sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Funalfa anuncia finalistas de Concurso de Marchinhas 2015


A Fundação Cultural Alfredo Ferreira Lage (Funalfa) divulgou as 12 músicas finalistas do 5º Concurso de Marchinhas de Juiz de Fora. Participaram da seleção 41 músicas de compositores da cidade, de Cataguases e de São João Nepomuceno. O evento integra a programação do carnaval na cidade e homenageia o sambista Nilton Santos, o “Mestre Cocada”.

Foram selecionadas as músicas "Ilusão do carnaval", "Fantasiado de Peru", "Boteco do Joaquim", "Amor no facebook", "Guaraná com Rolha", "Revival de Carnaval", "Tô no Jeito", "É o Salário", "Doce Mentira", "Uma marchinha de nada", "Eva e Adão no Paraíso" e "Bacharel do cavaquinho".
As doze finalistas serão apresentadas ao vivo para o público e para o corpo de jurados no dia 1º de fevereiro, a partir das 19h, na Avenida Barão do Rio Branco, 3480, no Centro. Os ingressos custam R$ 10 e a venda começa na próxima segunda-feira (19), em horário comercial, no prédio da Funalfa, na Avenida Rio Branco, 2.234, no Parque Halfeld, no Centro.
O concurso irá distribuir R$ 4.100 em prêmios. O primeiro colocado recebe R$ 1.500 e o segundo, R$ 1 mil. Já o terceiro colocado e o melhor intérprete receberão R$ 800 cada.
Veja a lista completa das finalistas (por ordem alfabética):
- Amor no Facebook. Autor: Ricardo Barroso (Juiz de Fora).
- Bacharel do Cavaquinho. Autores: Arthur Bastos, Vinicius Faria, Cássio Bastos e Ana Paula Guerra (Juiz de Fora).
- Boteco do Joaquim. Autores: Messias da Rocha e Paulo Canário (Juiz de Fora).
- Doce Mentira. Autora: Nely Gonçalves (São João Nepomuceno).
- É o Salário. Autor: Ivaldo Filho (Cataguases).
- Fantasiado de Peru. Autores: Sergio Luiz Araujo das Neves, Jerônimo da Silva, Carlos Alberto Araujo das Neves e Nilson Antonio de Lima (Juiz de Fora).
- Guaraná com Rolha. Autor: Bruno Nogueira (Juiz de Fora).
- Eva e Adão no Paraíso. Autor: Thiago Miranda (Juiz de Fora).
- Ilusão do Carnaval. Autor: Toinho Gomes (Juiz de Fora).
- Revival de Carnaval. Autor: Gabriel Elias Campos (Juiz de Fora).
- Tô no Jeito. Autores: Daniel Goulart e Edson Leão (Juiz de Fora).
- Uma Marchinha de Nada. Autores: Adriano Brandão de Oliveira e Juan Felipe Souza Oliveira (Juiz de Fora).
http://g1.globo.com/mg/zona-da-mata/carnaval/2015/noticia/2015/01/fundacao-de-juiz-de-fora-anuncia-finalistas-de-concurso-de-marchinhas.html

MAIS UM HOMICÍDIO EM JUIZ DE FORA

Homem é encontrado morto em via pública no bairro JK


Um homem, cuja idade não foi divulgada, foi encontrado morto, no Bairro JK, na Região Sudeste da cidade, no final da tarde desta quinta-feira (15). De acordo com informações da Polícia Militar, um transeunte passava pela Rua José Rocha de Souza, em frente número 10, quando encontrou o corpo do homem na via. 

Segundo denúncias à PM, a vítima teria sido atingida por disparos de arma de fogo efetuados por dois suspeitos que estavam em uma moto. Após o crime, a dupla teria fugido em direção ao Bairro Bosque dos Pinheiros. A perícia foi acionada, e militares realizavam rastreamento na área.

http://www.tribunademinas.com.br/homem-e-encontrado-morto-em-via-publica/


quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

PROGRAMAÇÃO DO CARNAVAL DE BLOCOS EM JUIZ DE FORA - PARA AGENDAR



DUAS PAIXÕES BRASILEIRAS - CHURRASCO E GAMBIARRA

Foto via Facebook

Câmara de Juiz de Fora quer criar 28 cargos comissionados

Por Renato Salles

Como já havia sido anunciado pelo presidente da Câmara, o vereador Rodrigo Mattos (PSDB), a nova Mesa Diretora da Casa, empossada no último dia 5, apresentou um projeto que revê estrutura organizacional do Legislativo municipal. O projeto de lei tramita desde a última segunda-feira e já constou na ordem do dia de ontem, quando sua apreciação acabou adiada por pedido de vista de Roberto Cupolillo (Betão, PT), devendo retornar à pauta na reunião ordinária de amanhã. As principais mudanças sugeridas dizem respeito à extinção do cargo de diretor-geral, com a criação da cadeira de diretor legislativo, que passa a ser equiparado às de diretor jurídico e administrativo já existentes. Ainda serão criados outros 27 novos postos em comissão, que têm por características ser de livre nomeação e exoneração, sem a necessidade de processo seletivo para seus preenchimentos.
Além da criação de 28 cargos comissionados, os vencimentos dos ocupantes das cadeiras de diretor jurídico e administrativo – que, hoje, recebem respectivamente R$ 9.180 e R$ 7.244,66 – serão aumentados para R$ 12.700, mesmo subsídio que deve ser pago à função de diretor legislativo. Assim, mesmo com a economia feita com a extinção da cadeira de diretor-geral – que, atualmente, possui vencimento de R$ 14.796 – a folha salarial da Câmara pode ser acrescida em pouco mais de R$ 85 mil mensais, caso o projeto seja aprovado.
Boa parte dos novos cargos que podem ser criados diz respeito ao funcionamento da TV Câmara, inaugurada em novembro do ano passado, e serviços na área de comunicação. Para estes setores, poderão ser contratado três assessores de imprensa (com salários de R$ 4.617.78); dois assessores de suporte (um de áudio e outro de imagem, com vencimentos de R$ 2.808); dois chefes de assessoria (um de imprensa e um de cerimonial e eventos, com subsídios de R$ 4.900); e um de assessor de operações técnicas de TV, que deverá receber R$ 3.780.
Para atuar no atendimento à população, também serão criados nove cargos para agente legislativo II e seis para agente legislativo I (salários de R$ 1.508,29 e R$ 1.102,06, respectivamente); além de dois para assessores técnicos (com vencimento de R$ 5.277,66). Nos cargos de direção, a proposta prevê ainda a instituição das cadeiras de diretor jurídico adjunto e de diretor administrativo adjunto, que receberão subsídios de R$ 7.245.
Engenharia e mediação
De acordo com o presidente da atual Mesa Diretora, as mudanças e os novos cargos têm por objetivo incrementar os serviços prestados atualmente pelo Legislativo à população, como a emissão de carteiras de identidade e de trabalho e de defesa do consumidor, além de potencializar os trabalhos da TV Câmara. “Estamos fazendo adequações necessárias para executar o planejamento que temos para os próximos dois anos, quando prevemos a disponibilização de novos serviços. O impacto financeiro não será grande, já que, só em 2014, tivemos uma sobra orçamentária de cerca de R$ 4 milhões, que foram devolvidos ao Executivo”, afirma Rodrigo.
Entre os novos serviços previstos, já para abril, estão o de Engenharia Pública e o Polo de Mediação Extrajudicial. O primeiro conta com convênio firmado com a Faculdade Doctum e prevê a elaboração de plantas para a regularização de imóveis para famílias vulneráveis socialmente. O segundo, por meio de uma equipe multidisciplinar, vai intervir em conflitos entre familiares e vizinhos. A expectativa é melhorar o relacionamento entre os vários segmentos da sociedade e reduzir a demanda no Judiciário.
http://www.tribunademinas.com.br/camara-quer-criar-28-cargos-comissionados/

PJF- Salários atrasados na UniHealth

Depois dos problemas envolvendo seis empresas que prestam serviços à Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), que sofrem com o atraso nos repasses e, por sua vez, encontram dificuldades em pagar seus funcionários, mais um caso chegou à Tribuna ontem. O problema envolve a UniHealth Logística Hospitalar, empresa terceirizada que cuida da gestão dos medicamentos distribuídos pelo SUS na cidade.
Uma funcionária da empresa lotada na farmácia do HPS, que preferiu não ser identificada, disse que cerca de cem colaboradores não receberam o salário em janeiro, apenas o repasse de vale-transporte e tíquete-alimentação. Segundo ela, há informações de que os repasses da Prefeitura à prestadora estariam quatro meses atrasados.
Procurada, a UniHealth, por meio de sua assessoria, explicou que, durante a atualização do sistema de processamento interno da folha de pagamentos, este não reconheceu alguns dados que geraram o atraso pontual de colaboradores, em especial do setor de farmácia do HPS. A empresa não informou se possui créditos a receber da PJF e garantiu que a regularização dos pagamentos está agendada para hoje. Já a assessoria da Secretaria de Saúde comunicou, por meio de nota, que aguarda a abertura do exercício financeiro de 2015, agendado para a próxima semana, para dar início à execução do pagamento do débito em questão.
http://www.tribunademinas.com.br/salarios-atrasados-na-unihealth/

Terceirizados fazem novo protesto no campus da UFJF

Atualizada às 13h16
Funcionários da Terceiriza, prestadora de serviço da UFJF, voltaram a protestar na manhã desta quarta-feira (14) no Campus da universidade. Eles se reuniram próximo ao Diretório Central dos Estudantes (DCE), fechando o trânsito com cones e outros materiais de plástico por aproximadamente 20 minutos, pouco depois das 10h.
Com gritos de ordem, o grupo se dirigiu para o prédio da reitoria. Houve um princípio de tumulto no portão de entrada do local e bate-boca com os seguranças. Os manifestantes foram recebidos pelo pró-reitor de Planjemento, Orçamento e Gestão, Paulo Nepomuceno, e pelo secretário geral, Basileu Tavares.
Em seguida, representantes dos trabalhadores e da universidade fizeram uma reunião, na qual foram apresentados os recibos de depósito feitos pela UFJF à terceirizada. A partir do encontro, ficou acordado que os funcionários voltarão ao trabalho nesta quinta-feira. Na sexta-feira, às 10h, haverá uma reunião entre universidade e Terceiriza e, às 13h, entre a instituição de ensino e os trabalhadores.
A reivindicação refere-se ao pagamento do salário de dezembro, além de benefícios como tíquete alimentação e vale-transporte. Após o protesto de ontem, em nota, a universidade informou que o repasse do pagamento teria sido feito no último dia 7 à Terceiriza. Já a empresa informou que o atraso se deu junto aos colaboradores que recebem os investimentos no Banco do Brasil, e que o problema seria solucionado até esta quarta-feira.
No entanto, segundo o diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Asseio, Conservação e Limpeza Urbana (Sinteac), Sérgio Ribeiro, o salário ainda não estaria disponível na conta bancária de nenhum funcionário. Ao todo, seriam 188 trabalhadores afetados.
A Tribuna fez contato com a Terceiriza e foi informada de que o diretor de Recursos Humanos, Onofre Marçal, responsável pelo assunto, só estará na empresa no período da tarde.
Em nota, a UFJF confirmou a apresentação de documentos que comprovam o pagamento dos serviços prestados e a notificação enviada à empresa. De acordo com o texto, as ordens bancárias de R$ 158.364,64 e R$ 193.017,13, registradas sob os números 2015OB800149 e 2015OB800150, foram emitidas pela UFJF, no último dia 7 de janeiro, referentes às notas fiscais 2.536/14 e 2.537/14.
A instituição informou também que ainda foram entregues a representantes dos profissionais cópias da notificação 03/2015, de 13 de janeiro, da Coordenadoria de Contratos da UFJF, destinada à Terceiriza. O documento cita denúncias de irreguralidades no cumprimento de direitos trabalhistas por parte da empresa e intima a contratada a fazer o pagamento a seus funcionários imediatamente e a apresentar justificativa para o atraso no cumprimento da obrigação. A UFJF destaca que, em caso de não atendimento das obrigações contratuais, a empresa estará sujeita a sanções.
As reuniões de sexta também foram confirmadas, em caráter de máxima urgência.
http://www.tribunademinas.com.br/terceirizados-fazem-novo-protesto-no-campus-da-ufjf/

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

"PT se articula para evitar novos danos com desfiliação de Marta"

Em férias com a família desde o final do ano passado, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem mantido silêncio sobre as críticas feitas pela senadora Marta Suplicy (PT-SP) ao PT e ao governo Dilma Rousseff. No entanto, segundo aliados próximos do ex-presidente, Lula estaria disposto a atuar como articulador de uma saída de Marta do partido para evitar que a ex-prefeita e ex-ministra da Cultura provoque danos ainda maiores ao governo e ao PT.
Em outra frente, o partido escalou o presidente do diretório estadual de São Paulo, Emidio de Souza, para conduzir formalmente o diálogo com Marta. Emidio, que também está de férias, já procurou interlocutores de Marta para tentar uma aproximação, com aval do presidente nacional do PT, Rui Falcão.
De acordo com um colaborador de Lula, o motivo do incômodo não é o conteúdo da entrevista de Marta publicada domingo pelo Estado, mas a forma como a senadora expõe sua versão dos acontecimentos.
http://www.istoe.com.br/assuntos/semana/detalhe/400215_

LOGO DO CARNAVAL DE JUIZ DE FORA HOMENAGEÁ O EX-REI MOMO JÚLIO GUEDES.


A MAJESTADE DO CARNAVAL

A Funalfa já estava pronta para divulgar a logomarca elaborada para o Carnaval
2015 quando a cidade foi surpreendida com a notícia da morte de uma das figuras mais
emblemáticas da Folia de Juiz de Fora: Júlio Guedes. Visando fazer uma justa
homenagem a este ícone da história de nossa maior festa popular e funcionário
aposentado da Funalfa, optou-se por correr contra o tempo e elaborar uma nova logo
digna do louvor de nossa Majestade.


Intitulada “A Majestade do Carnaval”, a arte, criada pela designer Julia Möller
e pelo artista plástico Daniel Rodrigues, é um tributo ao eterno Rei Momo Júlio Guedes,
que por 12 anos, de 1993 a 2004, comandou nossa folia. Júlio se fixou simbólica e
definitivamente em nossa história, personalizando a figura do dono da Folia. Ao lado do
irmão gêmeo Carlos, ele enriqueceu a história do nosso carnaval. Conhecida como “Os
Irmãos Guedes”, a dupla, por muitos anos, desfilou como destaque nas principais
escolas de samba da cidade e no bloco caricato Domésticas de Luxo, além de sempre
marcar presença nas principais atividades do período festivo.


A Prefeitura de Juiz de Fora e a Funalfa desejam, por meio dessa merecida
reverência, lembrar o grande carnavalesco que alegrava as diversas manifestações do
carnaval de Juiz de Fora, independente de sua origem. Como um soberano exemplar e
sem igual, promovia a alegria com a chegada de sua corte, desde os mais simples e
humildes blocos até os charmosos bailes nos salões dos clubes tradicionais.


Júlio era, encarnado do espírito carnavalesco, a tradução do ditado “quem foi rei
nunca perde a majestade”. Talvez por isso, seja lembrado até hoje como o seu principal
personagem: nosso eterno e majestático Rei Momo, que nesse carnaval brilhará
simbolizado pela coroa real em todas as peças de divulgação dessa grande festa.


Salve, salve a MAJESTADE DO CARNAVAL!

FRANCISCO CANALLI DEIXA A SECRETARIA DE ESPORTES E VAI PARA A AGROPECUÁRIA

Por Paulo Cesar Magella

Francisco Canalli
O pastor Carlos Bonifácio (PRB), atual vice-presidente da Empav, vai assumir a Secretaria de Esportes. O martelo foi batido na manhã desta quarta-feira (14), depois de um encontro entre o prefeito Bruno Siqueira e o atual titular da pasta, radialista Francisco Canalli (PMDB). Segundo fontes, foi uma conversa tranquila, pois Canalli, diante do noticiário dos últimos dias, teria dito que entendia que a Prefeitura não poderia perder o link com o Governo Federal, que tem o pastor George Hilton (PRB) como ministro, e com a administração estadual, cujo secretário de Esporte, Carlos Henrique, também é filiado ao PRB e pastor da Igreja Universal.
Ele, no entanto, não perderá status. Será o novo secretário de Agropecuária, pasta até então ocupada interinamente por Édson Fontes. Como se trata de um período de férias, tanto Carlos Bonifácio quanto Francisco Canalli só devem tomar posse no início de fevereiro.
A mudança na secretaria de Esporte teve a sua gestação iniciada tão logo a presidente Dilma Rousseff, de forma surpreendente, nomeou o deputado reeleito George Hilton para a pasta do Esporte, sendo seguida pelo governador Fernando Pimentel, que também colocou na secretaria semelhante o deputado estadual Carlos Henrique – como George – pastor da Igreja Universal. Bruno acionou Carlos Bonifácio e este articulou a visita do prefeito a Brasília, o que deu mostras de sua ligação com o ministro.
O dirigente de Juiz de Fora foi o primeiro prefeito a ser recebido após a posse da nova equipe ministerial. Em relato à imprensa, nesta quarta, o prefeito confirmou o clima amistoso da reunião com o ministro do Esporte. Ouviu um relato do Governo admitindo dificuldades para retomada de obras paradas por muito tempo, além da dependência de todos os ministérios às decisões da área econômica.
O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, ainda não definiu os possíveis cortes que deverão ser feitos. Mesmo assim, garantiu que vai se empenhar ao máximo para conclusão do Ginásio Poliesportivo Jornalista Antônio Marcos, e antecipou 50% dos recursos para construção de uma pista de skate na Cidade Alta.
O que o prefeito não disse aos repórteres foi a forma em que foi construída a indicação do Pastor Carlos Bonifácio para secretário. Interlocutores próximos ao gabinete foram informados que a questão entrou já no final da conversa, quando o ministro teria sugerido a indicação do seu colega, pois seria a forma mais adequada para se fazer linha direta entre Juiz de Fora e Brasília. Ele lembrou ainda a vantagem de o estado também ter um secretário que professa a mesma religião. Bruno teria definido o caso na hora, mas só confirmou após a conversa com Canalli.
É provável que haja outras mudanças no primeiro escalão, mas estas só deverão ocorrer na virada do semestre, já que o prefeito prefere, primeiro, ouvir não só a própria equipe, mas também outros atores políticos da cidade. “Mas ele está atento às manifestações do Governo Federal, bastando ver essa mudança que está ocorrendo”, disse o interlocutor do prefeito. Além das mudanças nas secretárias, Bruno já decidiu que a vice-presidência da Empav, cargo até então ocupado por Carlos Bonifácio, será extinta.
http://www.tribunademinas.com.br/mudanca-no-esporte/

BAILE ENSAIO GERAL DO CARNAVAL - INFORMAÇÕES


BAILE ENSAIO GERAL DO CARNAVAL - DIA 05 DE FEVEREIRO - 22H - SALÃO SOCIAL DO ESPORTE CLUBE SÃO CARLOS.

UMA PROMOÇÃO DE Basileu Tavares, Cristina Castro e Luiz Eduardo Schmitz.

Apoio: Liesjuf JF, Fogos Nicolino, Deputado Wadson Ribeiro, Vereador João do Joaninho, Banda Daki, Real Grandeza, Ivete Gomes e cia, coluna Caca Salermo, Esporte Clube São Carlos, bloco Tô no Vermelho.

Toque musical: Samuel Fernandes e banda. Participação especial da banda de carnaval da Banda Daki.

O serviço de bar será realizado pelo buffet Antonio Henrique Barbosa Palhares e Priscila Teles através de garçons para o total conforto dos participantes.

Apresentação dos sambas enredo das escolas de samba dos grupos A e B por seus intérpretes oficiais e também dos blocos carnavalescos. Mulatas e ritmistas.

Informamos que por questões de ajustes, os convites de mesas serão colocados a venda na loja do Zé Kodak, na rua Halfeld, galeria da escada rolante, somente a partir do dia 19 de fevereiro e não dia 15 conforme havíamos anunciados.

Os convites também poderão ser adquiridos no bar do Esporte Clube São Carlos, sito a rua Francisco Gonçalo Faria, nº 110, bairro JK.

Melhores informações: 8435.0197.

Contamos com a presença, coloque sua fantasia e participe do ensaio geral para os desfiles das escolas de sambas e blocos carnavalescos de Juiz de Fora no carnaval de 2015.

Mosquitos escolhem pessoas que vão ser picadas pelo cheiro

Camilla Muniz

Mosquitos são atraídos pelo odor natural das pessoas, pelo gás carbônico e pelo ácido lático


Se os mosquitos parecem adorar você — principalmente nesta época do ano, em que o calor favorece a reprodução dos insetos —, não é porque seu sangue é doce. De fato, alguns fatores atraem os pernilongos, que acabam picando mais umas pessoas do que outras, mas isso nada tem a ver com o gostinho do alimento deles. Na verdade, as vítimas são escolhidas pelo cheiro.

Segundo o engenheiro agrônomo Rogério Catharino Fernandez, presidente da Associação Brasileira de Controle de Vetores e Pragas (ABCVP), odores exalados pelo organismo e substâncias como gás carbônico e ácido lático são rastreados no ar pelos animais, cujas antenas funcionam como nariz.

— Não é um cheiro específico que atrai o mosquito, mas o misto de odores emitidos por cada pessoa, que varia de indivíduo para indivíduo — diz o especialista.

Como são atraídos pelo gás carbônico, eliminado na respiração, os mosquitos tendem a picar quem tem o metabolismo acelerado e quem acabou de fazer atividade física — nos dois casos, a produção da substância é maior. Pelo mesmo motivo, o rosto é uma das regiões do corpo preferidas pelos insetos.

O ácido lático está presente na composição do suor. Por isso, Rogério Catharino Fernandez recomenda que as pessoas tomem banho e evitem se exercitar perto da hora de se deitarem para dormir, a fim de manter os mosquitos longe durante a noite.

Repelentes dermatologicamente testados e inseticidas de aerossol também ajudam a afastar os insetos.

Tipo sanguíneo O é o preferido


Estudos apontam que os mosquitos preferem pessoas de sangue tipo O, em especial aquelas com fenótipo secretor — que eliminam antígenos pelas mucosas, o que pode gerar um odor atraente para os insetos.

Mosquitos também rastreiam as temperaturas elevadas no corpo, que indicam maior circulação de sangue no local. Por isso, tendem a picar menos as palmas das mãos e as solas dos pés, que são menos aquecidas e capilarizadas.

Segundo Rogério Catharino, os repelentes agem mascarando o odor natural de cada pessoa. Hidratantes também fazem esse papel, embora o cheiro deles dure menos na pele. A essência de citronela, quando presente em produtos dermatológicos, também afasta os mosquitos.

http://extra.globo.com/noticias/saude-e-ciencia/mosquitos-escolhem-pessoas-que-vao-ser-picadas-pelo-cheiro-15047389.html#ixzz3Op0aBxpv

Prefeitura deixa de pagar terceirizadas

POR BÁRBARA RIOLINO

Pelo menos seis empresas que prestam serviços à Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) começaram 2015 com pendências financeiras do ano anterior. Conforme relatado pelos responsáveis, a Administração Municipal não está repassando o dinheiro, o que tem acarretado na suspensão dos serviços em alguns setores e, consequentemente, deixando os trabalhadores com salários atrasados e prejudicando o acesso aos serviços pelos cidadãos. O problema, segundo as empresas, se arrasta desde o começo do segundo semestre. O Governo municipal, por sua vez, atrelou os atrasos à situação econômica do país, que impactou a arrecadação do Município. A Secretaria de Fazenda diz que irá estabelecer cronograma para pagamentos a partir da próxima semana.
Nesta semana, três empresas que fornecem carros alugados e motoristas paralisaram suas atividades. À Tribuna, o diretor da Almeida Breder Serviços, Erick Gomes, disse que a locadora não recebe o repasse pelo serviço há cinco meses, tendo aproximadamente R$ 40 mil a receber. “Prestamos serviços desde 2012 e, atualmente, tínhamos oito carros lotados na Secretaria de Saúde. Nosso contrato venceu no dia 9 e paramos de fornecer o serviço. Seguramos até quando deu, pois em nosso contrato, precisamos arcar com os salários dos motoristas, os custos com combustível e mais os impostos”, explicou.
Já o proprietário da Alô Locadora, Aloísio Gonçalves Coelho, conta que não recebe da Prefeitura desde agosto do ano passado e, em novembro, teve o contrato cancelado, mas sem acerto. À época ele fornecia oito carros, com motorista, à Secretaria de Saúde. Hoje, atua com dois carros no Demlurb. Segundo ele, a PJF deve cerca de R$ 35 mil à empresa.
Problema semelhante enfrenta a CHX Transporte. Segundo o diretor Willian Ribeiro, o atraso no repasse se acumula desde agosto, o que resulta em débitos de cerca de R$ 100 mil. Ele ressaltou que está em negociação com a PJF para que as contas sejam regularizadas em fevereiro. “Temos 15 veículos distribuídos entre as secretarias de Saúde, Educação e Atividades Urbanas. Porém, o que mais nos preocupa é o transporte de pacientes amparados por mandato judicial, que precisam do transporte para dar continuidade ao tratamento, mas, infelizmente, tivemos que interromper o serviço.”
Na semana passada, a Tribuna também mostrou a situação da Radiotec. Conforme o diretor-comercial Sílvio de Oliveira Afonso, a empresa acumula, desde setembro de 2014, déficit de R$ 455.455,67, devido à ausência de repasse de recursos por parte da Prefeitura. Por conta dos atrasos, os usuários não estão conseguindo retirar exames de raios X realizados pelo SUS. Apesar de atender aos pacientes, os médicos não estão assinando os laudos. A recusa se deve ao atraso no pagamento dos salários há três meses. Na ocasião, a assessoria da Secretaria de Saúde informou que parte da dívida já foi saldada em dezembro. O restante será quitado em breve, a partir do exercício financeiro de 2015, que começa amanhã.

Atraso afeta recepção e conservação

Funcionários ligados à Terralimp, que atuam na área de recepção em cinco departamentos da Prefeitura, também permanecem sem receber os salários e benefícios de janeiro, bem como o 13º, o vale-transporte e o tíquete-alimentação, que deveriam ter sido pagos em dezembro, conforme informações do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Asseio, Conservação e Limpeza Urbana de Juiz de Fora (Sinteac). Segundo o presidente da instituição, Sérgio Félix, foi realizado um acordo entre a empresa e a PJF, para que o acerto aconteça no dia 23. “Caso contrário, o sindicato vai ajuizar uma ação contra a PJF e a Terralimp para a garantia dos pagamentos”, ressaltou o presidente do Sinteac. A Terralimp foi procurada pela reportagem, mas não emitiu posicionamento oficial sobre o assunto.
O Sinteac ainda relatou problemas envolvendo o não pagamento dos funcionários por parte da Dinâmica e da Terceiriza. Segundo Félix, a Dinâmica, que atua no setor de conservação, teria pago apenas metade dos salários, já a Terceiriza, não havia efetuado, em janeiro, o pagamento dos vencimentos e benefícios. A Tribuna tentou contato com a Dinâmica, mas foi informada que a pessoa responsável pelo assunto não estava na empresa. A Terceiriza, por meio do diretor de Recursos Humanos, Onofre Marçal, informou que houve problemas envolvendo as instituições bancárias, especificamente o Banco do Brasil. Marçal ainda ressaltou que a PJF está em débito com empresa há dois meses e que uma negociação para regularizar a situação já foi iniciada.

Fazenda culpa crise e queda na arrecadação

Segundo a Prefeitura, a crise econômica do país em 2014 refletiu nas finanças do Governo municipal. O Secretário da Fazenda, Fúlvio Albertoni, disse à Tribuna que espera quitar todos os débitos assim que o cronograma de pagamentos for estabelecido, o que deve acontecer na próxima semana, quando o orçamento de 2015 for aberto. Ele explicou que a economia brasileira, como um todo, afetou a arrecadação e, principalmente, a obtenção de recursos no estado e na União, o que resultou em um desequilíbrio financeiro. “No final do ano, tivemos dificuldade de cumprir com estas despesas diante destes fatores. A expectativa é reunir todos os secretários para listar as prioridades e regularizar a situação junto aos nossos fornecedores. Certamente isto será superado e não irá se prolongar”, destacou. Em relação aos serviços de saúde, Fúlvio pontuou que a Secretaria de Saúde, diferente das demais, tem autonomia financeira para contratar fornecedores.
http://www.tribunademinas.com.br/prefeitura-deixa-de-pagar-terceirizadas/

ANIVERSÁRIO DE AMIGOS - 14 DE JANEIRO

Marcos Anísio Lopes

Aniz Buíssa




Leonel Farinelle


MP quer controlar turismo que lota casas em caravanas em Cabo Frio, RJ

Flavio Flarys e Gustavo GarciaDo G1 Região dos Lagos

A Promotoria de Tutela Coletiva de Cabo Frio, Região dos Lagos do Rio, instaurou um inquérito civil para apurar uma situação que já é bem conhecida dos moradores da cidade. Quando chega a alta temporada ou algum feriado prolongado, turistas em grandes caravanas alugam imóveis residenciais em grandes grupos para usufruir das belezas naturais da região. Em alguns casos, o exagero é evidente: cerca de 100 pessoas ou mais dentro de uma única casa, com revezamento de camas, colchonetes e banheiros. O valor médio da diária de hospedagem gira em torno de R$ 20 por pessoa. É o chamado “Turismo de R$ 1,99”, como ficou conhecida a prática. O prejuízo para a cidade é evidente, com praias lotadas, sujas e turistas que não contribuem para o desenvolvimento da região, já que praticamente não geram renda e emprego.
Turistas trazem comida e bebida, prejudicando o comércio local (Foto: Flavio Flarys / G1)Turistas trazem comida e bebida, prejudicando o
comércio local (Foto: Flavio Flarys / G1)
Como os imóveis alugados, em sua grande maioria, possuem fogão e geladeira, este tipo de turista traz comidas e bebidas em ônibus fretados e, em alguns casos, até churrascos e festas na calçada é comum presenciar. Um universitário do bairro Vila Nova, de Cabo Frio, que não quis se identificar, mora em uma rua com vários imóveis alugados para este fim. Segundo ele, os turistas chegam em ônibus lotados e promovem arruaça.
"Na minha rua tem várias casas que são alugadas para feriados e fim de ano, por exemplo. O problema é que não existe controle de quem vem pra cá. Diversas vezes, drogas são consumidas nestas casas e nas ruas. Algumas casas sequer estão prontas e são colocadas para aluguel. No ano passado, alugaram uma casa sem estar pronta. A luz não funcionava e a infraestrutura era precária. Isso tem que acabar", se revolta o morador.
 
As casas não são vistoriadas, não têm rota de fuga e escadas adequadas. É um caso de insalubridade, pois 50 pessoas utilizam apenas dois banheiros nesses locais. Fora o número de tomadas utilizadas ao mesmo tempo, sobrecarga que pode gerar um incêndio. Tem também a questão do sistema de esgoto, que é direcionado para uma ocupação residencial e não suporta uma demanda dessas"
Elídio Lopes Mesquita, presidente da Associação de Arquitetos e Engenheiros da Região dos Lagos
Perigo iminente
A Associação de Arquitetos e Engenheiros da Região dos Lagos (ASAERLA) considera a prática de aluguel destas casas ilegal. Segundo a entidade, os imóveis não estão preparados para receber a quantidade de pessoas que se hospedam. A associação quer a criação de uma lei que enquadre este tipo de comércio como hotelaria, para que as vistorias sejam feitas regularmente.
"As casas não são vistoriadas, não têm rota de fuga e escadas adequadas. É um caso de insalubridade, pois 50 pessoas utilizam apenas dois banheiros nesses locais. Fora o número de tomadas utilizadas ao mesmo tempo, sobrecarga que pode gerar um incêndio. Tem também a questão do sistema de esgoto, que é direcionado para uma ocupação residencial e não suporta uma demanda dessas", declarou Elídio Lopes Mesquita, que é presidente da ASAERLA.
 
  • Nosso intuito é encontrar uma forma de se estabelecer limitações de segurança e fiscalização para a ocupação das casas de aluguel para serem implementadas já no próximo verão"
Kefrine Keil Ramos, Promotora de Justiça
Buscando meios de controlar esse turismo desordenado e visando à segurança dos moradores e dos próprios turistas, o Ministério Público instaurou um inquérito civil para apurar o caso. “O Ministério Público já agendou uma reunião com a prefeitura, o Corpo de Bombeiros, a ASAERLA, a Associação de Hotéis de Cabo Frio e demais órgãos competentes. Nosso intuito é encontrar uma forma de se estabelecer limitações de segurança e fiscalização para a ocupação das casas de aluguel para serem implementadas já no próximo verão”, afirmou a Promotora de Justiça da Promotoria de Tutela Coletiva de Cabo Frio, Kefrine Keil Ramos.
Segundo o tenente coronel Rodrigo Bastos, do Corpo de Bombeiros de Cabo Frio, o perigo dos imóveis de aluguel receber tantos turistas é que eles não são vistoriados como pousadas e hotéis, e correm o risco de não atenderem a demanda de segurança necessária em casos de emergência. "As pousadas e hotéis, para funcionarem, precisam de uma vistoria do Corpo de Bombeiros, ou seja, estão dentro das orientações e requisitos de segurança. Uma casa residencial não precisa dessa vistoria. Então, existem os riscos dessas aglomerações de pessoas em locais que não têm a aprovação do Corpo de Bombeiros, e que podem não estar dentro dos padrões e requisitos de segurança", afirmou Rodrigo.
 
De acordo com o superintendente de Turismo do município, Aldenir Soares, a secretaria de Turismo de Cabo Frio tomará medidas para evitar esse tipo de prática na cidade. "A secretaria de Turismo está preparando medidas coibitivas para que os ônibus que trazem turistas não adentrem a cidade com alimentos em seus bagageiros. Coibindo-se essa prática, espera-se que estes turistas se vejam obrigados a consumir produtos em nossa cidade", informou Aldenir.
 
Nós temos dois andares disponíveis e alugamos separadamente. Cada andar custa R$ 1.000 a diária e suporta 54 pessoas, podendo receber até três ou quatro turistas a mais"
Proprietário de uma das casas de veraneio
Contato com os proprietários
A equipe de reportagem do G1 entrou em contato com o dono de um imóvel que fica a 350 metros da Praia do Forte e recebe esse tipo de turistas. Na ligação telefônica, nos mostramos interessados em alugar a casa. Além de esclarecer como é feita a locação, o responsável afirmou que não há mais vagas para os feriados do mês de novembro. Disse, inclusive, que três pessoas já o procuraram para alugar o imóvel durante o feriado do dia 15 de novembro.
"Nós temos dois andares disponíveis e alugamos separadamente. Cada andar custa R$ 1.000 a diária e suporta 54 pessoas, podendo receber até três ou quatro turistas a mais. A casa tem cozinha e é toda equipada com panelas, talheres e tudo mais. Tem também espaço para festas e churrasco, além de um bar próximo, que tem quentinha por R$ 8 e serve facilmente duas pessoas. A pessoa deve pagar a metade do valor na hora da reserva e o restante quando chegar", disse o proprietário.

O presidente do Convention Bureau de Cabo Frio, Dulphe Paes de Barros Neto, foi procurado diversas vezes para comentar o tema, mas se recusou a falar com a equipe do G1. Os responsáveis pela Associação de Hotéis também foram procurados, mas estavam viajando e não foram encontrados.
http://g1.globo.com/rj/regiao-dos-lagos/noticia/2013/10/mp-quer-controlar-turismo-que-lota-casas-em-caravanas-em-cabo-frio-rj.html

NESTOR CERVERÓ É PRESO AO DESEMBARCAR NO BRASIL


Ônibus do Exército capota e deixa tenente morto - Atulaização

Acidente ocorreu próximo a obra de duplicação da BR 101
Microonibus capota: um morto (Fotos: Cássia Santana/Portal Infonet)
Na manhã desta terça-feira, 13, equipes do Serviço Móvel de Urgência e Emergência (Samu) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) foram deslocados para atender vítimas de um acidente que ocorreu na BR-101 no município de Maruim. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), sete passageiros do ônibus que transportava a equipe do Exército sofreram ferimentos leves e o tenente Ismael Macedo Guimarães, 24, morreu no local do acidente.
O acidente foi registrado por volta das 5h30 da manhã na altura do km 72, trecho do município de Maruim. A equipe da PRF que atendeu a ocorrência informou que o veículo derrapou na pista e capotou, caindo numa ribanceira.
De acordo com o Exército, a equipe se desloca todos os dias, saindo da sede do Departamento Nacional de Infraestrutura (Dnit), localizada na capital sergipana, para o acampamento em Carmópolis e estão atuando na obra de duplicação da BR-101. As causas sobre o capotamento do ônibus, bem como a lista com a identificação dos feridos, não foram divulgadas.
Acidente deixou pista congestionada
O ônibus, de placa JQF 5017, oficial do Governo brasileiro, estava sendo conduzido por Marcelo Pereira Dias. Ele, juntamente com os outros feridos, receberam atendimento da equipe do Samu e está em estado de choque, segundo informações dos colegas que estiveram no local da ocorrência após o acidente. O tenente Couto, que integra a equipe que está trabalhando nas obras de duplicação da BR 101, não estava no microonibus porque optou, nesta terça-feira, seguir com veículo próprio até o acampamento. "Às vezes venho de carro, onde eu estava no ônibus, mas hoje vim de carro", ressaltou o tenente visivelmente abalada.
O 28° Batalhão de Caçadores  enviou nota de esclarecimento ao Portal Infonet. Confira na íntegra:
"Por volta das 05:30h de hoje, 13 de janeiro de 2015, o 2º Tenente do Exército Ismael Macêdo Guimarães Junior, do 4º Batalhão de Engenharia de Construção, sediado em Barreiras (BA), faleceu em um acidente automobilístico ocorrido na rodovia federal BR 101, KM 71, entre as cidades de Aracaju e Rosário do Catete/SE.
O Tenente Guimarães seguia com mais nove militares para o trabalho de restauração da BR 101/SE, quando o motorista do micro-ônibus que os transportavam perdeu o controle do veículo, que saiu da estrada e caiu em uma ribanceira. Os outros ocupantes do veículo sofreram escoriações e foram encaminhados para hospitais da região para receber o atendimento médico necessário.
O referido militar possuía 24 anos, era engenheiro civil e atuava no Exército Brasileiro desde o início de 2014, e faleceu no estrito cumprimento do dever. As causas do acidente serão apuradas por meio de Inquérito Policial Militar (IPM) e outras informações serão dadas assim que terminarem as investigações.
Esse foi o primeiro acidente com vítimas desde o início dos trabalhos do Destacamento Barão de Maruim, sediado em Rosário do Catete (SE), em 22 de julho de 2010. As obras do Lote 02 – BR 101/SE são fruto de convênio firmado com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), para a adequação da capacidade e restauração da pista existente, com extensão 11,76 km.
Nesse momento de dor, os Comandos do 1º Grupamento de Engenharia e do 4º Batalhão de Engenharia de Construção manifestam suas condolências e se solidarizam com as vítimas e familiares - já avisados sobre o ocorrido -, e informa que serão ensejados todos os esforços para prestar as medidas de apoio médico, psicológico e de suporte espiritual".
*A matéria foi alterada às 9h05 e às 17h58 para incluir mais informações sobre o acidente e a nota do Exército.
Por Kátia Susanna e Cássia Santana
http://www.infonet.com.br/cidade/ler.asp?id=167838

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

SARGENTO DO EXÉRCITO É ENCONTRADO MORTO NO RIO DE JANEIRO

Agentes da 35ºDP (Campo Grande) investigam a morte do sargento do Exército, Carlos Albênio Liberato. De acordo com a corporação, o corpo do militar foi encontrado na linha férrea de Campo Grande, na Zona Oeste, no dia 5 de janeiro.

Dias antes a família havia registrado o desaparecimento na 33ºDP (Realengo). Ainda segundo a polícia, a vítima não apresentava marcas de tiros. O caso está sendo investigado pela delegacia de Campo Grande.

Em nota, o Comando Militar do Leste (CML) informou que o militar encontrava-se de férias e que deveria se apresentar na Organização Militar (OM) onde servia na quarta-feira (7). A corporação também informou que o 25º Batalhão Logístico abriu um Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar as causas da morte do militar e está fornecendo todo o apoio à família.


http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2015/01/policia-investiga-morte-de-militar-do-exercito-no-rio.html

Micro-ônibus do Exército capota e deixa um morto e vários feridos

Veículo capotou na altura do Km 72 da BR-101 em Maruim (Foto: Anderson Barbosa/TV Sergipe)

Um ônibus do Exército capotou por volta dar 5h30 desta terça-feira (13) quando trafegava pelo KM 72 da BR 101, próximo ao município de Maruim (SE).  De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) uma pessoa morreu e cinco ficaram feridas. Há a suspeita de falha mecânica no veículo, segundo os primeiros levantamentos da PRF.

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e do Instituto Médico Legal (IML) ainda estão no local. Segundo uma fonte do Exército, em pronunciamento extraoficial, cerca de dez pessoas estavam no veículo que capotou.

“Ainda há lentidão na via, o tráfego deve voltar à normalidade logo que a ocorrência for finalizada”, afirma o policial rodoviário federal, André Silva.

http://g1.globo.com/se/sergipe/noticia/2015/01/onibus-do-exercito-capota-e-deixa-um-morto-e-varios-feridos-em-sergipe.html