sábado, 8 de julho de 2017

Carro de luxo é abandonado com joias e barras de ouro após acidente no Centro de Juiz de Fora

Motorista abandonou carro apos acidente no Centro de Juiz de Fora (Foto: Fernando Gonçalves/G1)
Um carro de luxo foi abandonado após um acidente na Avenida Presidente Itamar Franco, na madrugada deste sábado (8) em Juiz de Fora.
De acordo com a Polícia Militar (PM), foram encontradas joias, barras de ouro e pedras preciosas no veículo. O material foi apreendido e o motorista não foi localizado.
A PM foi acionada pelo dono de outro carro, que estava estacionado no trecho e foi atingido e danificado. Uma testemunha relatou aos policiais que viu o condutor do carro acidentado fugir do local em um terceiro veículo.
Dentro do carro abandonado, foram apreendidas quatro barras de ouro, 44 pedras semelhantes a diamantes; 11 pedras semelhantes a pérolas; oito pares de brincos, uma aliança, cordões, pulseira, duas gargantilhas e piercings, todos semelhantes a ouro.
Também foram encontrados no carro R$ 450 em dinheiro, um pendrive, uma agenda e um medidor de anéis.
O veículo capotado foi removido pelo guincho de plantão para pátio credenciado e todos os materiais foram encaminhados para a Perícia da Polícia Civil, que irá apurar o caso.

http://g1.globo.com/mg/zona-da-mata/noticia/motorista-abandona-carro-de-luxo-e-joias-apos-acidente-no-centro-de-juiz-de-fora.ghtml

PARA REFLETIR - BRASIL, AME-O OU DEIXE-O



video

quinta-feira, 6 de julho de 2017

13º ARRAIÁ DA ALAE, VAMOS PRESTIGIAR E AJUDAR


ANIVERSÁRIO DE AMIGOS - 06 DE JULHO DE 2017


Colunista Léo Peixoto


Thiago Miranda

4ª RM celebra 126 anos de existência - Vídeo

Belo Horizonte (MG) – No dia 30 de junho, foi celebrado os 126 anos da 4ª Região Militar, Região das Minas do Ouro, o mais alto Escalão do Exército Brasileiro em Minas Gerais. 


Com um público estimado de 300 pessoas, além dos 400 militares em forma, a cerimônia foi realizada no Quartel-General desse Grande Comando do Exército.

Ao Gen Nolasco e demais integrantes os nossos parabéns.

Montanha!

COMANDANTE DA 4ª BRIGADA DE INFANTARIA DE MONTANHA - CONVITE


Comandantes criticam utilização de militares da reserva na Força Nacional

Comandantes das polícias militares e do corpo de bombeiros criticaram, nesta quarta-feira (5), a possibilidade de militares reservistas prestarem serviços à Força Nacional de Segurança Pública. A iniciativa está prevista na Medida Provisória (MP) 781/17) e foi discutida em audiência pública da comissão mista destinada a analisar o texto.
Entre outros assuntos, a MP 781/17 prevê que poderão trabalhar em segurança pública de corporações estaduais os militares da União que tenham passado para a inatividade há menos de cinco anos, inclusive temporários, que tenham sido admitidos e incorporados por prazo limitado para integrar quadros auxiliares ou complementares de oficiais ou praças.
O presidente do Conselho Nacional de Comandantes Gerais das Polícias Militares e Corpo de Bombeiros Militares (CNCG), coronel Marco Antônio Nunes, destacou que a proposta vai na contramão do constante esforço de melhoria da qualificação e formação para que policiais e corpos de bombeiros entreguem melhor serviço à sociedade.
Concurso público
Marco Antonio ressaltou que, em qualquer instituição do governo, o ideal é que o ingresso seja feito mediante concurso público e que a inclusão desses militares temporários seria ruim para as corporações. O coronel defendeu uma seleção onde os melhores possam ser escolhidos para “a importante função de entregar segurança pública, vida e integridade à sociedade brasileira”.
O coronel argumentou ainda que são carreiras diferentes. “A inclusão de forma abrupta, além de ferir o princípio do concurso público, vai prejudicar a carreira dos policiais, principalmente da formação. Devemos respeitar as diferenças das carreiras”, disse.
Representando a Federação Nacional de Entidades de Oficiais Militares Estaduais, Marlos Jorge Teza também criticou a MP e disse que não há como um civil se tornar um policial militar sem concurso público.
Na opinião do oficial, a MP pode resolver o problema do efetivo, mas não atende à demanda da sociedade que deveria ser o alvo principal da mudança. Marlos destacou que a sociedade não aprovaria uma pessoa que não teve preparo específico para exercer as mesmas funções que policiais ou bombeiros militares. “A atividade policial é complexa. Não se pode pegar alguém que foi preparado para outra coisa, com todo respeito às Forças Armadas, e achar que essa pessoa vai se transformar em um policial ou bombeiro militar. Estamos com um esforço muito grande no Brasil para melhorar nosso serviço para sociedade. O viés mais interessante é aumentar a qualificação”, explicou.
Já diretor do Departamento da Força Nacional de Segurança Pública, Joviano Conceição Lima, ressaltou que a dificuldade de conseguir efetivos das polícias militares para compor a Força Nacional é um dos motivos que levou à edição da MP.

ÍNTEGRA DA PROPOSTA:

Da Redação – RCA
Com informações da Agência Senado
http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/SEGURANCA/537502-COMANDANTES-CRITICAM-UTILIZACAO-DE-MILITARES-DA-RESERVA-NA-FORCA-NACIONAL.html

ADVOGADA DE JUIZ DE FORA MORRE EM TRÁGICO ACIDENTE




http://www.tribunademinas.com.br/noticias/cidade/05-07-2017/advogada-de-jf-morre-em-acidente-na-br-120-em-cataguases.html

EDUCANDÁRIO CARLOS CHAGAS AGRADECE A PMMG


"E ontem recebemos da Quarta Região da Polícia Militar - Através do COPOM SOLIDÁRIO - diversas doações entre alimentos, leite e fraldas. 


Nos presentearam também com a banda que tocou músicas que alegraram nossa tarde. 


Queremos agradecer a todos os envolvidos e também ao Major Assunção por todo este carinho com o Educandário Carlos Chagas!"


https://www.facebook.com/educarloschagas/photos/pcb.686020258257392/686016628257755/?type=3

SUPERINTENDENTE DO EDUCANDÁRIO CARLOS CHAGAS FAZ DESABAFO


"SÓ QUERIA ENTENDER PORQUE OS CONVÊNIOS DE ACOLHIMENTO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E IDOSOS NÃO TEM REAJUSTE HÁ MAIS DE 3 ANOS, TENDO UM VALOR DE APENAS R$402,00 POR PESSOA ATENDIDA/MÊS, ENQUANTO CRIANÇA E ADOLESCENTE TEM UM REAJUSTE DE 65% EM UM ANO, COM VALOR DE R$2.000,00 POR PESSOA ATENDIDA/MÊS!!!!
 ISSO É POLÍTICA DISCRIMINATÓRIA. ENTÃO TODOS OS DEMAIS PROGRAMAS SOCIAIS DE JUIZ DE FORA PODEM IR PRO BURACO???

Publicado em: 06/07/2017 as 00:01
SDS – EXTRATO DE TERMO ADITIVO AO CONVÊNIO N.º 02.2016.034/01 – PROCESSO N.º 4232/16 - CONVENENTES: Município de Juiz de Fora e Amigos Mão Abertas - AMA – OBJETO: Prorrogação de prazo e repasse de recursos – VALOR MÁXIMO: R$ 240.000,00 (duzentos e quarenta mil reais) - A PARTIR: 30.06.17 – VIGÊNCIA: 31.12.17. (R$2.000,00 POR ACOLHIMENTO)


Publicado em: 09/07/2016 as 00:01
SDS – EXTRATO DE CONVÊNIO N.º 02.2016.034 – PROCESSO N.º 4232/16 – CONVENENTES: Município de Juiz de Fora e Amigos Mão Abertas – OBJETO: Conjugação de esforços, mediante mútua disponibilização de recursos, com vistas à execução de ações inerentes ao Acolhimento Institucional de Crianças e Adolescentes na modalidade Casa-Lar – VALOR MÁXIMO: R$ 310.245,60 (trezentos e dez mil duzentos e quarenta e cinco reais e sessenta centavos) – A PARTIR: 01.07.16 – VIGÊNCIA: 12 meses.(R$1.292,69 POR ACOLHIMENTO)"


Mário Albino Martins
Superintendente do Educandário Carlos Chagas

https://www.facebook.com/marioalbino.martins?hc_ref=NEWSFEED&fref=nf

quarta-feira, 5 de julho de 2017

CASO POLÊMICO NA POLÍTICA DE JUIZ DE FORA VEM A TONA

Foto: Facebook

COMUNICADO DO EX-VEREADOR LÉO OLIVEIRA

"Senhoras e senhores, leitores do facebook do jornalista Carlos Roberto Desidério. A dias atrás, muito recentemente, lí uma postagem na pagina do jornalista, a quem respeito e sou leitor, a respeito do episódio que me levou a retirar minha assinatura da CPI da Saúde, que tentava instalar na Câmara, o então vereador e amigo José Emanuel. Isto aconteceu no início de meu mandato, creio que no mês de fevereiro de 2015. Não fui eu quem agora, passar estas informações ao jornalista Desidério. Acredito que um ou dois de meus confidentes, que hoje já não são mais meus confidentes, tenham sido os denunciadores de uma história que foi sim verdadeira, que aconteceu, tal qual aconteceu. O fato é muito sério, e não vou negar que isto realmente aconteceu. Tanto é, que a pedido do senhor Desidério, vou prestar esclarecimentos ao mesmo, em seu programa ‘’Conversa Afinada’’ para dar a minha versão do ocorrido. Não fugirei da verdade. Respeito o meu povo. E não vou aqui e muito menos no programa que está para ser gravado, esconder os fatos, falar inverdades, fugir da minha responsabilidade com meus eleitores e com o povo de Juiz de Fora. Sou um homem público e tenho, somando meu tempo de rádio, televisão, jornais e político, mais de 30 anos de atividades e meu nome foi formado encima de honestidade, hombridade e com tranquilidade, posso dizer que jamais, em tempo algum, deixarei de prosseguir minha trajetória pública embasado em mentiras ou trapaças. Na época da minha retirada do meu nome daquela possível CPI, que iria apurar irregularidades (caso elas existissem) na área da saúde, um dos setores mais fervorosos da política, fui muito criticado, e até mesmo chegaram a dizer que eu havia recebido propina para que retirasse o meu nome, o que não foi verdade. Na época, a Tribuna de Minas publicou matéria a respeito e nos comentários fui alvejado, difamado, incriminado e em alguns comentários, falavam que eu era farinha do mesmo saco e que o homem da mala preta tinha passado lá em casa ou mesmo na Câmara para me presentear com mimos financeiros. Aqui praticamente me deixou desestabilizado e envergonhado junto aos meus familiares e amigos verdadeiros. Nunca em tempo algum, isto não aconteceu. Sempre tive uma vida financeira difícil. Mesmo com um salário de 11 mil 500 reais como vereador, sendo 3.500 reais de descontos normais ao Imposto de Renda e Previdência, ainda assim passei por sérios problemas financeiros durante o mandato. Tanto é que para acertar compromissos do passado, limpar meu nome do SPC e Serasa, tive que recorrer por diversas vezes à Caixa Econômica para buscar empréstimos, para cuidar de obrigações domésticas e pessoais, já que tenho 7 filhos e quem é pai sabe muito bem o que é ter um filho, quanto mais, sete, como é meu caso. Tudo recai sobre o pai. Portanto, aqueles comentários populares, de que eu teria recebido propina da PJF ou de uma empresa responsável por serviços à saúde e que eram colocados em dúvida pelo então vereador José Emanuel, não procedia. A verdade, passada por alguém que possivelmente tenha sido de minha confiança no passado, talvez não seja mais hoje, é pura e verdadeira. Eu só não queria ser o responsável pelas demissões de 50 chefes de família da PJF lá alocados por um deputado. Se não toquei no assunto até então, é porque poderiam pensar que eu estivesse fazendo por rancor junto ao prefeito reeleito Bruno, por não me ter convidado para participar de sua administração. Não foi por isso. Com PJF ou sem PJF, não tenho passado fome, meus filhos estão bem, estou conseguindo viver. Se tivesse sido convidado para fazer parte do atual governo, o faria não pelo salário, mas sim para ajudar ao meu povo como o fiz em 2013 e 2014 quando trabalhei no Demlurb e Meio Ambiente, mas sem ter o apoio do prefeito Bruno, que na verdade, desde o meu início na vida política, se lixou para o meu nome e nenhuma força me deu para que eu na política o continuasse, para que na vida política eu pudesse continuar. Portanto, continuo a pessoa honesta e vou sim, participar d programa ‘’ Conversa Afinada’’ muito em breve. Já fui convidado pelo jornalista Desidério e aceitei o convite. Eu tinha em mente não mexer no passado. Mas a verdade sempre vem à tona. Acho a política de Juiz de Fora perigosa, e por vezes tive medo e temí pela segurança de minha família após o caso da minha retirada de assinatura daquela CPI da saúde na cidade, que seria muito importante para o bem do nosso povo. Mas infelizmente na vida, nem tudo é como você deseja. Portanto, leitores do Facebook do senhor Desidério, estarei sim participando do programa ‘’Conversa Afinada’’, não para conversar fiado, mas para contar a minha verdade. Talvez a pessoa que tenha passado as informações a respeito do caso, tenha se esquecido de detalhes. Mas como sou o ‘’ator’’ principal desta história, tenho pormenores que poderão ajudar e muito, caso agora, algum vereador, ou mesmo um cidadão comum desta cidade, possa querer saber mais, exigindo que uma nova CPI seja aberta. Quem fala a verdade não merece castigo e acreditem nas minhas boas intenções para com Juiz de Fora. Vou continuar amando minha cidade. Sempre. Hoje tenho 59 anos de idade e serei sempre defensor do meu povo, como sempre o fui. Aguardem minhas declarações no programa ‘’Conversa Afinada’’ que deve ir ao ar nos próximos dias. Não sei o dia que o jornalista Desidério irá agendar minha entrevista, mas estou aberto para participar e dizer a verdade, pois sou parte dela. Um bom dia e um abraço a todos os senhores e senhoras, leitores desta página tão importante do jornalismo local."

Léo de Oliveira
Juiz de Fora, 4 de julho de 2017

https://www.facebook.com/leodeoliveira2016?fref=ufi


domingo, 2 de julho de 2017

Acidente grave deixa mortos e feridos em Juiz de Fora

Batida entre dois carros ocorreu em Dias Tavares; pelo menos cinco pessoas morreram e quatro estão feridas. Ocorrência está em andamento.


Pelo menos cinco pessoas morreram e outras quatro ficaram feridas na tarde deste domingo (2) durante um acidente na BR-040, em Juiz de Fora. De acordo com o Corpo de Bombeiros, dois carros bateram de frente, na altura do Km 769, em Dias Tavares.

Entre as vítimas, está uma gestante, que não resistiu aos ferimentos e faleceu. A ocorrência está em andamento.
Ainda de acordo com os bombeiros, após a colisão, um dos veículos desceu um barranco. Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Concessionária Via 040, responsável pelo trecho, também estão no local. O trânsito está lento nas proximidades.

Os nomes das vítimas não foram divulgados pelos militares, por isso não foi possível consultar o estado de saúde delas nem para onde os corpos foram levados.
Fotos: Corpo de Bombeiros

http://g1.globo.com/mg/zona-da-mata/noticia/acidente-grave-deixa-mortos-e-feridos-na-br-040-em-juiz-de-fora.ghtml

ANIVERSÁRIO DE AMIGOS - 02 DE JULHO DE 2017

 Cel R/1 César Augusto Guimarães

 Maj R/1 Leonardo Carvalho