agradecem as presenças, esperando poder contar com todos no ano de 2015 para as comemorações de 65 anos de fundação.

ESPORTE CLUBE SÃO CARLOS, DE BRAÇOS ABERTOS PARA A COMUNIDADE.