sábado, 14 de março de 2015

O enigma Toffoli - Amigo ou desafeto?


 Ministro do STF que presidirá o julgamento dos políticos envolvidos no petrolão tem passado ligado ao PT, mas relação complicada com Dilma

Claudio Dantas Sequeira (claudiodantas@istoe.com.br)
A transferência do ministro Antonio Dias Toffoli para a 2ª turma do Supremo Tribunal Federal (STF), onde serão julgados os eventuais réus do petrolão, deixou um cheiro de pizza no ar. Os sinais de que estaria em curso um acerto para livrar do julgamento o PT e seus aliados foram reforçados pela audiência do magistrado com a presidente Dilma Roussef, no Palácio do Planalto, na quarta-feira 11, apenas um dia após seu pedido de mudança de turma. Toffoli, como se sabe, foi advogado do PT e ocupou cargos estratégicos na época dos fatos narrados pela Operação Lava Jato. Ele foi assessor jurídico da liderança do partido na Câmara, subchefe de assuntos jurídicos da Casa Civil no governo Lula (entre 2003 e 2005) e Advogado-Geral da União (2007-2009).
abre.jpg
PRESSA
Toffoli encontrou-se com a presidente Dilma na manhã seguinte
à sua transferência para a 2ª turma do Supremo Tribunal Federal
O encontro entre Toffoli e Dilma não estava previsto na agenda presidencial até a noite de terça-feira 10. A reunião acabou sendo o primeiro compromisso da presidente e contou com a participação de Aloizio Mercadante, ministro-chefe da Casa Civil, e de José Eduardo Cardozo, ministro da Justiça. Na saída, o magistrado negou que a pauta tivesse sido a Lava Jato. Argumentou que havia ido ao Planalto discutir um projeto do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Mais tarde, Dilma limitou-se a dizer que havia ocorrido somente uma coincidência de agendas. 

Apesar da evidente proximidade entre Toffoli e o PT, é arriscado prever a conduta futura do ministro. A sugestão de que o STF designasse mais um integrante para a 2ª turma partiu do ministro Gilmar Mendes, considerado inimigo pelo PT. A 2ª turma tem originalmente cinco membros, mas uma cadeira está vaga desde a saída do ministro Joaquim Barbosa, no ano passado. A presença do quinto magistrado reduzirá a sobrecarga de trabalho dos ministros e, mais importante, evitará empates nos julgamentos – hipótese que beneficia os réus. Por ser mais antigo, Marco Aurélio Mello tinha a preferência pela indicação, mas ele já disse que ficará na 1ª turma até sua aposentadoria, em 2016. Pela regra, o próximo a ter direito à vaga era Toffoli.
Também pesa em favor de Toffoli seu comportamento em momentos do julgamento do mensalão e sua atuação como presidente do TSE. Embora tenha votado em favor da inocência de seu ex-chefe, José Dirceu, condenado naquele processo, o ministro surpreendeu ao decidir contra o ex-presidente do PT José Genoíno, também condenado. Na campanha eleitoral do ano passado, na condição de presidente do TSE, Toffoli mostrou-se tolerante com a campanha petista, mas condenou exageros no uso da máquina.
IEpag51Toffoli.jpg
Toffoli e Dilma tiveram uma relação complicada quando ela era ministra de Minas e Energia no governo Lula e ele ocupava o cargo de Advogado Geral da União. No primeiro mandato como presidente, Dilma deixou de recebê-lo algumas vezes, mas o encontro da semana passada mostra que as arestas foram quebradas. Agora, se o ministro penderá a balança da Justiça a favor de petistas e aliados, só o tempo dirá.
Foto: Adriano Machado/AG. ISTOÉ 
http://www.istoe.com.br/reportagens/409004_O+ENIGMA+TOFFOLI

Confira a lista das cidades com protestos dia 15/03 contra o governo e contra a corrupção


LISTA DAS CIDADES CONFIRMADAS
Aracaju/SE – 9h30 – Arcos da Orla
Araraquara/SP – 15h00 – Parque Infaltil
Belém/PA – 9h30 – Praça da República
Belo Horizonte/MG – 9h30 – Praça da Liberdade
Botucatu/SP – 15h00 – Largo da Catedral Metropolitana de Botucatu
Bragança Paulista/SP – 16h00 – Praça Raul Leme (Praça da Igreja Matriz) – Centro
Brasília/DF – 9h30 – Museu da República
Carambeí-PR - a partir das 14 - Centro da cidade
Caratinga/MG – 09h00 – Praça Getúlio Vargas (em frente ao fórum)
Curitiba/PR – 14h00 – Praça Santos Andrade
Curvelo/MG – 10h00 – Praça Central do Brasil
Florestal/MG – 09h30 – comboio de Florestal e região vira para BH – Praça da Liberdade
Florianópolis/SC – 16h00 – TICEN (Av. Paulo Fontes, 701)
Fortaleza/CE – 10h00 – Praça Portugal
Goiânia/GO – 14h00 – Praça Tamandaré
Ipatinga/MG – 09h00 – em frente a prefeitura de Ipatinga
João Pessoa/PB – 15h00 – Busto de Tamandaré
Joinville/SC – 16h00 – Praça da Bandeira
Juiz de Fora/MG – 10h00 – Parque Halfeld
Jundiaí/SP – 9h30 – Av. 9 de Julho
Natal/RN – 15h00 – Avenida Roberto Freire
Porto Alegre/RS – 14h00 – Parcão
Presidente Prudente/SP – 09h00 – Parque do Povo (Próximo ao colégio Poliedro)
Presidente Prudente/SP – 9h00 – Parque do Povo
Recife/PE – 9h30 – Av. Boa Viagem (em frente a Padaria Boa Viagem)
Ribeirão Preto/SP – 10h – Praça Carlos Gomes (Teatro Pedro II)
Salvador/BA – 16h00 – Farol da Barra
São Carlos/SP – 10h00 – Praça do Mercado (R. Comendador Alfredo Maffei, 2522)
São Luiz/MA – 15h00 – Av. Litorânea
São Paulo/SP – 14h00 – Metrô Trianon MASP (Av. Paulista, 1.370)
Sete Lagoas/MG – 16h00 – Lagoa Paulino
Teresina/PI – 16h00 – Av. Marechal Castelo Branco (em frente a Alepi)
Uberaba/MG – 16h00 – Calçadão de Uberaba
Uberlândia/MG – 9h30 – Praça Tubal Vilela
Viçosa/MG – 10h00 – 4 Pilastras
Vitória/ES – 16h00 – Praça do Papa
LISTA DAS CIDADES NÃO CONFIRMADAS
(Estas cidades não possuem representantes do Vem Pra Rua, mas sabemos que estão se manifestando nestes locais e horários)
Água Boa/MT – 15h – Bairro Universitário, próx. Caixa de Água
Águas de Lindóia/SP – 14h – Centro
Alegrete/RS – 17h – Centro Cultural com ato de abertura, caminhada e ato de encerramento na Praça dos Patinhos.
Americana/SP – 16h – Praça do Trabalhador
Anápolis/GO – 14h – Praça Dom Emanuel
Apuracarana/PR – 15h – Catedral N. Sra. de Lourdesc
Araçatuba/SP – 9h30 – Rotatória da Av. Brasília x Av. Pompeu de Toledo
Araguaina/TO – 9h – Praça do Galo
Arapiraca/AL – 16h – Praça Luiz Pereira Lima
Arapiraca/AL – 9h30 – Praça Marques
Arapongas/PR – 15h – Praça Mauá
Araras/SP – 15h – Defronte a Basílica N. S. do Patrocício, Praça Central
Ariquemes/RO – 15h – Praça da Vitória (Av. Jamari)
Artur Nogueira/SP – 16h – Praça do Coreto – Av. Fernando Arena, esquina com a Rua Duque de Caxias.
Aruja/SP – 14h – Praça do Correto
Assai/PR – 16h – Av. Rio de Janeiro, em frente à Igreja Matriz São José – Centro
Assis/SP – 17h – São Francisco de Assis
Atibaia/SP – 9h30 – Igreja da Matriz
Avaré/SP – 14h – Concha Acústica
Bagé/RS – 15h – Praça da Estação
Balneário Camboriú/SC – 16h – Praça Almirante, Tamandaré
Barbacena/MG – 9h30 – Praça das Andradas, em frente à Câmara dos Vereadores
Barra dos Garças/MT – 17h – Praça dos Garimpeiros
Barreirinhas/MA – 15h – Praça do Trabalhador
Batatais/SP – 16h – Praça da Matriz
Bauru/SP – 9h30 – Praça da Copaíba (Av. Getúlio Vargas)
Bento Gonçalves/RS – 16h – Em frente à Prefeitura
Bento Gonçalves/RS – 16h – Na frente da Prefeitura
Bertioga/SP – 9h30 – Av. 19 de Maio
Betim/MG – 15h – Praça Tiradentes
Betim/MG – 9h30 – Praça Milton Campos – Centro
Birigui/SP – 9h – Praça Central Doutor Gama
Blumenau/SC – 16h – Prefeitura Municipal
Boa Vistra/RR – 17h – Praça do Centro Cívico
Cáceres/MT – 15h – Serraria Cáceres até a Praça Barão do Rio Branco
Cachoeira do Sul/RS – 16h – Praça da Matriz
Caldas Novas/GO – 14h – Praça Central
Camaçari/BA – 9h30 – Praça Desembargador Monte Negro
Campina Grande/PB – 14h – Praça da Bandeira
Campinas/SP – 13h – Igreja Matriz
Campinas/SP – 9h30 – Largo do Rosário
Campo Grande/MS – 14h – Praça do Rádio
Campos de Goytazes/RJ – 10h – Praça São Salvador
Canoinhas/SC – 9h30 – Praça do Centenário
Capão Bonito/SP – 14h – Av. Placido Batista da Silveira
Capão da Canoa/RS – 14h – Antigo Largo do Baronda.
Capinópolis/MG – 9h30 – João Moreira de Souza
Capivari/SP – 16h – Praça Central
Cascavel/PR – 15h – Em frente à Igreja Matriz
Castelo/ES – 16h – Praca Tres Irmãos
Castro/PR – 15h – Praça Nossa Sra. do Rosário
Catanduva/SP – 9h30 – Praça Matriz
Caxias do Sul/RS – 16h – Praça Dante Alighier
Caxias/MA – 9h – Praça da Matriz
Cianorte/PR – 15h – Prefeitura de Cianorte
Cidade de Goiás/GO – 14h – Praça dos Eventos
Concórdia/SC – 15h – Posto Lamonato, em direção a Praça
Correntina/BA – 10h – Praça Raimundo Salles
Criciuma/SC – 15h – Parque das Nações
Cruzeiro/SP – 16h – Na Praça em frente à Prefeitura Municipal
Cubatão/SP – 10h – Praça da Independência, Jd Casqueiro
Cubatão/SP – 16h – Praça da Bíblica, em frente ao Senai
Cuiabá/MT – 13h – Praça da República, Centro
Cuiabá/MT – 16h – Praça da Rádio
Curitiba/PR – 14h – Praça Santos Andrade
Curitiba/PR – 9h30 – Centro Cívico
Divinópolis/MG – 9h – Praça do Santuário
Dois Vizinhos/PR – 14h – Praça da Igreja Santo Antonio
Dourados/MS – 14h – Praça Antônio João
Dourados/MS – 14h – Praça Antônio João
Embu-Guaçú/SP – 14h – Praça do Coreto
Entre Rios do Oeste/PR – 14h – Praça João Natalio Stein
Espírito Santo do Pinhal/SP – 15h – Em frente ao Coreto (agência do Banco do Brasil)
Farroupilha/RS – 16h – Praça da Bandeira Farroupilha
Fernandópolis/SP – 9h – Praça da Matriz
Foz do Iguaçu/PR – 9h30 – Praça do Mitre
Franca/SP – 9h30 – Praça Nossa Sra. da Conceição (Concha Acústica)
Francisco Beltrão/PR – 15h – Calçadão Central
Garibaldi/RS – 9h30 – Av. Independência
Governador Valadares/MG – 16h – Praça dos Pioneiros
Gravataí/RS – 15h – Parcão
Guarapari/ES – 16h – Radium Hotel
Guarapuava/PR – 14h – Praça Cleve
Guaratinguetá/SP – 16h – Av. Presidente Getúlio Vargas, próximo à Ponte Nova
Guarulhos/SP – 11h – Bosque Maia, Avenida Paulo Faccini
Imperatriz/MA – 9h30 – Praça de Fátima
Indaiatuba/SP – 10h – Parque Ecológico, próx. Pastel de Feira
Itabuna/BA – 15h – Jardim do Ó
Itajaí/SC – 15h – Av. Beira Rio
Itajobi/SP – 15h – Praça 09 de Julho
Itatiba/SP – 14h – Praça das Bandeiras
Itú/SP – 9h30 – Praça da Matriz
Jales/SP – 9h30 – Praça João Mariano de Freitas
Jaraguá do Sul/SC – 15h – Praça Angelo Plazera
Jataí/GO – 14h – Câmara dos Vereadores
Ji-Paraná/RO – 9h – BR364 – Ponte sobre o Rio Machado
Jundiaí/SP – 16h – Em frente à Prefeitura Municipal
Lages/SC – 10h – Estatua Correia Pinto
Lagoa Vermelha/RS – 15h – Igreja Matriz São Paulo
Lajeado/RS – 15h – Parque Prof. Theobaldo Dick
Limeira/SP – 9h30 – Praça Toledo Barros (Rua Doutor Trajano Barros de Camargo, 13480)
Linhares/ES – 16h – Atrás da TV Norte
Lins/SP – 9h30 – Praça Dom Bosco
Londrina/PR – 13h – Zerão
Londrina/PR – 15h – Em frente ao colégio Vicente Rijo (Av. Jk com Av. Higienopolis)
Macaé/RJ – 16h – Paróquia Nossa Senhora da Glória, Cavaleiros
Macapá/AP – 16h – Praça da Bandeira
Maceió/AL – 9h30 – Corredor Vera Arruda
Manaus/AM – 14h – Posto 300 (Av. Djama Batista)
Manaus/AM – 9h30 – Av. Eduardo Ribeiro, em Frente à Feirinha
Marabá/PA – 16h – Praça Duque de Caxias
Maringá/PR – 14h – Catedral
Mogi das Cruzes/SP – 9h30 – Praça Oswaldo Cruz
Mogi Guaçú/SP – 15h – Campo da Brahma
Monitividiu/GO – 14h – Praça das Mães
Montes Claros/MG – 14h – Em frente ao Shoping Center Popular
Mossoró/RN – 15h – Colégio Diocesano
Niterói/RJ – 9h30 – Praia de Icaraí, em frente à Uff:
Novo Hamburgo/RS – 14h – Praça Punta Del Este, em frente ao Shopping Bourbon
Novo Hamburgo/RS – 16h – Vale dos Sinos
Ouro Fino/MG – 9h – Em frente à prefeitura municipal
Palmas/TO – 16h – Palácio Araguaia, Praça dos Girassóis
Paragominas/PA – 16h – Praça Celio Miranda
Paraiba do Sul/RJ – 14h – Praça Garcia
Paraisopolis/MG – 14h – Praça do Centro
Paranaguá/PR – 10h – Em frente à Ferroviária
Paraopeba/MG – 14h – Praça da Matriz
Paroapeba/MG – 14h – Praça da Matriz
Passo Fundo/RS – 14h – Praça da Mãe, Av. Brasil
Pato Branco/PR – 9h30 – Posto Tigrão em direção a Praça Pres. Getulio Vargas
Patos de Minas/MG – 14h – Praça do Fórum, Centro.
Pelotas/RS – 15h – Praça Cel. Pedro Osório
Peruíbe/SP – 14h – Praça da Matriz
Peruíbe/SP – 16h – Calçadão do Centro, em frente ao prédio Redondo
Petrolina/PB – 9h – Praça Ma. Auxiliadora (Prefeitura)
Petrópolis/RJ – 16h – Praça D.Pedro II , Centro
Piracanjuba/GO – 14h – Praça do Relógio
Piracicaba/SP – 9h30 – Praça José Bonifácio
Piraju/SP – 14h – Praça Ataliba Leonel
Pitanga/PR – 9h – Praça da Pitanguinha
Poços de Caldas/MG – 10h – Praça Pedro Sanches
Poços de Caldas/MG – 15h – Praça Doutor Pedro Sanches
Ponta Grossa/PR – 9h – Praça entre as Rua Balduíno Taques e Av Vicente Machado
Porto Alegre/RS – 9h30 – Redenção
Porto Seguro/BA – 9h30 – Trevo do Cabral
Porto Velho/RO – 14h – Praça das 3 Caixas D’Água, Centro
Pouso Alegre/MG – 9h – Em frente à Catedral Metropolitana
Resende/RJ – 16h – Av. Albino de Almenida, em frente Caixa Eco. Federal
Ribeirão Preto/SP – 10h – Praça. Carlos Gomes
Rio Branco/AC – 14h – Palácio do Governo
Rio de Janeiro/RJ – 14h – Candelária
Rio do Sul/SC – 16h – Em frente ao antigo Ceola
Rio Grande/RS – 15h – Largo Dr. Pio
Rio Verde/GO – 11h – Praça Matriz
Rio Verde/GO – 14h – Praça Matriz
Rondonópolis/MT – 16h – Em frente ao Rondon Plaza Shopping
Salto/SP – 16h – Praça XV
Santa Cruz do Sul/RS – 16h – Praça da Bandeira
Santa Fé do Sul/RS – 9h30 – Praça da Matriz
Santa Fé do Sul/SP – 15h – Praça da Matriz.
Santa Maria/RS – 14h – Praça Saldanha Marinho
Santarém/PA – 16h30 – Praça São Sebastião
Santo André/sp – 10h – Paço Municipal
Santo Antônio de Jesus/BA – 9h30 – Praça Dr. Renato Machado, Centro
Santos/SP – 14h – Trajeto: Praça do Surfista / Posto 2 14h, Avenida da Praia sentido Ana Costa 15h, Ana Costa sentido Praça da Independencia 16h Praça da Independência 18h,
São Bernardo do Campo/SP – 14h – Paço Municipal
São Borja/RS – 14h – PARCÃO (Parque General Vargas)
São Caetano do Sul/SP – 15h – Câmara dos Vereadores
São João da Boa Vista/SP – 9h – Praça Coronel Joaquim José, Centro
São José do Rio Pardo/SP – 14h – Praça da Matriz
São José do Rio Preto/SP – 9h30 – Mercado Municipal
São José dos Campos/SP – 15h – Praça Afonso Pena
São José dos Pinhais/SP – 14h – Em frente à Catedral
São Leopoldo/RS – 15h – Em frente à Prefeitura
São Lourenço do Sul/RS – 14h – Prefeitura Municipal
São Sebastião/SP – 15h – Praça do Correto
Sertãozinho/SP – 9h – Praça 21 de Abril
Sorocaba/SP – 16h – Praça do Canhão
Taubaté/SP – 15h – Praça do Batalhão da PM (Av. Independência)
Teixeira de Freitas/BA – 9h – Supermercado Praia Grande
Teófilo Otoni/MG – 9h – Praça da Radio Imigrantes
Timbó/SC – 9h30 – Parque Central de Timbó
Torres/RS – 9h30 – Praça XV de Novembro, Centro
Tubarão/SC – 16h – Prefeitura Municipal
Tupã/SP – 9h30 – Praça da Bandeira
Ubá/MG – 14h – Praça São Januário
União da Vitória/PR – 14h – Praça Cel Amazonas
Unuarama/PR – 16h – Praça Miguel Rossafa
Uruguaiana/RS – 14h – Praça do Barão do Rio Branco
Viçosa/MG – 10h – 4 Pilastras
Vinhedo/SP – 15h – Portal
Vitória da Conquista/BA – 9h30 – Praça da Guadalajara (IEED)
Vitória/ES – 15h – Em frente à UFES
Vitória/ES – 16h – Sede da Petrobras
Volta Redonda/RJ – 9h – Praça Brasil
Votuporanga/SP – 9h30 – Praça da Matriz, em frente à Concha Acústica

LISTA DE CIDADES NO EXTERIOR (horário local)
Bruxelas/Bélgica – 9h – Rue du Trône n 108 Bruxelles 1050
Lisboa/Portugal – 15h – Praça Luis de Camões
Londres/Inglaterra – 12h – Trafalgar Square
Miami/Flórida, Estados Unidos – 12h – TorchofFriendship – Bayside, Downtown Miami
New York/EUA – 11AM – Union Square – SW corner
Orlando/Flórida, Estados Unidos – 13h – 5403 Internacional Dr – Banco do Brasil
Santa Cruz de la Sierra/Santa Cruz, Bolívia – 15h – Plaza del estudiante
São Francisco/Califórnia, Estados Unidos – 11h – 1 Market St, Just Herman Plaza
Sidney/Nova Gales do Sul, Austrália – 16h – Martin Place
http://folhacentrosul.com.br/comunidade/7271/confira-a-lista-das-cidades-com-protestos-dia-15-03-contra-o-governo-e-contra-a-corrupcao

Josemar deve ser transferido para prisão domiciliar

A prisão do ex-vereador e advogado Josemar da Silva, que encontra-se no Complexo Penitenciário Nelson Hungria, em Contagem (MG), será convertida em prisão domiciliar. Segundo seu advogado, Fabrício de Carvalho Rocha, na última terça-feira, em decisão unânime, a 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) acatou o recurso da defesa, em habeas corpus, que determina a conversão da prisão preventiva para domiciliar, embasado na prerrogativa inclusa no Estatuto da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que estabelece “Sala de Estado Maior” para que advogados possam aguardar por julgamento.
No caso das penitenciárias mineiras, nenhuma das instituições possuem o cômodo especial, o que implica, neste caso, o recurso transferência. “O juiz da 3ª Vara Criminal de Juiz de Fora já foi oficiado, mas, como Josemar cumpre pena provisória, ele encaminhou o ofício ao juiz de Execuções Criminais para que proceda a conversão. O processo encontra-se no gabinete do juiz para despacho, o que deve ocorrer na próxima semana”, disse Fabrício.
De acordo com o coordenador da Comissão de Defesa das Prerrogativas e Valorização da Advocacia da OAB/MG, em Juiz de Fora, Giovani Kaheler, a “Sala de Estado Maior” difere-se das celas especiais destinadas a réus que possuem formação superior. “É uma forma de manter a integridade física dos advogados antes de serem julgados. A OAB luta para que as penitenciárias do estado se adéquem a esta medida.”
Desde setembro de 2014, Josemar cumpre pena de 14 anos e dois meses por crimes contra o patrimônio e outras fraudes. O processo foi julgado em primeira instância e ainda cabe recursos para reaver a decisão. Josemar foi preso no Rio de Janeiro em junho pela Polícia Federal. A detenção, na época, esteve relacionada a falsidades documentais na constituição de empresas participantes de licitações públicas.
http://www.tribunademinas.com.br/josemar-deve-ser-transferido-para-prisao-domiciliar/?

Com rombo estimado em R$ 70 mi, Sesc e Senac são controlados pela Justiça

Ezequiel Fagundes - Hoje em Dia

A juíza Lucimeire Rocha, da Vara de Inquéritos Criminais de Belo Horizonte, decretou a intervenção judicial do Serviço Social do Comércio (Sesc) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) por suposto desvio de recursos no valor estimado em R$ 70 milhões.

Com a decisão, foram destituídos dos cargos os gestores e nomeado um interventor especializado em administração empresarial. Como as entidades recebem contribuições compulsórias de trabalhadores, os valores movimentados por elas são considerados recursos públicos.

A medida atende a pedido do Ministério Público Estadual (MPE). Desde 2013, a Promotoria de Defesa do Patrimônio Público de Belo Horizonte investiga denúncia de desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro nas entidades. A apuração atinge dirigentes do Sesc e Senac e contratos envolvendo a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio) e a empresa LG Participações e Empreendimentos Ltda.

Entre as irregularidades apontadas no inquérito, chamou a atenção do MPE a compra, supostamente superfaturada, de dois imóveis no bairro São Francisco pela quantia superior a R$ 30 milhões.

Os bens pertenciam à empresa LG Participações. Ela está registrada em nome dos filhos de Luiz Gonzaga de Castro Alves, que, em depoimento, informou ser “amigo de longa data” do presidente do Sistema Fecomércio, Sesc e Senac, Lázaro Luiz Gonzaga, um dos investigados pelo MPE.

Conforme o Hoje em Dia apurou, Lázaro Gonzaga desprezou um laudo preparado pela Caixa Econômica Federal que apontou que os imóveis, localizados em região com “baixa liquidez”, tinham preço superior ao do mercado imobiliário.

Avaliado em R$ 14 milhões, o prédio foi comprado por R$ 26 milhões. Já o galpão tinha preço de mercado de R$ 1,6 milhão. No entanto, foi adquirido por R$ 5 milhões.

Além de Lázaro Gonzaga, estão sendo investigados Rodrigo Penido Duarte (diretor do Sesc) e Luciano de Assis Fagundes (diretor do Senac).

Os três e a LG Participações estão com os bens bloqueados no valor de R$ 30 milhões. Em agosto do ano passado, os gestores foram afastados dos cargos pela Justiça por 90 dias, acusados de atrapalhar as investigações.

Na decisão em favor da intervenção, a magistrada da capital deu prazo de outros 90 dias para a conclusão das investigações.

“O inquérito está na fase final. E a prova é bastante sólida tanto que a juíza concordou com o pedido de intervenção”, explicou o promotor Eduardo Nepomuceno.
Segundo o MPE, os desvios teriam sido praticados entre 2010 e 2014.

Com rombo estimado em R$ 70 mi, Sesc e Senac são controlados pela justiça

Entidades negam irregularidades em contratos e aquisições

Com base em informações repassadas pelos advogados responsáveis pelo caso, o Sesc e o Senac, por meio de nota, defenderam a gestão dos dirigentes das entidades.
Conforme o comunicado, todos os contratos feitos com a LG Participações e Empreendimentos “foram realizados em absoluta observância às regras técnicas e jurídicas”.

Ainda conforme a nota, as entidades salientaram que estão colaborando com a investigação do Ministério Público Estadual (MPE) de Minas.

“O Sesc e o Senac esclarecem, conforme informações do advogado responsável pelo caso, que, por determinação judicial, será realizada uma auditoria técnica nos contratos que são objetos da investigação. Estes contratos já foram apresentados ao Ministério Público e constam nos autos do referido inquérito. Os documentos sempre estiveram à disposição das autoridades para análise, inclusive pericial, como a que será realizada. Esclarecemos, ainda, que o conteúdo da referida decisão não altera a administração das instituições, bem como as atribuições dos seus dirigentes. As instituições reafirmam que os contratos foram realizados em absoluta observância às regras técnicas e jurídicas pertinentes”, justificaram. De acordo com a assessoria, a nota diz respeito ao posicionamento de todos os dirigentes citados.

Representante da empresa LG Participações e Empreendimentos, o criminalista Leonardo Bandeira declarou inicialmente não ter sido comunicado da decisão judicial a favor da intervenção. Em seguida, Bandeira também defendeu os contratos amealhados pela firma.
“Estamos absolutamente tranquilos em relação à legalidade dos contratos. Não houve nenhum tipo de favorecimento”, declarou.

Sobre as compras dos dois imóveis, que o MPE sustenta ter havido superfaturamento, o defensor declarou: “As aquisições foram precedidas de avaliação de preço de mercado. Não existe nenhum irregularidade”.

A Fecomércio foi procurada pela reportagem, por e-mail e por telefone, mas não retornou aos pedidos de entrevista.

Além dos imóveis, a LG Participações foi contratada pelo Sistema Fecomércio, Sesc e Senac para realizar reformas em imóveis das entidades. As transações se iniciaram após Lázaro Gonzaga assumir a presidência da Fecomércio, em 2010, e indicar Rodrigo Penido Duarte e Luciano de Assis Fagundes para as diretorias das entidades.

De acordo com o MPE, foram apuradas evidências de que o superfaturamento no preço dos serviços prestados pela empresa e dos imóveis serviu para o enriquecimento ilícito dos gestores.

O outro lado

Depois da publicação, as entidades citadas na matéria divulgaram a seguinte nota:

NOTA OFICIAL SESC E SENAC
DECISÃO JUDICIAL E INVESTIGAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL

O Sistema Fecomércio MG, Sesc e Senac vem a público, por seus dirigentes, prestar os esclarecimentos com o objetivo de restabelecer a verdade quanto à decisão judicial e à investigação do Ministério Público para evitar qualquer hipótese de induzimento da sociedade a erro, a saber:
1 – O Sistema Fecomércio MG, Sesc e Senac, desde o início das investigações, vem colaborando de maneira absolutamente transparente junto às autoridades no sentido de esclarecer todos os fatos que vêm sendo distorcidos;
2 – A referida colaboração inclui, dentre outras providências, a apresentação de todos os documentos que são objeto da investigação e a efetiva disponibilidade de seus dirigentes para, pessoalmente, também, esclarecerem quaisquer que sejam os fatos;
3 – Infelizmente, todo o esforço de colaboração, na tentativa de se evitar pré-julgamentos e deformidade fática, tem sido insuficiente em face das distorções e mentiras veiculadas que visam, tão somente, a desmoralizar as entidades e seus dirigentes;
4 – Até o presente momento, não há qualquer acusação formal contra os seus dirigentes ou à entidade, sobretudo, não há qualquer conclusão do Ministério Público no inquérito que se arrasta por quase dois anos, não obstante a farta documentação apresentada, inclusive, pelas próprias entidades e seus dirigentes;
5 – Não há afastamento dos dirigentes das entidades, pois, não houve decisão nesse sentido, muito ao contrário, a sua Excelência, Juíza da Vara de Inquérito, reafirmou: 
“No que tange a medida cautelar de afastamento ou intervenção judicial a segunda se mostrará mais eficiente e menos gravosa aos fins pretendidos, porquanto, é apenas de alguma parte, a que interessa a investigação, e não de toda a instituição, mantendo-se os investigados nas demais atribuições” (grifos no original)
6 – A nominada intervenção, merece destacar, consistirá em perícia nos contratos, movimentações financeiras e contábeis que são objeto da investigação, que, por sua vez, já foram disponibilizados pelos dirigentes, além de já ter havido, expressamente, requerimento, por eles, nesse mesmo sentido. Ou seja, a decisão judicial que determinou a análise documental encontra-se em franca sintonia com os interesses dos dirigentes do Sistema em demonstrar a lisura, adequação e regular cumprimento de todas as normas aplicáveis, conforme assim pronunciou a MM. Juíza da Vara de Inquéritos:
“O interventor terá acesso aos livros contábeis e contratos celebrados, verificará a lisura e adequação, bem como o regular cumprimento...” 
7 – Deve ser esclarecido, igualmente, que o levantamento técnico ocorrerá nos contratos realizados pelo Sesc e Senac de 2010 a 2014 que pertencem ao inquérito. Medida, repita-se, que corrobora os interesses elucidativos pretendidos pelo próprio Sistema Fecomércio MG, Sesc e Senac;
8 – As medidas decretadas pelo Poder Judiciário em agosto de 2014, relativamente a bloqueio de bens e afastamento dos dirigentes foram, todas, revogadas pela própria Juíza que as havia concedido, antes mesmo do término do prazo inicialmente previsto, sobretudo, após ter se deparado com a farta documentação apresentada nos autos do processo pelos dirigentes do Sistema Fecomércio MG, Sesc e Senac;
9 – Os dirigentes reafirmam que, desde que assumiram o Sistema Fecomércio MG, Sesc e Senac, não há qualquer desvio de dinheiro, superfaturamento de obras ou aquisições ou qualquer outra hipótese de malversação dos recursos administrados, conforme, inclusive, terá a oportunidade de demonstrar tecnicamente aos responsáveis pela perícia que ocorrerá por determinação judicial;
10 – Lamenta-se, por fim, que informações decorrentes do sigilo processual decretado pela própria Magistrada, têm sido, de maneira ostensiva, divulgadas para imprensa com distorções absurdas de fatos ou com fatos inexistentes, o que, também, será firmemente rechaçado, tendo em vista a inequívoca compreensão que tais medidas representam retaliação por aqueles que tiveram inúmeros interesses contrariados em função das medidas saneadoras realizadas pela gestão que se iniciou em 2010;
11 – O Sistema Fecomércio MG, Sesc e Senac reafirma que a autoria da leviandade dos falsos fatos noticiados já é objeto de providências requeridas ao Poder Judiciário que, prontamente, determinou medidas de apuração e responsabilização daqueles que tentam induzir a opinião pública a erro para a desmoralização de entidades e pessoas que vêm sendo alvo de perseguição e tentativa de fragilização. 

Belo Horizonte, 13 de março de 2015.

Lázaro Luiz Gonzaga - Presidente do Sistema Fecomércio MG, Sesc e Senac

Rodrigo Penido Duarte - Diretor regional do Sesc

Luciano de Assis Fagundes - Diretor regional do Senac

http://www.hojeemdia.com.br/noticias/com-rombo-estimado-em-r-70-mi-sesc-e-senac-s-o-controlados-pela-justica-1.304697

KLINGER BOAVENTURA DE MELLO - SAUDADES DO AMIGO


Hoje, se Deus não o tivesse levado de nós em 2009, nosso amigo Klinger Boaventura de Mello, estaria completando 82 anos.



Quantas saudades sinto de você meu amigo. O considerava como um pai, já que passei mais tempo com você do que com o meu, também saudoso, pai Hélio Mello Schmitz, já falecido.

Quantos ensinamentos me transmitiu, quantas alegrias me deu. Passamos por momentos alegres e tristes, mas em todos eles o amigo sempre foi o fiel da balança.

Foi por suas mãos que em 1974 comecei a participar do Bloco Carnavalesco Real Grandeza, que ensaiava em um pequeno terreno na Rua São Vicente. A partir daquele momento aprendi a gostar do samba e passei a admirar o amigo Klinger pela sua tenacidade, honradez e humildade.

Quantas saudades.

Esteja onde estiver Klinger "Nunca será esquecida sua grandeza real....".

Continue olhando com o carinho de pai por mim e por todos da nossa Real Grandeza.

Klinger, nem melhor, nem pior, apenas um ser humano diferente...






ANIVERSÁRIO DE AMIGOS - 14 DE MARÇO

JORNALISTA MICHAEL GUEDES

JORNALISTA FERNANDO LUIZ "BALEIA" BALDIOTI


sexta-feira, 13 de março de 2015

ANIVERSÁRIO DE AMIGOS - TEN MATHEUS DEOTTI





ACIDENTE COM CINCO FERIDOS NA CIDADE ALTA EM JUIZ DE FORA

Atualizada às 18h18
Com a batida, vidraça da guarita foi estilhaçada (Foto: Fernando Priamo/13-03-15)
Com a batida, vidraça da guarita foi estilhaçada (Foto: Fernando Priamo/13-03-15)
Cinco pessoas ficaram feridas após um acidente no condomínio Granville, na Cidade Alta, na tarde desta sexta-feira (13). De acordo com o Corpo de Bombeiros, um caminhão de uma empresa que prestava serviços para a Cesama atingiu uma Mitsubishi L200 de uma empresa de metalurgia e serralheria. O veículo maior estaria saindo do condomínio e desceu a rua íngreme, quando atingiu a caminhonete, que estava parada na guarita. Dos quatro ocupantes do caminhão, dois ficaram presos nas ferragens e precisaram ser retirados pelos Bombeiros e os outros  dois foram atendidos pelo Samu com ferimentos leves. O motorista da L200 também foi socorrido com ferimentos leves pela ambulância do Samu.
Com a batida, a caminhonete atingiu a guarita do condomínio, quebrando os vidros da estrutura. Já o caminhão teria rodado e atingiu um poste e um barranco. Três viaturas dos Bombeiros e três ambulâncias do Samu, inclusive a de suporte avançado, foram acionadas. Ainda não há informações do estado de saúde das vítimas que ficaram presas nas ferragens. Os feridos foram levados para a Santa Casa de Misericórdia e para o Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus. O trânsito na Rua José Lourenço Kelmer, em frente ao condomínio, ficou lento, e policiais militares ajudaram a controlar o tráfego.
Por conta da queda do poste, todas as 150 casas do condomínio ficaram sem luz. Uma equipe da Cemig foi acionada para restabelecer a energia elétrica no local.
Após bater, caminhão ainda atingiu um barranco. Duas pessoas ficaram presas nas ferragens (Foto: Fernando Priamo/13-03-15)
Após bater, caminhão ainda atingiu um barranco. Duas pessoas ficaram presas nas ferragens (Foto: Fernando Priamo/13-03-15)
http://www.tribunademinas.com.br/cinco-pessoas-feridas-em-acidente-em-condominio-na-cidade-alta/

quinta-feira, 12 de março de 2015

NOTÍCIAS DO 4º GRUPO DE ARTILHARIA DE CAMPANHA LEVE


Reconhecendo a importância da família na formação do soldado e do cidadão, o Comandante do 4º Grupo de Artilharia de Campanha Leve, Juiz de Fora/MG, conversou com os familiares dos soldados recém-incorporados ao Exército Brasileiro. 

Na oportunidade também foi destacada a importância da família no combate às drogas.

FESTA SURPRESA PARA O VEREADOR JOÃO DO JOANINHO

No último domingo, 08 de março, familiares e amigos do vereador João do Joaninho reuniram-se no sítio Bela Vista, as margens da represa de Chapéu D'uvas, para a realização de uma festa surpresa para comemorar o aniversário do amigo vereador e de sua filha Karyna.

Foi uma ação coordenada por todos no maior sigilo, aos poucos todos foram chegando e tudo se transformou em uma grande festa que durou até o entardecer, quando os amigos Marco Saçço, Poliana Sá e este editor brindaram os aniversariantes como uma queima de fogos para marcar a data.

Uma improvisação que deu certo.

As fotos dão o registro.

















Estado-Maior do Exército Brasileiro tem novo chefe

Brasília, 12/03/2015 – O general Sérgio Westphalen Etchegoyen é o novo chefe do Estado-Maior do Exército (EME). O oficial assumiu o cargo na manhã desta quinta-feira (12), em solenidade no Quartel General da Força Terrestre em Brasília (DF). Ele substituiu o general Adhemar da Costa Machado Filho, que agora vai para a reserva.
Foto: Jorge Cardoso
Comandante do Exército, Gen. Villas Bôas, presidiu a transmissão de cargo do EME entre os generais Adhemar da Costa e Sérgio Etchegoyen
Comandante do Exército, Gen. Villas Bôas, presidiu a transmissão de cargo do EME entre os generais Adhemar da Costa e Sérgio Etchegoyen
Muito emocionado, Adhemar se despediu das Forças Armadas após 45 anos de serviço e afirmou que “graças ao Exército, aprendi a amar o Brasil”. Também agradeceu ao “convívio fraterno” com os companheiros de farda, além de confidenciar que seu pai, ex-integrante da Força Expedicionária Brasileira (FEB), foi sua maior inspiração de vida.
O comandante do Exército, general Eduardo Dias da Costa Villas Bôas, lembrou-se do “prestígio” que o ex-chefe do EME construiu junto aos colegas. “Você vai fazer muita falta”, disse. Villas Bôas leu referência elogiosa deixada pelo ex-comandante da Força, general Enzo Peri, a Adhemar, na qual citava a participação do militar no desenvolvimento dos principais projetos estratégicos da instituição.
Novo chefe do EME
O general Etchegoyen é natural de Cruz Alta (RS) e tem 63 anos. Ingressou no Exército em março de 1971, na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), e foi declarado aspirante-a-oficial da arma de Cavalaria em dezembro de 1974.
Foi comandante da Escola de Aperfeiçoamento de Sargentos das Armas, de 1993 a 1995; oficial do Estado-Maior da Missão de Verificação das Nações Unidas em El Salvador, entre 1991 e 1992; chefe da Comissão do Exército Brasileiro em Washington (EUA), de 2001 a 2003; e assessor especial do ministro da Defesa e chefe do Núcleo de Implantação da Estratégia Nacional de Defesa de 2009 a 2011, entre outras funções.
Desde dezembro de 2012 ocupava o cargo de chefe do Departamento-Geral do Pessoal do Exército, localizado em Brasília (DF).
Estado-Maior do Exército
À frente do EME, o general terá como missão estudar, planejar, orientar, coordenar e controlar, no nível de direção-geral, as atividades da Força Terrestre, em conformidade com as decisões e diretrizes do comandante do Exército. O novo órgão que agora assume é responsável pela elaboração da política militar terrestre, pelo planejamento estratégico e pela orientação do preparo e do emprego da Força.  
Estiveram presentes na cerimônia o chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, general José Carlos De Nardi; o comandante da Marinha, almirante Eduardo Bacellar Leal Ferreira; e a secretária-geral do Ministério da Defesa, Eva Chiavon.

Por Marina Rocha
Assessoria de ComunicaçãoMinistério da Defesa

ANIVERSÁRIO DE AMIGOS - 12 DE MARÇO

Vereador Júlio Gasparette

Ivo Afonso Júnior

Thoddynho Show


ARMAS EM FUNERAL - SGT JAIR, 4º GAC L


É com pesar que comunicamos o falecimento do nosso GRANDE amigo e companheiro de jornada, Sgt JAIR, do rancho do 4 GAC L. 

A sua morte nos pegou de surpresa e o levou de nós repentinamente. 

Neste momento de dor e consternação, só nos cabe pedir a Deus que lhe ilumine e lhe dê paz, e que Deus dê conforto à sua família para que possam enfrentar esta imensurável dor com serenidade.

Deixamos os nossos mais sinceros pêsames aos FAMILIARES E AMIGOS.